Alcinéa Cavalcante

Liberdade de expressão!
Macapá - Amapá

Dia: 26 de fevereiro de 2011

Poesia na boca da noite

Postado por: Alcinéa Cavalcante em 26/02/11 as 4:56 pm

O movimento “Poesia na boca da noite” ocupou ontem a calçada da “Nossa Livraria”, na charmosa avenida Presidente Vargas (Centro) e ternurou o fim da tarde e o começo da noite com os versos mais belos dos poetas amapaenses. E veio gente de todas as idades, dos mais diversos bairros e até do município de Santana falar, ouvir, dizer e declamar poesias.
Iolanda Bastos e José Neto, proprietários da “Nossa Livraria” receberam o grupo em alto estilo, com muito carinho, alegria, coquetel. Foi uma recepção impecável e estamos muito gratos.
Professores de literatura, estudantes de Letras, escritores publicados e outros que ainda guardam seus escritos nas gavetas participaram do encontro. Gente que passava na rua parava, olhava e recebia uma saudação em forma de poesia; uns se integraram ao grupo, outros retribuiam a nossa saudação com um sorriso.
O encontro que deveria terminar às 19h estendeu-se até às 20h30 e ainda ficou aquele gostinho de quero mais. Na próxima sexta-feira tem mais poesia na boca da noite. Na quarta-feira divulgaremos aqui no blog o local, mas você pode sugerir um local na caixinha de comentários.
Enquanto você pensa num local veja as fotos de ontem:

O garoto deu um show declamando Mario Quintana. Iolanda declama um poema de Manoel Bispo da coletânea "Poetas do Meio do Mundo"