Alcinéa Cavalcante

Comentários

  1. Audrey Cardoso disse:

    Para os que adoram acusar de omissão o STIUAP, apesar das denúncias que fizemos nos órgãos competentes e ações realizadas, informo que logo na primeira reunião com a “nova” diretoria da CEA ofertamos diversas denúncias, solicitamos ampla auditoria dos atos e contas da gestão anterior, além do encaminhamento de tudo ao MPE e outros órgãos para providencias de responsabilizacão dos autores.
    Esta gestão tão transparente simplesmente não fez NADA! NADA! e NADA! Sabem por que? Ou eles não acharam nada e reclamam a toa da tal de “harmonia” ou a caixa preta aberta atingiria um dos maiores aliados do governo e que também estava no anterior. Pergunto onde está essa transparência e a imparcialidade frente às irregularidades apuradas. Um ano já se passou e de quem é a omissão?
    Parece que é mais fácil fingir que nada aconteceu e tapar o sol com a peneira.
    Nossa parte tem sido feita, infelizmente não somos gestores, juízes nem promotores para que as coisas ganhem a celeridade merecida. Nossa parte continuará sendo feita e as cobranças também doa a quem doer.

  2. Audrey Cardoso disse:

    Pensei que estivéssemos discutindo racionamento e suas causas. Mas é sempre assim em que o STIUAP se manifesta, a tropa do GEA e apanhinguados procura logo atacar o sindicato e olhar pelo retrovisor pra abafar o assunto. Garanto pra quem tem memória curta, que ações foram realizadas e basta buscar as gravações que vocês fazem de tudo que é dito e sai na imprensa.
    Lá encontrarão pronunciamentos em 2010 e 2011 sobre risco de racionamento e dito em conversas com a direcão da CEA, mas não tomaram providências a tempo. Não precisava de pregão recorde se tivesse feito no inicio do ano pois autorização já tinha desde 2010. Não precisava fingir que aceita a federalizacao agora pq a corda está mais apretada e em ações tardias, se tivesse buscado a Dilma no início do ano como solicitamos…
    Sinto muito se incomoda alguém dizer a verdade e esta doi no atual governo assim como no passado também doeu através de passeatas ao palácio do setentriao.
    Uma coisa já percebi: qualquer um é proibido e retaliado por expressar qualquer pensamento contrário.
    Típico de regimes anti-democráticos, autoristaristas e ditatoriais.
    A luta vai continuar sim, pelo mesmo motivo que me fez engajar no STIUAP: acreditar que a Federalização da CEA é o melhor caminho para todos.
    Se foi possível acreditarem nas MUDANÇAS prometidas pelo candidato Camilo no auditório do STIUAP olhando nos olhos de nossos trabalhadores, pq não na Federalização!
    Gov Camilo perdeu tempo e tem dificultado a solução da CEA pois a CELG já está resolvida pela vontade e empenho do governador de Goiás. Gov Camilo se fechou para não ouvir opiniões divergentes do que contam seus assessores leigos no assunto q o iludiram todo esse ano.
    Louvável a preocupação do gov em fugir da dívida, mas é fato dizer que esta sempre foi do Estado do Amapá por ser acionista majoritário da CEA. O discurso de “pendurar a conta na costa do povo” só serve pra quem não conhece o mínimo de economia, contabilidade e gestão empresarial. Apenas Dilma pode perdoar. Apenas o Governador tem autoridade de realizar este pedido à presidenta mesmo com toda ajuda que a bancada federal tem proporcionado.
    Enquanto não se resolve vamos nos acostumando com a energia mais barata do Brasil e o consequente pior serviço.

  3. Carla disse:

    ROQUE meu querido,já estamos cansando a blz da dona do blog (e a nossa tb) com postagens e questionamentos.Sabe um ditado que diz “pau que nasce torto…..”,pois é,não adianta discutir certos assuntos com quem é leigo.Sempre digo,que p/se conhecer a cultura de um povo,basta recorrer aos livros onde se conta e ilustra a história deste,ou seja,não precisa morar náquele país ou estado p/saber oque acontece por lá,para isto exitem os meios de comunicações.Hj mesmo ouvi certas criticas e até risos no Bom Dia Brasil,sobre a choradeira convulsiva e fanatismo dos nortecoreanos à respeito da morte do seu governo.Creio que apesar dq é falado até por quem fugiu de lá e hj vive na Coréia do Sul,os que ficaram no norte sabem os motivos pq choram essa perda.Abs Roque e fica com Deus.

  4. joao sayão disse:

    Prezada Carla, não adianta ter energia barata e não ter energia de fato. Os doentes nos hospitais precisam de energia. Dinheiro têm, falta gestão e experiência paras esses guris administrar o Amapá. Isso não é brincadeira não!!! …são vidas.

    • Carla disse:

      Vc é só + um que não entendeu nadica dq falei.Falei na energia barata + não disse que por conta disto ela deva faltar,afinal de contas,barata ou não,pagamos por ela.Só disse que privatizar ou federalizar(como querem),não vai resolver o problema dos “apagões” e o custo disto(federal ou privado) só aumenta a conta.Me aponte um estado onde a energia é privatizada ou federalizada que ainda não sofreu ou sofre com esta deficiencia da falta de energia, sendo através de “apagões” ou não?AFF! vou começar a desenhar meus comentários…rsrsrs

  5. Carla disse:

    Sr. Audrey,onde o sindicato estava há 08 anos atrás? Federalizar,privatizar é fácil de falar,mas na verdade as pessoas em sua maioria não sabe o que isto significa p/o estado.Gente é um custo alto D+ p/os dois lados da moeda,ou seja,governo/povo.Amapá é o estado brasileiro onde o custo energético é o mínimo do mínimo,energia baratíssima.

    • Wilson disse:

      Pessoal realmente alheia as coisas.. o Audrey só está a 2 anos (mais ou menos) na presidência e olha que ganhou a eleição do sindicato apertada porque até a eleição do sindicato a Harmonia comprou voto na CEA, (lá o atual presidente perdeu por sete votos aproximadamente) com diária. Ganhou com o apoio dos trabalhadores das outras empresa que compõem o sindicato.

    • Ademir disse:

      Há oito anos atrás não existia nenhum concursado dentro da CEA… dai você a atuação do sindicato, e a compara com a atuação atualmente ;), ai sua questão é explicada…

      • Carla disse:

        Me explica então,como se concorre à um cargo sem sequer ter noção de como funciona? Pela defesa aqui,o atual presidente é um “recente” sindicalizado,ou seja,leigo em tudo por ai,só esta tomando “pé” da situação, agora.Tá bom mano,devo ser “tapada” mesmo.

        • Ademir disse:

          kkkkkkkk qual o sentido do que você está falando? Claro que ele sabe como “a coisa funcionava”, mas o que isso tem de pertinente com a discussão? Você que deixar a entender que o atual sindicato tem responsabilidade pelo que as outras gestões fizeram? O atual sindicato tem moral sim para fazer todas as críticas e dar todas as opiniões que estão dando, por que a maioria deles, ou se não todos a 5 anos não eram nem funcionários da Cia, pois os mesmos foram efetivados através de concurso, não de apadrinhamento, então o que você diz não em pertinência nenhuma com a discussão.

          • Carla disse:

            Tá bom então,se vcs são os bam bam bans da “coisa” ai,trabalhem e façam funcionar como deve.Engraçado quando se trata de Camilo,maioria aqui(só dá uma passeada nos comentários aqui), joga a responsabilidade da gestão passada nos peitos do atual governo,que ele não deve olhar pelo retrovisor e blá blá blá,mas quando se trata de tantos outros,a responsabilidade é do passado,atual não tem nada à ver.BRINCADEIRA!por isto se diz “pimenta no dos outros é refresco”.Boa sorte p/o Sr. Audrey e seus comandados.Ah! trabalhem,viu…kkkkk

  6. joao sayão disse:

    Só assim…confirmamos a ineficiência de um governo que pregava mudança. Sem rumo, sem planejamento. Uma equipe de pessoas sem experiência e sem capacidade técnica para gerir um Estado da federação sem a menor concepção de que é administração pública. Entregue o cargo jovem Camilo..é mais honroso, do que insistir em tentar ser um governador de verdade. Será melhor para todos.

    • Shirley disse:

      O governo da mudança deixa claro a cada dia que passa, que a ampanha de 2010 foi um estelionato eleitoral.
      Imcompetência para dar e vender.
      Ainda bem que não tenho parte nisso pois votei Lucas 14.
      Mudança! Que mudança!?
      Só se foi para pior.

  7. Audrey Cardoso disse:

    Diferente do que alguns pensam, torço para que os problemas técnicos sejam logo resolvidos e disponibilizado os 24MW de imediato, apesar da possibilidade de ser insuficiente mas reduzirá o racionamento. Mas não pode-se apagar o fato da gestão da CEA ser a responsável por isso.

    • acadêmico disse:

      Andrey! O seu posicionamento e perfeito e caiu como uma luva no caus energetico que sofremos hojé e desde o governo Barcellos. Agora vamos colocar o pingo no “I”. Hojé é fácil e confortavel o senhor vir a este conceituado Blog e vomitar tudo isso, mas eu queria que o nobre sindicalista tivesse vindo a público e manisfestado tudo isso quando vossa senhoria percebeu que isso se repetiria como vem se repetinddo ao longo dos anos. Pois se tivesse se mannfestado em tempo hábil talvéz o Nosso MP tivesse tomado algma providencia e evitado mais uma vez este caus. Mas sabe porque o senhor só manifestou internamenete e não publicamente na época. Sabe por que? Porque o senhor não tinha convicção que isso ocorreria, assim como os administradores atuais da C E A. Por isso talvez tenham arriscado. Não concordo que arrisquem, pois quem paga somos nos consumidores, inclusive estou pagando caro pois além da falta de energia, vou passara o natal sem geladeira que queimou em decorrencia destas interrupções.

      • emerson molotov disse:

        não fala merda….se não entende do assunto, não emita opnião inconseguentes. acusar sem conhecimento de causa é idiotice. o audrey esta a menos d edois anos na direção do sindicato , e desde que entrou o que ele não deixa de falar é sobre as chances que teriam de termos racinamento..durante esses dois anos mesmo na epoca d eelições ele sempre falou sobre esse assunto, ai vem vc falar besteiras aqui? dá um tempo! o MP do amapá é que não se manifesta pela população , vide as causas trabalhistas que a CEA tem e que foram levadas ao conhecimento do mesmo que não fez nada. aí quando a bmba estoura eles bvem tomar providencias como se não soubessem de nada? academicu primeiro se informe leia jornais , revistas e veja bons programas de televisão…dai vc estará pronto pra aborar alguns assuntos….

  8. Audrey Cardoso disse:

    A gestão preferiu esconder o racionamento do que anunciá-lo para que o povo se preparasse e até ajudasse economizando energia. Preferem a fantasia à dura realidade. Essa é uma atitude muito responsável e séria.

  9. Audrey Cardoso disse:

    Caro Humberto, é discutível a responsabilidade e seriedade na gestão. Deixar a população sofrer racionamento foi realmente muito responsável e sério. Perdôo por não conhecer bem a CEA. Um abraço.

  10. Gilvana Santos disse:

    Muito bom o articulista reconhecer q hj a Diretoria da CEA está, de forma inédita, comprando energia. Porém, demonstra desconhecer alguns fatos como, por exemplo, q a CEA tem adotado a modalidade de Pregão nos processos licitatórios, no caso dos 47MW foi realizado Pregão Eletrônico, 5 empresas aptas a concorrer, e ainda, o pregoeiro da CEA é funcionário antigo da empresa, competente e responsável, Ary Jorge, inclusive bastante conhecido por sua atuação no carnaval como presidente de Emissários da Cegonha. E, mais, o processo foi conduzido dentro da lei e em tempo recorde. Vale ressaltar ainda que esse processo inédito para uma distribuidora de energia deveria ter sido feito ano passado e por uma determinação da Diretoria da CEA está em plena execução gerando os primeiros 24MW reduzindo a necessidade de carga pela retirada do Paredão de funcionamento. Qnto à Federalização, acho q o articulista não tem acompanhando a imprensa pq além de imagens do governador Camilo com o presidente da CEA em reuniões com os senadores Randolfe e Sarney, além da bancada federal que está dando todo apoio,inclusive assinando menção de apoio à CEA. Para finalizar, a direção da CEA e o Governo do Estado não são contra a Federalização, mas não aceitam arcar com a dívida quando em outros estados a União ficou com a dívida, como por exemplo, na terra do senador Sarney,o Maranhão, que teve a sua companhia elétrica privatizada e a dívida ficou com a Federação, ou seja, o Governo Federal saneou a empresa e entregou para a iniciativa privada. Isso pode!

    • Wilson disse:

      Pois é!!! Venderam por 1 real (preço simbólico) será que a CEA terá o mesmo caminho. E sobre a licitação pelo menos fizeram antes, não deixaram para começar a fazer encima da hora, mesmo que eles não acreditassem que haveria o racionamento, porém as chuvas não cairam no mesmo lugar e no mesmo período do ano duas vezes, ao contrário do que ocorreu no ano passado e as pessoas pensaram que o SINDICATO está pregando o terrorismo.

    • Jbreno disse:

      Uma carnavalesco tentando resolver o problema energético do Amapá.

  11. Joseph disse:

    Esse Governo sofre ferrenhamente de um complexo de inferioridade com a gestão anterior. Sempre que se faz algo e tudo ocorra bem, automaticamente é lançado uma espetada comparativa; “Quase perdemos o dinheiro(…)Dinheiro tem, falta gestão!,” etc.
    .
    E quando as coisas vão mal…ficam caladinhos, caladinhos. Que vergonha morar aqui!
    .
    Quando esta vaidade política que ultrapassa os limites toleráveis da arrogância, terão um fim e o Estado como um todo seja o FOCO realmente!

    • Carla disse:

      O quê tá faltando p/ir morar em um paraíso? Se é falta de adeus,by by…hehehe

      • Shirley disse:

        Pelo que tenho lido dos seus comentários até agora, percebo que eles se fundamentam no fanatismo político mais arraigado.
        Acorda garota!

      • DoSul disse:

        Essa sra. Carla fica comparando cidades e governos para justificar os males do presente, já disse até que morou no Rio e lá teve apagão, iso tudo para tentar amenizar o descaso das gestões que passaram pela CEA(ai incluindo o governo atual e o seu pai), a CEA deve ser entregue a iniciativa privada, governo (muito menos com viés socialista) não sabe administrar empresas é só politicagem.

        • Carla disse:

          As minhas comparações tem fundamento sim,é que vcs gostam de “picuinhas”,detonar com o governo de forma injusta e politiqueira.Faço comparações pq oque acontece aqui,acontece no país todo.Vcs falam em “apagões” como se a cidade ficasse completamente às escuras,oque não é verdade.Apagões amigo ou blecautes são àqueles que deixam às escuras um ou vários estados,isto é apagão.
          Ao contrário dq vcs dizem de mim aqui,eu critico sim o atual governo,mas minhas críticas são construtivas e na torcida por melhorias não em um,mas em todos os tentáculos do governo.
          Outra,não é pq morei em outros estados(Belém,Rio),que faço as tais comparações,mas sim pq procuro me informar pelo menos dq acontece no meu Brasil.

  12. jean freitas disse:

    No mais longo, a atual situação de inércia e plena escuridão que se encontra a CEA através de seus últimos gestores, governo passado e atual governo,a situação continua a mesmo que o diga nós funcionário efetivos desta companhia.Gente de fora não tem a noção do que acontece na CEA, por sua vez apenas preocupados em ter tensão nas suas tomadas o que não poderia ser diferente.
    Falamos, denunciamos,fomos até Brasília tudo em busca de soluções para a CEA e dizer que o sindicato ficou calado é pleno desconhecimento de causa do senhor Humberto Moreira se é esse seu real nome.
    Quanto a questão de políticos terem saqueado a cea e retirado dinheiro na boca do caixa nada temos a dizer haja vista que nada temos como prova, mas se isso aconteceu foi na gestão dos atuais aliados desse governo.
    Lembramos que o atual governador por várias vezes,quando deputado, solicitou uma CPI na cea e hoje como chefe nada fez para apurar qualquer irregularidade dentro da companhia, seria talvez para não expor o partido aliado no seu governo?
    Não existe mais leite a ser derramada nesta companhia, A atual gestão assim como a gestão anterior não vêm depositando o FGTS dos trabalhadores e nem mesmo vem pagando em dia a Eletronorte diferente que vem dizendo na mídia(tem documentos que prova isso), não vêm fazendo investimento no treinamento da sua mão de obra…
    Seria culpa do sindicato o fato de não ter chovido nas cabeceiras do rio Araguari? Seria culpa do sindicato que os atuais gestores da cea só estejam preocupados com seus salários acima dos vinte mil reais? Seria culpa do sindicato o atual racionamento de energia que assombra o povo do Amapá nas véspera de natal? Seria culpa do sindicato por você existir e puxar o saco de gestores da cea somente pelo fato de te beneficiar…?
    A questão é: vamos ficar a luz de velas neste final de ano?
    Mentiras têm pernas curtas ousa e veja de camarote, já comprei luminárias de emergência…

    • Ademir disse:

      Apoiado Audrey e Jean Freitas, quem fala que o sindicato é irresponsável, e que a culpa do racinamento de energia ser da Eletronorte, e que a diretoria não tem responsabilidade no apagão, não sabe nada do que se passou nesses últimos 2 anos dentro da CEA…

  13. Jonas Souza disse:

    O mais curioso deste assunto é que a CEA sempre foi usada como moeda de troca. De lá saíram muiiitos candidatos a algum pleito. Corrupção de toda ordem ao longo de décadas. A federalização,privatização, seja lá o que for, do ponto de vista moral é vergonhoso. Pois constata-se a falta de pudor dos dirigentes que por lá passaram. A conta será muito alta e, novamente, somos nós contribuintes que pagaremos o pato.

    • Carla disse:

      Jonas, a federalização ou privatização é o pior que poderá vir à acontecer p/nosso estado do Amapá.Pior que o racionamento,pode apostar.Quem já morou em outros estados do país(como eu),sabe perfeitamente o “custo altíssimo” disto.A energia no Amapá é a mais “barata” do país,pode apostar.

      • Wilson disse:

        Hehe!!! Então tu acha que é possível manter tudo como está? O aumento da tarifa é fato consumado, só não sabemos quando, assim que apontarem e executarem uma solução o reajuste de tarifa está no meio desta solução. Levando em conta o nosso vizinho o estado do Pará teve sua tarifa reajustada desde quando foi privatizado (mesmo não parecendo que foi pela mal gestão da mesma) mais de 275% em 13 anos, e a CEA desde 2006 0,00000%. Pensar que não haverá reajuste de tarifa é acreditar (que as criança não leiam isso) PAPAI NOEL existe.

        • Carla disse:

          Vc como os outros,não entendeu ou não quer entender meu posicionamento.Não acho que deve ficar tudo como esta,só disse(em outras palavras) que devemos criticar menos e ajudar mais o nosso governador.Privatizar ou federalizar não evita “apagões”,se é que me entendes,por isto as comparações que faço.Quando digo que aqui temos a energia + barata do país,não quero dizer que temos que ficar na “mesmice” só por isto,tá claro que todo estado em crescimento populacional e desenvolvimento tem seus custos e mazelas.Falo certas coisas,pq aqui o povo só é choradeira,mas não vais às ruas e audiencias públicas p/protestar.Criticam,mas nada fazem por melhorias,é isto.

      • DoSul disse:

        Papo furado, a energia no Rio de Janeiro é mais barata que em Macapá, a energia tem custo, esse negócio de luz para viver melhor é cata votos a conta sempre vai para alguém, a CEA se arrasta a mutio tempo, por descaso dos governantes.

        • Carla disse:

          Vc se diz do sul e nem sabe que lá tb tem apagão.Diz que a energia do Rio é barata pq não conhece a realidade de lá,fala por falar.Se estivestes algum dia por lá,deves ter ficado na favela,lá o pessoal tem energia comunitária e a maioria vive da gatoenergia,o povo do asfalta paga caro e muito,pq paga por estes que usam gratuitamente.Vais me dizer que desconheces que isto tb tem por aqui?PUTZ! vc e tantos outros que me criticam aqui,estão total fora da real.

          • ROQUE disse:

            Eu nunca morei no Rio, mas conhecia essa dinâmica da “gatoenergia” por meio de matérias publicadas na televisão. Só não conhecia esta terminologia. Com esta usura, muitos kilowatts de energia são desviados, o que encarece o fornecimento, assim como acontece com a água encanada. É, Carla, o povo precisa deixar de lado as baboseiras que a televisão oferta e se ater em assuntos mais educativos e interessantes para o desenvolvimento do país.

  14. antonio disse:

    Em 2009 quando não havia VAIDADE POLÍTICA era só HARMONIA , por que não resolveram o problema CEA ? deixaram ficar no que está hoje , a bancada federal tá com tolice ? precisando ser convidada para trabalhar em prol do Amapá . O estado ” TEM ” um presidente do senado , um político que manda e desmanda neste país , inclusive indicou o ministro das minas e ENERGIA , seu conterrâneo Edson Lobão e não consegue resolver o problema CEA nem federalizá-la tenho certeza se o senador Sarney quizesse resolveria sozinho o problema da CEA , no entanto o referido senador “prefere junto à justiça cobrar multas milionarias de jornalista que criticam seu comportamento político ” fica a pergunta de quem é a VAIDADE POLÍTICA mesmo ?

  15. DoSul disse:

    Querer justificar um erro por causa da gestão anterior, já é tarde para isso, um estado que seus dirigentes gostam de “comer ovo e arrotar caviar” construindo por exemplo obras para essas escolas de samba que nunca prestam conta do dinheiro público a elas destinado e paga cem mil a deputados a título de ajuda de custo, deveriam ter vergonha na cara e inserir o Amapá de uma vez por toda em membro de fato da nação brasileira.

  16. Humberto Moreira disse:

    Engraçado. O Sindicato parece torcer para o insucesso da nova gestão. Talvez esse sindicalista esteja com saudade do tempo em que a CEA foi literalmente saqueada. No tempo em que políticos faziam retiradas na boca do caixa para turbinar suas campanhas ou quando deixaram de pagar a Eletronorte o que acabou colocando a empresa na situação em que ela se encontra. Seja qual for o desempenho da CEA ele estará pautado na responsabilidade e seriedade dos atuais gestores. Ao contrário do que aconteceu no governo anterior quando o sindicato sabendo de tudo que acontecia não se manifestou publicamente contra os desmandos. As termoelétricas são uma solução paliativa para livrar-nos de um problema criado pela gestão corrupta que antecedeu os que hoje lutam para salvar a empresa. Portanto meu caro o sindicato também tem culpa no cartório.

    • Do Amapá disse:

      Responsabilidade e seriedade são duas palavras que não constam no dicionário do atual governo…

    • Gilvana Santos disse:

      Parece mesmo q o sindicato torce pelo insucesso e pior, fazem questão de ignorar q quem está racionando energia é a Eletronorte quando colocam faixas em frente à CEA comemorando o racionamento e não colocam em frente à principal responsável pela falta de energia na cidade que é a Eletronorte. Para um bom observador fica fácil saber o que os motiva.

    • Carla disse:

      É isto mesmo Humberto,no ex-góesverno tinham tanta “responsa e seriedade” que nada fizeram.Sindicalista(aff!),trabalham em quê mesmo?

    • Wilson disse:

      O Sindicato (através de seu presidente) vem nessa luta a qse 2 anos, falando (tentando chamar a atenção da sociedade amapaense) sobre a falta de seriedade e a política de empurra com a barriga, (que não é só desde governo) vms lubridiados (trabalhadores da CEA) pelos deputados estaduais e MPE com discursos que no outro dia após a Audiência pública realizada em 2010 na Assembléia Legislativa do AMAPA estaria na porta da CEA para realizar um limpa nas contas da empresa e apurar “os culpados”. E nada… vms esperar o ministério de minas e energia decidir e q seja o que DEUS quiser, pena que o que eu falei se tornou realizada a alguns meses aqui mesmo no blog da Alcinea, o povo só ia se dá conta quando começa-se a falta energia na CAPITAL, pois essa realidade já é a muito tempo a do interior do estado. Parabéns a nós POVO, pois somos nós que colocarmos esses CARAS e sua política familiar e de apadrinhados por esse anos todos, (não falo de 8 anos e sim da história do Amapá no todo sua existência). Feliz Natal e um prospero ano novo. E novamente que DEUS nós proteja.

  17. Energetic0 disse:

    Bela análise para quem tem se mostrado inexpressivo e omisso ao logo de seu mandato sindical. Uma instituição como o STIU tem força para ser mais atuante e, em vez de chorar sobre o leite derramado, evitar que derramem mais leite.

  18. Ademir disse:

    Absurdo maior que este, é ficar sem energia…

  19. Ademir disse:

    Bom se o Estado não tem $$ pra gerar energia nem com as velhas fontes de energia, como a térmica, alvará (como diz o caboco), com energia eólica ou solar que são MT mais caras e inviáveis… acho melhor ficar sem energia né? … pelo menos “preservamos” a Amazónia… nós temos que ser mais realistas, pois foi por falta de realismo e tentar tapar o Sol com a peneira que estamos enfrentando um racionamento em pleno século XXI…

  20. Ballarini disse:

    Absurdo com tantas fontes de energias limpas na amazonia como hidroeletricas, aeolica e solar e recorremos a velha e poluida termoeletrica.

Leave a comment

Comente Aqui

Campos marcados com "*" Requeridos

Close this window.

Fatal error: Call to undefined method Akismet::isSpam() in /home/alcinea1/public_html/blog/wp-content/plugins/wassup/wassup.php on line 2560