Alcinéa Cavalcante

Comentários

  1. Fernando disse:

    Excelentíssimo Governador: realiza concurso público. Remuneração do médico: 5 mil (20 horas semanais) e 10 mil (40 horas semanais). Com certeza, com uma remuneração dessa, iria chover médicos competentes de outros Estados. Lá fora, para um médico ganhar 10 mil por mês tem q ter 4 ou 5 empregos. Aqui no Amapá, ganham no mínimo 15 mil, nao vao fazer cumprir seus plantões e ainda atendem muito mal a população.

    • ROQUE disse:

      Tenho uma amigo cirurgião torácico que ganha em torno de 25 mil. O cara tem especialização nos Estados Unidos e trabalha feito um condenado em 5 empregos, aqui em Brasília. É mais do que merecido.
      Eles não ganham muito – o povo que ganha pouco.
      Problema do povão que não quer estudar!

      • ROQUE disse:

        E digo isso ao me lembrar da cerimônia de posse do 1º mandato de Lula. Na cerimônia, ele chorou por não ter diploma universitário, no entanto, recebia diploma de Presidente da República.
        Não tinha diploma porque não quis estudar, já que era bancado pelo PT desde o início da década de 1980.

      • sandra disse:

        Conheço uma enfermeira que tem mestrado e 02 pós-graduações. Se ela ainda estivesse trabalhando na prefeitura, estaria ganhando os miseros R$ 750,00 que a mesma paga para profissionais de nível superior. Se estivesse ainda no Estado, ganharia um pouco mais de R$3.000. O problema não é ter estudo. O problema é o privilegio da sociedade de uma classe de profissionais em detrimento de outras. Todos as profissões possuem seu valor. Conheço médico que apenas concluiu o bacharelado em Medicina. Não continuou seus estudos, não se especializou. Para quê? É valorizado da mesma forma.

  2. Fernando disse:

    Já houve acordo:
    75% (setenta e cinco por cento) de aumento para os médicos.
    0% (zero por cento) de aumento para os demais profissionais da saúde.

  3. mxc disse:

    Concurso publico Governador! com certeza vai vim melhor profissionais que esses que estao aqui.A nossa medicina se resume em Belem ou outro Estado quando tem dinheiro. Os medicos de outros estados ficam de queixo caido quando ve as atrocidades dos nossos trabalhadores medicos.E ainda tem a cara de pau de pedir aumento. me poupe!!!

  4. Ballarini disse:

    Vamos fazer votos que tudo acerte em um bom acordo entre GEA e os médicos, mesmo sabendo que é paliativo. Estruturante é um concurso publico em varios cantos para que possamos atrair profissionais de outras bandas com salarios dignos e sem fazer de pagamentos de plantões “um ganho extra” para melhorar rendimentos.

  5. Gutemberg disse:

    Boa Noite, Alcinéa gostaria de tecer os seguintes comentários:
    - A saúde vai mal e não é de hj, desde 2002 quando disseram que o Hospital Geral foi totalmente reformado, pura balela hj vejo com clareza a mal versação do dinheiro público, entrem no Hospital de Especialidades, a situação é caótica poucas enfermarias funcionando os pombos tomaram conta das janelas do 3º andar, elevadores não funcionam, os doentes que chegam no hospital tem que entrar pela frente e depois passar por um corredor do tipo idade média todo imundo para poder subir por uma rampa para chegar até as enfermarias, pois o elevador é só de enfeite, do tipo engana trouxa, que nem no Hospital de Emergências. A população precisa saber qual é o seu papel nas políticas públicas do SUS, cabe a nós cidadãos e Movimentos Sociais cobrar melhorias e pressionar a exonerações aquelas pessoas que não tem zelo pela coisa pública. Votei na mudança pra Prefeito em 2008 e graças que não ganhou, agora me arrependo de ter repetido o erro p/ governador.

