Alcinéa Cavalcante

Liberdade de expressão!
Macapá - Amapá

Notícias nova, velha e absurda

Postado por: Alcinéa Cavalcante em 30/04/10 as 8:58 pm

Não pude ir ao TRE-AP hoje acompanhar a sessão sobre os pedidos de cassação dos prefeitos Roberto Góes (PDT-Macapá) e Antônio Nogueira (PT-Santana).
Mais o resultado que me passaram é este:
Roberto Góes não foi cassado – isto não é novidade
Antônio Nogueira foi cassado – isto é novidade
Juíza Sueli Pini está sendo afastada do TRE – isto é absurdo.
(Embora em nenhum momento Sueli Pini tenha se solidarizado comigo na ocasião em que o senador José Sarney tentou me calar movendo mais de 20 ações contra mim, estou solidária a ela. E já manifestei essa solidariedade várias vezes aqui no blog. Depois volto ao assunto.)

Para saber detalhes da sessão de hoje do TRE recomendo os blogs da Luciana Capiberibe e do Heverson Castro. Estes dois blogueiros estavam lá cobrindo tudo.

Só pra lembrar – Um dos motivos que podem levar ao afastamento de Sueli Pini é o fato do filho dela ser filiado ao PSB. Apenas um simples filiado. Não tem cargo na direção do partido e não foi candidato a nada. Em 2006, a juíza que me condenou nos processos movidos por Sarney é sobrinha querida de um deputado que concorria à reeleição na coligação de Sarney.

Atualizando a informação – 01h07 – 01/05/2010
A juíza Sueli Pini não foi afastada do TRE. O julgamento do pedido de suspeição dela feito prefeito Roberto Góes foi suspenso em virtude de  pedido de vistas do juiz Lino Souza. O julgamento será retomado no dia 19. Os juízes Marco Miranda e Petrus Azevedo anteciparam seus votos pela suspeição de Sueli Pini.

Tirando post do ar

Postado por: Alcinéa Cavalcante em 30/04/10 as 12:07 pm

Gente, acabei de retirar o post “Vida de candidato”  que mostrava o deputado Dalto Martins puxando água de um poço numa aldeia indígena de Oiapoque.
Calma. Não foi a Justiça que determinou a retirada. A iniciativa foi minha mesmo porque me daria bem menos trabalho retirar o post do que editar ou deletar os comentários ofensivos, as agressões, os ataques à vida pessoal do deputado e à família dele.
Peço desculpas aqueles que usam a caixa de comentários para debater, manifestar sua opinião, dar sugestões, concordar ou discordar, brincar, ironizar,  com responsabilidade, sem baixarias e sem agressões, por ter deletado seus comentários, mas é que quando se deleta um post os comentários vão junto. Me entristece fazer isso.
Porém o que mais me entristece é a covardia, a agressão chula, a ignorância de uma minoria de leitores que sem capacidade nenhuma para entrar num debate – por burrice, covardia ou mau-caratismo mesmo – usa o espaço destinado aos comentários como uma válvula de escape para suas frustrações, seus fracassos e seus sentimentos mesquinhos. O lugar destes não é aqui no blog. É na lixeira. E é lá que serão jogados sempre que insistirem neste comportamento sujo.  Afinal, lugar de lixo é no lixo.

Acho de última aqueles que só são “machos” escondidos atrás de pseudônimos (não tenho nada contra os pseudônimos, sou contra quem se vale deles para fazer baixaria). Não hesitarei em desmascarar nenhum (como fiz semana passada com um professor universitário na caixa de comentários e no twitter) e também não terei problema nenhum em fornecer, desde que me peçam,  dados, como o IP, para quem se sentir ofendido tomar as providências que queira contra o agressor. Não vou assumir nem me responsabilizar por pessoas covardes e mesquinhas. Cada um deve aprender a ser responsável pelos seus atos. Sou responsável pelas minhas opiniões, quando quero falar ou escrever alguma coisa o faço mostrando a cara, daí o meu blog ter o meu próprio nome para que isso bem claro.

Aos que se sentirem ofendidos por algum post ou comentário informo, mais uma vez, que o blog sempre estará aberto para esclarecimentos e que garanto o direito de resposta sem necessidade de que este pedido seja feito via judicial. Basta um simples telefonema ou um e-mail.

Combinado?

Em tempo – Pela manhã recebi uma ligação do deputado Dalto Martins. Falou-me que se divertiu com alguns comentários, que outros são motivos para que faça uma reflexão sobre seu mandato, disse que aceita qualquer crítica sobre sua atuação parlamentar, mas que não está disposto a tolerar ataques a sua vida pessoal por parte de pessoas que se escondem atrás de pseudônimos nos blogs.
Essa conversa com o Dalto, somando-se a outras que já tive com outras pessoas (políticos ou não), inclusive leitores e comentaristas que tem me alertado para a baixaria na caixinha de comentários, me motivou a escrever este post e tomar certas decisões.
Portanto, queridos e não queridos, faço minhas as palavras da Alcilene: quem não sabe entrar na brincadeira por favor fique de fora.
E   acrescento: quem não sabe debater é melhor ficar só olhando ou nem passar por aqui. Ok?

Bom dia!

Postado por: Alcinéa Cavalcante em 30/04/10 as 1:44 am

“A poesia é sempre um ato de paz. O poeta nasce da paz
como o pão nasce da farinha.”

(Pablo Neruda)

Conversa boa

Postado por: Alcinéa Cavalcante em 30/04/10 as 12:55 am

Em Recife, participando do encontro de presidentes dos legislativos estaduais, o deputado Jorge Amanajás (PSDB) – que é pré-candidato ao governo – almoçou ontem com o presidente nacional do PSB e governador de Pernambuco, Eduardo Campos.
Jorge Amanajás me disse que o almoço foi bom, mas melhor ainda foi a conversa que teve com Eduardo Campos sobre uma aliança PSB/PSDB no Amapá.

No Twitter

Postado por: Alcinéa Cavalcante em 30/04/10 as 12:50 am

Candidatura do companheiro Randolfe ao senado pelo PSOL é legítima mas PSB tem suas prioridades o que também é legítimo.”
(Deputado Camilo Capiberibe-PSB/AP)

Invasão

Postado por: Alcinéa Cavalcante em 30/04/10 as 12:47 am

O sítio do deputado federal Bala Rocha (PDT-AP) – www.balarocha.com.br –  foi “hackeado” ontem à noite.