Alcinéa Cavalcante

Liberdade de expressão!
Macapá - Amapá

Contratos administrativos

Postado por: Alcinéa Cavalcante em 08/02/11 as 4:15 pm

O governador Camilo Capiberibe disse hoje no Twitter que os contratos administrativos dos professores serão renovados. Sem tempo para responder muitas perguntas não deu detalhes.
Mas uma fonte da Seed informou ao blog que  já está quase concluído o levantamento dos professores que estavam fora de sala de aula e que todos os aprovados no concurso de 2005 estão sendo chamados para as escolas.
Concluída esta fase, a Seed fará uma reavaliação dos currículos dos professores cujos contratos que venceram em dezembro e para as disciplinas onde há carência os contratos serão renovados.
Quanto a indenização dos contratos vencidos em dezembro, a Seed informou que já encaminhou tudo para a Sead. No total, a Seed tinha 3.500 contratos administrativos. “A soma da indenização de todos esses contratos atinge um valor altíssimo, mas caberá à Sead resolver como e quando vai pagar”, disse a mesma fonte.

Ao mestre com carinho

Postado por: Alcinéa Cavalcante em 08/02/11 as 2:23 pm

Professor Antônio Munhoz, um dos homens mais cultos do Amapá, será homenageado
pelos poetas dia 10, quando completa 79 anos de idade

Era aqui, onde hoje é esta pracinha, que ficava a casa da pianista Walkíria Lima e seu filho poeta Isnard Lima. Era uma casa tão aconchegante, de cerca baixinha, muitos livros, discos e partituras nas estantes e outros móveis. Nas paredes, bruxos chineses. O quintal era pequeno e tinha algumas árvores onde os passarinhos anunciavam uma nova manhã.
A casa hoje só existe na nossa lembrança e do quintal restou apenas um coqueiro. Costumamos chamar para esta pracinha de “o quintal do poeta Isnard” e ficamos vigiando este coqueiro para impedir que qualquer autoridade, num surto de desamor ou maluquice, resolva derrubá-lo.

É aí, no “quintal do poeta Isnard Lima”, que haverá poesia na boca da noite na próxima quinta-feira, das 17h às 19h, para comemorar o aniversário do professor Antônio Munhoz.
Cidadão do mundo, mestre de várias gerações amapaenses, Munhoz completa dia 10, quinta-feira, 79 anos de idade.

Qualquer pessoa – poeta ou não – pode participar do “poesia na boca da noite”. Basta gostar de poesia.
E se você é ex-aluno do Munhoz, você é um privilegiado e, portanto, nosso convidado especial.