    • Feio Paraense disse:

      Gutemberg, nos estamos ferrados. A Unimed macapá vai de mal a pior pois ao procurar os médicos para consulta, quando não atendem só marcam consultas para um mês depois. Qto aos Laboratórios e Clínicas a maioria não atende mais o plano Unimed Macapá. Em conversa com Médicos, todos são categóricoS em afirmar que aquela cooperativa está FALIDA!!! Pasmem!!! Também são unânimes em firmam que a CORRUPÇÃO foi o maoir motivo concorrente para tal situação.
      Em se tratando de Cooperativa, vindo a ser decretada sua falência, os médicos, como cooperados responderão civilmente, solidariamente pelo resultado desse desastre. E quanto a nós??? Fala-se em venda da massa falida à Unimed-Belém… e nós que pagamos religiosamente nosso Plano???

  6. HEITOR disse:

    Esses médicos ganham muito bem para o serviço que prestam. Muitos atendem muito mal as pessoas na rede pública. Muitos nem olham para o paciente.

  7. JOSENILDO MENDES DE SOUSA disse:

    Governador CAMILO,
    Esticaram a corda… Puxe a outra ponta: Excepcionalmente, como área prioritária e necessidade premente da população, faça contratações em outros Estados, ofereça ganhos indiretos: como moradia; transporte e tiquete alimentação. Equilibrando o jogo anulando o poder de barganha dos médicos, hoje centrada na necessidade do povo, eles irão sentar e flexibilizarão.
    Não se sujeite a refém…
    att Josenildo Mendes de Sousa

    • Dinho Pereira disse:

      CONCORDO COM VC. JOSENILDO. E TEM MAIS, A SOLUÇÃO É FAZER CONCURSO PÚBLICO. VAI LOTAR NOSSO AEROPORTO COM MÉDICOS DE OUTRAS REGIÕES. OS QUE DAQUI, ESTÃO ACOSTUMADOS COM A MAMATA DOS PLANTÕES INEXISTENTES.

  8. Alberto disse:

    O Caos na saúde não é exclusivadade do estado do Amapá, em todos os estados da federação a situação é critica. Em Belém uma Medica foi pressa por se recusar em prestar serviço, e as pessoas estão jogada nas calçadas. Aqui no estado do Amapá se aproveitam da situação os politicos sem moral e alguns Blogueiros partidarios que se satisfaz com a situação de quanto pior melhor!!E ajuda para reconstrução do estado? Ninguém se manifesta.

  9. Junior disse:

    Infelizmente no nosso Estado estamos nas mãos desses médicos mercenários. Nenhum médico no Estado ganha menos do que 15mil. Quem usa a saúde pública sabe do descaso desses profissionais no atendimento à população.

  10. pedro moreira disse:

    Boa tarde! Nós que temos um pouco mais de condições e pagamos plano de saúde particular, já sofremos na pele devido o péssimo atendimento prestado pelas administradoras de planos de saúde locais, “alvará” os pobres coitados, que caem na rede pública de saúde, estão fadados à própria sorte. Temos hoje, uma chamada “Constituição CIDADÔ, onde são assegurados az todos o direito a saúde, educação, segurança, etc. Só que isso não funciona na prática, pois, a concentração de renda está ãs mãops de poucos previlegiados, enquanto a minoria fica a ver navios e na esperança de um dia verem seus direitos assegurados.

  11. Macaco Simão disse:

    A classe de professores foi chamada de vagabunda pelos assessores de Camilo, a internet virou a metralhadora giratória, a radio difusora com os seus intrépidos e moralistas locutores detonam todos que, de alguma forma, criticam seu governo xiita. Votei em Camilo por acreditar no “seu bom senso”, como deputado que era combatia o autoritarismo, mas revelou-se como governo pior do que aqueles que ele dizia ser o vilão da história. Filho de peixinho, peixinho é. Lastimável.

