De repente o céu ficou cinza

a4Dia de chuva no quilombo do Curiaú

Vereador de Macapá é condenado a 5 anos de prisão

O vereador de Macapá Ulisses Parente (PSDB) foi condenado a cinco anos de prisão em regime semi-aberto pelos crimes de peculato, associação criminosa e fraude em licitação.
Ulisses teria cometido esses crimes quando ocupou o cargo de Diretor Administrativo da MacapáPrev no período de janeiro de 2010 a  janeiro de 2012.

Eleito vereador em 2012, chegou a ser presidente da  da Comissão de Constituição, Justiça e Redação da Câmara (biênio 2013/2014).
Caso seu mandato seja cassado, assume a vaga de vereador o suplente João de Deus.

30ª Fase da Operação Lava Jato – Operação Vício

Curitiba/PR – A Polícia Federal deflagrou nesta manhã (24/5) a 30ª fase da Operação Lava Jato, intitulada Operação Vício. Essa fase, que conta com a participação da Receita Federal do Brasil, trata-se de investigações inseridas no esquema de corrupção e lavagem de ativos, decorrentes de contratos firmados com a PETROBRAS.

Cerca de 50 policiais federais e 10 servidores da Receita Federal cumprem 28 mandados de busca e apreensão, 2 mandados de prisão preventiva e 9 mandados de condução coercitiva, no Rio de Janeiro e em São Paulo.

Em outro procedimento são cumpridos mandados para apurar pagamentos indevidos a um executivo da área internacional da Petrobrás, em contratos firmados para aquisição de navios-sondas.

As investigações desta fase consistem na análise de vários contratos e correspondentes repasses de valores não devidos, ocorridos entre empresas contratantes da PETROBRÁS e funcionários da estatal e agentes públicos e políticos.

De acordo com o que foi apurado, três grupos de empresas teriam utilizado operadores e contratos fictícios de prestação de serviços para repassar, notadamente, à Diretoria de Serviços e Engenharia e Diretoria de Abastecimento da PETROBRAS.

Aos investigados estão sendo atribuídos, dentre outros, crimes de corrupção, organização criminosa e lavagem de ativos. Os presos e o material apreendido devem ser levados ainda hoje à PF em Curitiba.

(Comunicação Social da Polícia Federal em Curitiba/ PR )

Alô, cervejeiros! Sabiam que a cerveja é invenção dos chineses?

cerveja

Da Sputnik

Berço da cerveja é a China, descobrem arqueólogos
Fragmentos de jarras de barro, com vestígios de cerveja, foram encontrados por arqueólogos no norte da China. A análise espectral mostrou que nestes potes foi guardada cerveja. As evidências obtidas por cientistas são provas de que a tecnologia de produção de cerveja foi dominada pelos chineses ainda 5000 anos atrás.

Naquela época, existia uma receita única de produção da bebida, que combinava elementos das tradições tanto ocidental quanto oriental do processo cervejeiro. A análise dos vestígios amarelos da cerveja antiga encontrados nos potes cerâmicos mostrou que a bebida foi produzida com base em cevada, painço, tubérculos e chocalheira.

O que surpreendeu os cientistas foi o fato de  Continue lendo

Urbanização de Serra do Navio

O projeto de urbanização do município de Serra do Navio foi discutido em reunião ontem segunda-feira, 23, entre os secretários da Cidades, Alcir Matos, de Transportes, Jorge Amanajás, e o prefeito do município, José Maria. O objetivo é produzir, em conjunto, projetos integrados de água, esgotamento sanitário, eletricidade, drenagem, regularização fundiária e mobilidade urbana, além de construir os planos de desenvolvimento urbano.

O plano de revitalização de Serra do Navio vem sendo tratado por um grupo intergovernamental coordenado pela Secretaria das Cidades e com a participação de representantes da Caixa Econômica, Fundação Nacional de Saúde (Funasa), Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), Companhia de Água e Esgoto do Amapá (Caesa), Companhia de Eletricidade do Amapá (Cea), entre outros órgãos públicos. Continue lendo

Bom dia

ritaPara perfumar tua terça-feira ofereço-te essa bela rosa. É do jardim da minha amiga Rita Goebel, lá do Texas. Esta rosa só dá uma vez por ano, exatamente em maio – o mês das flores.
Rita é amapaense, mora há muitos anos no Texas com o marido e filhos. Ela faz parte do Instituto Memorial Amapá e é uma das pessoas responsáveis pelo FaceMemorial que, através de fotos, resgata a memória de Macapá e seus pioneiros.

Temer recria Ministério da Cultura

Publicada medida provisória que recria Ministério da Cultura

O presidente em exercício Michel Temer revogou hoje (23) a fusão do Ministério da Educação com o Ministério da Cultura, com isso, a Cultura volta agora a ser uma pasta independente. A alteração, que já havia sido anunciada no final de semana, foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União. Temer também nomeou Marcelo Calero, ex-secretário municipal de Cultura do Rio de Janeiro, como ministro da Cultura.

A decisão de Michel Temer de unir os ministérios gerou revolta da classe artística e de outros trabalhadores do setor. Ao se apresentar aos servidores da pasta extinta, o novo ministro da Educação e Cultura, Mendonça Filho (DEM), chegou a ser vaiado. Pelo menos 21 edifícios ligados ao Ministério da Cultura foram ocupados no país.

Nesta tarde, em coletiva de imprensa, o ministro da Educação, Mendonça Filho, disse que a recriação do ministério foi “gesto de larguesa” do presidente interino, que não queria “tensionar algo que estava sendo alvo de muitas críticas por parte dos setores da cultura do Brasil”.

(Mariana Tokarnia – Repórter da Agência Brasil)

Romero Jucá recuou

O ministro do Planejamento Romero Jucá acaba de anunciar que vai se afastar do cargo amanhã.

Hoje pela manhã, Romero disse que não tinha motivos para deixar o cargo nem temia ser investigado. Mas agora à tarde mudou de ideia e anunciou seu afastamento do cargo de ministro.

Entre aspas – Senador Capiberibe

“O Estado Brasileiro está contaminado por agentes da corrupção e o governo Temer não tem legitimidade para fazer os ajustes que o Brasil precisa.” (Senador João Capiberibe, hoje em nota à imprensa)

Jucá diz que não entregará o cargo de ministro

O ministro do Planejamento, Romero Jucá, negou hoje (23) que tenha tentado obstruir as investigações da Operação Lava Jato. Jucá disse ainda que não vai pedir afastamento do cargo. O ministro afirmou que não teme ser investigado.

“Nunca cometi e nem cometerei qualquer ato para dificultar qualquer operação, seja Lava Jato, ou qualquer outra”, disse Jucá, em entrevista coletiva à imprensa. “Da minha parte, sempre defendi e explicitei e apoiei com atos a Operação Lava Jato. A política terá uma outra história depois da Operação Lava Jato”. (Leia mais)

Publicado em: Nacional Ir para o Post
  • Sempre desconfiei dos discursos dos “anjinhos”. É muito “P” (oficiais são 35) pra defender o interesse de poucos, pois nunca defenderam e nunca defenderão o povo brasileiro. Quando falam “que estão defendendo o interesse do Brasil e de seu povo, metaforicamente, quer dizer que a defesa é de seu “próprio umbigo” e dos mais chegados. O povo que se “ferre”.
    O povo brasileiro precisa extirpar essas “ervas daninhas”. Judicialmente ou através do voto soberano. Precisamos aprender as lições que estão sendo mostradas e dizer, a esses “aproveitadores” do dinheiro público, que não seremos mais enganados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *