Alcinéa Cavalcante

Comentários

  1. P.Rodrigues disse:

    As árvores da beira do canal da Mendonça Jr.que não estavam oferecendo nenhum risco,ao contrário estavam sombreando a avenida foram cortadas de maneira inrresponsável pela prefeitura em nome de uma obra que não anda.

  2. Leidiane disse:

    Para os desinformados, quem faz podagem de árvores é a Companhia de eletricidade do Amapá- CEA, através do 0800. Pois é ela quem arrecada na conta de energia o valor para tal serviço, e é ele também que pode podar sem oferecer riscos à população, pois com o desligamento programado da rede elétrica, faz o trabalho com maior segurança!!

    • Carla disse:

      É isso aí!

      • Breno MS Silva disse:

        Nunca foi e nem ser’a a CEA! A CEA n’ao pode podar nada sem a autoriza’c’ao da SEMAM e, ainda mais, eliminar arvor’es. Eu mesmo j’a tive o prazer de apreender materiais da CEA, pois n’ao tinha autorizacao para realiza’cao do servi’co.
        Bom… eu trabalhei um tempo na SEMAM e, digasse de passagem, no Departamento de Paisagismo e Arborizacao Urbana. Se mudou de responsabilidade e as leis municipais e estaduais de ontem para hoje. Eu prometo que me fa’co ug. No mais, cuidado com suas cabe’cas, pois n’os temos ‘arvores condenadas em toda ciade.

  3. Breno MS Silva disse:

    A responsabilidade pela autorizacao de eliminacao e execucao do servicoes em arvores das vias publicas ‘e da Prefeitura Municipal de Macap’a. Dentro da Prefeitura, a pasta respons’avel ‘e a do secret’ario municipal de meio ambiente! Na SEMAM, o secretario ‘e o Engenheiro Florestal Marcelo Waldeck!

    O problema com as referidas arvores (faveiras) j’a ‘e velho e mofado. Mas nunca resolveram!

    A Prefeitura prefere que as arvores caiam na cabeca dos macapaenses, pois essas arvores ‘e um pequeno exemplo do risco de vida (morte), pois h’a risco de queda de ‘arvores em toda a cidade!

    O risco de queda ‘e t’ao grande que nem precisa ser engenheiro florestal para observar uma arvore condenada! Alcinea! N’ao ‘e s’o em via p’ublicas! Em pra’ca tb temos arvores condenada e com risco de queda! Isso ‘e caso para o MPE!

    N’ao ‘e sua fun’c’ao, mas supletivamente, o Corpo de Bombeiro Militar poderia derrubar as arvores que oferecem risco de vida aos municipes, pois a legislacao federal ampara esse tipo de medida emergencia sem a autorizacao da prefeitura.
    Era s’o um engenheiro florestal do Bombeiro (n’ao sei se tem) dar um parecer motivado e fundamentando e autorizar o corte e, depois, apenas comunicar ocorrido a SEMAM.

    Se a prefeitura fizer biquinho e chorar, manda o relatorio para o MPE e denuncie por omisso, neglicenia e prevarica’cao!

    T’a dito!

  4. Tica Lemos disse:

    A secretaria responsável pela pode e eliminação de algumas árevores está deixando a desejar há muito tempo. Em frente a casa de mamãe tem uma castanholeira que já foi condenada pela Semur e há um ano e meio eles se comprometeram em cortar a árvore e até agora nada. Cada ventania é um desespero em casa. Será que vai ter que esperar a tragédia acontecer para eles acordarem?
    Prefeito, dê um puxão de orelha nesse seu secretário incompetente.

    • Breno MS Silva disse:

      Pelo contr’ario, o atual Secretario ‘e competente! Incompetente ‘e quem n’ao d’a condi’coes de trabalho aos seus secretarios e n’ao v’e o que ‘e prioridade para a manuten’cao da arborizacao publica e da seguranca dos municipes! Seria importante uma declaracao do Roberto Goes (Prefeito do PDT) sobre o caso, pois o mandatario ‘e ele.

      Quem for prejudicado por queda de arvore visivelmente condenadas, acionem a prefeitura judicialmene para a reparacao do dado e denuncie ao MPE no caso de omissao, negligencia ou prevaricacao, pois ‘e obriga’c’ao da prefeitura resolver esses casos!

Deixe um comentário

Comente Aqui

Campos marcados com "*" Requeridos

Fechar esta janela.