  12. marco aurelio disse:

    GENTE VAMOS DEIXAR DE FALAR EM PESSOA FISICA E SIM FALAR DE PESSOA JURIDICA – GOVERNADOR DO ESTADO DO AMAPÁ – SEJA ELE QUEM FOR RECEBEU SIM O ESTADO COM ORÇAMENTO VOTADO APOS A PRISAO DO EX-GOVERNADOR, OU SEJA, A ASSEMBLEIA JÁ SABIA QUE EX NÃO GANHARIA A ELEIÇÃO E VOTOU ORÇAMENTO SÓ PRA SACANEAR O PROX. QUE IRIA GANHAR, CAIU NO COLO DE CAMILO E AGORA, PELO MENOS ESSE ANO, ELE TEM QUE ADMINISTRAR O ORÇAMENTO QUE O OUTRO PREPAROU, ESPERIMENTEM SEREM OBRIGADOS A PAGAR AS CONTAS DO SEU VIZINHO RICO, SENDO VC POBRE, O QUE VAI ACONTECER??? QUEBRADEIRA TOTAL, PORTANTO SOU A FAVOR DE ESPERAR E VER COMO SERÁ COM O ORÇAMENTO QUE O GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ PREPAROU PARA 2012, AI SIM VAMOS METER O PAU OU APLAUDIR, SÓ DEUS É QUE SABE NÉ.

  13. fabio disse:

    GALERA OLHEM LÁ NO PORTAL DA TRANSPARÊNCIA E VEJAM O SALARIO DE UM MÉDICO, VERIFIQUEM SE SÃO MERECEDORES, MUITOS GANHAM ACIMA DE R$ 20.000 E A GRANDE MAIORIA GANHA ACIMA DE R$15.000 POR UM TRABALHO DE PÉSSIMA QUALIDADE, ONDE TRATAM OS PACIENTES COMO MERA MERCADORIA , CAMILO HONRE SUA PALAVRA E NÃO DEI UM CENTAVO DE AUMENTO PRA ESSA CLASSE QUE NÃO TEM RESPEITO PELA POPULAÇÃO E FAZEM PARALISAÇÕES DEIXANDO O HOSPITAL SEM MÉDICO.

    • Alcinéa Cavalcante disse:

      Por favor, não escreva o texto todo em maiúsculas

    • ROQUE disse:

      Pelo menos passaram no mínimo 5 anos numa faculdade. E os políticos que sequer é exigido grau de instrução elevado?

      • Advogado disse:

        Concordo com vc, quer ganhar bem, então vá estudar. Os caras passam 8 anos em uma faculdade, sem falar na residencia e ainda velm um palhaço dizer que ganham muito. Será que a vida DELES (que dizem que médicos ganham muito) vale os R$ 15.000,00??? Na minha opinião, médicos e professores deveriam ganhar mais de 20mil/mês, uns porque cuidam da saúde da população, outros porque guiam o futurodesse país. Pena que não é isso o que estamos vendo nesse estado (na verdade, nesse país).

        • Breno MS Silva disse:

          O analfabeto ganhando um “sal’ario m’inimo” ‘e digno e faz jus ao seu n’ivel de conhecimento? Rid’iculo… Essa mamt’a vai acabar!

          • ROQUE disse:

            Tenho um amigo empresário que apresenta 3 sugestões para enriquecer: estudar muito, trabalhar muito ou receber uma grande herança (ou prêmio de loteria).
            Deste amigo, de origem espanhola, eu tive a oportunidade de acompanhar a saga da família desde a década de 1970.
            Então, vamos trabalhar, ou estudar (mas isso requer vocação), porque esse negócio de esperar bolsa do governo “mata de vergonha ou vicia o cidadão”, como disse Luiz Gonzaga em uma de suas músicas.

  14. Diana Coeli disse:

    Hoje é dia de assembléia dos médicos, é só ir no Conselho Regional de Medicina que fica na Feliciano Coelho e ver como os médicos ganham POUCO, os carros são todos dos últimos lançamentos. E a idéia dos médicos cubanos acho boa, e deve-se pagar só o que for válido e eles tem que honrar com sua profissão eles são médicos (nem doutores são), mas parecem que são economistas e oportunistas, porque que não reclamaram logo na origem do problema que começou na gestão passada, mas que não omite o novo governo de solucionar. E precissa dar solução logo porque quem tem dinheiro se vira e o povão MORRE.Outro leitor deu a idéia da prisão dos médicos que se recusarem a atender a população acho bom e com muita mídia.

  15. jorge disse:

    VAMOS TRABALHAR, PAREM DE FAZER CHANTAGEM AO GOVERNO.

  16. Gabriel Freitas disse:

    Votou no …enta? Agora aguenta!!!

  17. Joca disse:

    Está claro que o caos na saúde cai no colo de Camilo assim como o próprio Governo. Despreparo total.

  18. Gustavo Cruz disse:

    Você está louca Carla? O Governador não tem que pagar não. E as outras classes? e a populaçao? pelo amor de Deus, cai na real menina!!!!

  19. Gustavo Cruz disse:

    Cade o juramento de voces??????? Infelizmente os deputados medicos apoiam essa paralização porque eles próprios serao beneficiados. É bom que a populaçao está vendo tudo. Puro jogo de interesse. Tá na hora dos médicos deputados convecerem os colegas a nao matarem a populaçao. Sim, porque se eles paralizarem, a populaçao vai morrer, e por omissão dos médicos. Quero ver se no Amapá a polícia vai fazer igual ao Estado do Pará, prender os médicos que se recusarem a fazer plantaão. Cadeia neles!!!!!

    • Alexandre disse:

      Não se faz saúde apenas com médicos.Veja o caso dos DENTISTAS DO GEA que também devem receber salários de 7.000,00.
      O Projeto de Lei 3.734/2008, que fixa em R$ 7 mil o salário mínimo profissional de cirurgiões-dentistas e médicos foi aprovado por unanimidade no dia 27 de maio na Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público da Câmara dos Deputados. A proposta agora segue para a Comissão de Constituição e Justiça e depois para a votação final, em Plenário.
      A CCj já aprovou o piso nacional dos DENTISTAS.
      Se os médicos querem e acham que tem direito a salário de 7.000, os DENTISTAS TAMBÉM TEM OS MESMOS DIREITOS.
      Portanto, Governador, VAMOS PAGAR AOS DENTISTAS O MESMO VALOR: 7.000,00.
      NÃO podemos ter categoria de primeira classe e de quinta.
      PAGUE SALÁRIOS DIGNOS AOS DENTISTAS.

  20. Cássia Evangelista disse:

    Temos que apoiar toda luta por melhorias nas condições de trabalho, não são somente os médicos que sofrem com a sobrecarga de trabalho, os técnicos, auxiliares e enfermeiros carregam os hospitais de Macapá com suor e sangue, estes nem recebem por plantão, e quando recebem trabalhão 12 hs por R$ 100,00. O Governo do Estado tem que assumir o problema crônico da saúde e investir de verdade em infra e nos trabalhadores para salvar as vidas da população. “Pro Governo você é um voto, pro trabalhador da Saúde você é uma vida!”

  21. Carla disse:

    ISSO PQ DINHEIRO TEM… O Q FALTA É GESTÃO!! PAGA LOGO CAMILO!!

    Mas para as próximas eleições eu continuo acreditando!

  22. luiz pessoa disse:

    Não seria a hora de voltar a se estudar a possibilidade de trazer os médicos cubanos?

    • Silvana disse:

      Cruzes!!!
      Não sabem nem o que é nefrologia, neurologia…só tratam de ameba, malária, dengue!
      É pra trazer de São Paulo, Rio, Curitiba, Belém, Fortaleza, grandes centros, com reconhecimento.
      Submundo não!! Já chega!

  23. Alberto disse:

    Ós médicos do Amapá GANHAM MAIS QUE O MINISTRO DO SUPREMO,com a proposta do governo:

    35 Plantões a R$ 800,00 equivale a R$28.000,00;

    35 Sobreaviso a R$500,00 equivale a 17.500,00

    Somando R$ 45.000,00 fora o Salario, isso sim é chorar de barriga cheia

  24. urbanitarios.com disse:

    Apoio a manifestação dos médicos !!

    Mais comprometer o atendimento, isso eu não concordo !!
    A vida vale muito mais e isso como se vê muito não é a prioridade… só refrescando a mente deles …

    uramento de Hipócrates – Na Declaração de Genebra da Associação Médica Mundial de 1948 [1] está o juramento mais antigo que tem sido utilizado em vários países na solenidade de recepção aos novos médicos inscritos na respectiva Ordem ou Conselho de Medicina. A versão clássica em língua portuguesa possui a seguinte redação:

    “Eu, solenemente, juro consagrar minha vida a serviço da Humanidade. Darei como reconhecimento a meus mestres, meu respeito e minha gratidão. Praticarei a minha profissão com consciência e dignidade. A saúde dos meus pacientes será a minha primeira preocupação. Respeitarei os segredos a mim confiados. Manterei, a todo custo, no máximo possível, a honra e a tradição da profissão médica. Meus colegas serão meus irmãos. Não permitirei que concepções religiosas, nacionais, raciais, partidárias ou sociais intervenham entre meu dever e meus pacientes. Manterei o mais alto respeito pela vida humana, desde sua concepção. Mesmo sob ameaça, não usarei meu conhecimento médico em princípios contrários às leis da natureza.

    Faço estas promessas, solene e livremente, pela minha própria honra.”

    Então respeitem a vida, e lutem pelos direitos de vcs mais sem prejudicar os direitos dos outros que é a VIDA

  25. cristina disse:

    É uma pena! os medicos realmente sao desumanos. A populaçao carente que nao tem plano de saude é que vai pagar pela desumanidade deles. Deus tá vendo!

    • ronaldo disse:

      É cristina foi essa mesma população carente que elegeu camilo governador e Deus tambem viu isso.

      • Silvana disse:

        Boa, Concordo. E não só Camilo, mas todos eos ex-governadores que empurraram com a barriga a questão da saúde, sem planejar a estrutura física, equipamentos e pessoal concursado.
        Agora tá aí…uma boooooba!! Então, vamos aprender a votar ou vai ser sempre assim.

  26. Feio Paraense disse:

    O Dr. Dilson Ferreira, em recente entrevista em televisão disse tudo: “O Governo não tinha do direito de fazer experiências na Secretaria de SAÚDE” (leia-se Evandro Gama, um estranho no ninho).

  27. Feio Paraense disse:

    Essa estória de plantão médico tem a idade do Pronto Socorro Osvaldo Cruz é jurássica.

  28. Rafael Chaves disse:

    Espero que essa situação se resolva o mais breve possível! Com diálogo e bom senso de ambas as partes! Se algum político ou médico precisarem de assistência médica, mto provavelmente eles terão mais opções do que o humilde eleitor amapaense.

  29. bruno disse:

    eita governo carne de pescosso

    • maria disse:

      Nao mata o portugues:pescoço.

      • Carlos José Batista Picanço disse:

        Sem médico o ‘portugues’ morre do pescosso Com médico, no Amapá, o português morre do pescoço…
        Classe médica se deixou seduzir pela possibilidade de ganhar plantões sem trabalhar. A solução é trabalhar “doutor” e ganhar os plantões que efetivamente prestar…
        Mas isso todo mundo sabe e não faz nada…

Deixe um comentário

Comente Aqui

Campos marcados com "*" Requeridos

Fechar esta janela.