Notícias nova, velha e absurda

Não pude ir ao TRE-AP hoje acompanhar a sessão sobre os pedidos de cassação dos prefeitos Roberto Góes (PDT-Macapá) e Antônio Nogueira (PT-Santana).
Mais o resultado que me passaram é este:
Roberto Góes não foi cassado – isto não é novidade
Antônio Nogueira foi cassado – isto é novidade
Juíza Sueli Pini está sendo afastada do TRE – isto é absurdo.
(Embora em nenhum momento Sueli Pini tenha se solidarizado comigo na ocasião em que o senador José Sarney tentou me calar movendo mais de 20 ações contra mim, estou solidária a ela. E já manifestei essa solidariedade várias vezes aqui no blog. Depois volto ao assunto.)

Para saber detalhes da sessão de hoje do TRE recomendo os blogs da Luciana Capiberibe e do Heverson Castro. Estes dois blogueiros estavam lá cobrindo tudo.

Só pra lembrar – Um dos motivos que podem levar ao afastamento de Sueli Pini é o fato do filho dela ser filiado ao PSB. Apenas um simples filiado. Não tem cargo na direção do partido e não foi candidato a nada. Em 2006, a juíza que me condenou nos processos movidos por Sarney é sobrinha querida de um deputado que concorria à reeleição na coligação de Sarney.

Atualizando a informação – 01h07 – 01/05/2010
A juíza Sueli Pini não foi afastada do TRE. O julgamento do pedido de suspeição dela feito prefeito Roberto Góes foi suspenso em virtude de  pedido de vistas do juiz Lino Souza. O julgamento será retomado no dia 19. Os juízes Marco Miranda e Petrus Azevedo anteciparam seus votos pela suspeição de Sueli Pini.

  • É só um palpite, mas acho que o TRE deveria tentar segurar a juíza Sueli Pini. Além de tentar trazer de volta o juiz Marconi Pimenta. Acho que ter na corte eleitoral duas pessoas de prestígio moral só faria bem. Mas é só um palpite. O que eu entendo disso, né?

  • Estive na Sesssão do TRE na sexta-feira. Confesso que não me surpreendi com a cassação do Nogueira. Motivos? Acho que há, hoje, um grande complô contra o mandato de Nogueira. Todos se livram das cassações e o sr. Nogueira é o único penalizado e olha que nunca votei em Nogueira. A condenação do TJAP e agora essa cassação expõe que há uma trama contra ele e envolve grandes interesses incusos e políticos interessados nos votos e na máquina pública de Santana. É claro que se deveria arguir suspeição de um magistrado que participou da sessão, pois já teve filho sendo base de apoio de ex-prefeito e com a cassação de Nogueira volta a sentar na cadeira(Sr. ROSEMIRO ROCHA). Soube, incluive, que na gestão de Rosemiro Rocha a mulher de um magistrado que esteve na sessão foi secretaria do governo de Rosemiro.

    O caso Roberto Góes é uma lambança. Nossos julgadores da Justiça eleitoral querem que o infrator vá ao TRE e ainda leve as provas contra si. Tudo é descartado e a velha frase que se ouve é” as provas são inconsistentes..ou não há materialidade”. Um absurdo. Não tenham dúvidas! Roberto e Helena podem ficar e dormir tranquilos. Nunca serão condenados pela justiça eleitoral do Amapá.

    O Caso de suspeição da Juíza Sueli é outra pérola. Se a Juíza Sueli é suspeita, então porque o sr. Edinardo participou da cassação de Nogueira. Outra coisa a obsevar é a postura ácida, virulenta e muito tendenciosa do juíz Marco Encarnação.Os ataques proferidos por este magistardo contra a juíza Sueli Pini me parecem tendenciosos e muito suspeitos. Dá a entender que tem orientação de pessoas “estranhas” ao processo e que tem interesse de afastar a juíza da condução dos processos. Afastar a juíza Pini da condução dos processos é um derrota da justiça eleitoral e um quebra da autonomia dos juizes(as), além de significar a vitória do infrator da Lei Eleitoral.

  • Nesta sexta-feira 30 de abril, os juizes do TRE-AP deram um recado a populacao amapaense, rasguem as leis porque aqui não valem de nada!!!Quando aquele jornalista goiano chamou esta terra de ABSTRACAO e TERRA DO NUNCA, (infelizmente) ele tinha razão!!!Na verdade acredito que não adianta sair de casa para votar em outubro, pois sei que meu voto poderá ser anulado pelos excelentíssimos…abraços!

  • Solidariedade aos juíses que estão sendo tratados dessa forma. Uns sem credibilidade (juízes que foram testemunhas de crimes eleitorais)e a juíza Sueli Pini (que julgou os processos)que está com a sua biografia decente sendo jogada na lama. Sugestão a eles é que façam chegar esses absurdos no CNJ para o resgate de suas credibilidades e para que respeitem suas atuações ilibadas.

  • Como acreditar na Justiça do Amapá? eu acredito em alguns Juizes, ou melhor tento acreditar que a JUstiça ainda pode acontecer em alguns casos, pois os DOIS únicos JUizes que merecem respeito estão sendo isolados por não participarem da ….da…!Meus Deus a coisa é tão imunda que não acho palavras pra dar um adjetivo.

    JUstiça pra quem???

  • Querem defenestrar a Juiza Dra.Sueli Pini do tre-ap, alegando suspeição, por ter um filho filiado ao PSB. Então o que dizer do voto do Des. Ednardo qye votou contra o Nogueira, tendo um Filho EX- Ver. Ednardo, que era da base de sustentação política do maior interessado no pleito, Rosemiro Rocha? E ao Des. Luis Carlos, que tem um filho pre candidato a Dep. Federal, pelo partido (PSDB), que foi o maior fiador, depois do Governo Estadual, da eleição do hexacassado, MASSARAMDUBA GÓES? O pau que dápra Chiconão deveria dar para Francisco? Coisas de um judiciário eleitoral harrmônico!!! Só que todos sabem que foi ela, Dra Sueli, que projetou o judiciario amapaense lá fora. Isso eles não vão conseguir apagar.

  • Terra da patifaria, isso sim. O dinheiro compra a alma dessas pessoas. Se o inferno existe, essas pessoas estão com um passo a frente. Vale-me Deus!!!

  • TRE AMAPÁ SEM MORAL

    O que está acontecendo com a juíza Sueli Pini, só confirma o que muitos sabem. A arbitrariedade do judiciário em prol de conveniências. Esses juízes pensam que o povo amapaense é idiota (o TRE-AP é um verdadeiro TEATRO. A coisa mais absurada que criaram pra ferrar os desafetos com areia foi o termo “vistas do processo”), se essa ideia de idiota se confirma (na cabeça deles), então, logo, o jornalista Rogério Borges, de Goiás, tem razão, o Amapá é uma ABSTRAÇÃO.

    Caso seja afastada por aquela corte judiciária (muito suspeita). O prefeito Roberto Góes (PDT-AP), é réu com 6 cassações por crime de compra de votos e outros crimes eleitorais. No entanto, o mesmo permanece no comando da administração pública municipal. Isso não estranho? Por que a permanência desse grupo político no controle do Estado?

    Sugiro à juíza, que não perca tempo:

    MEIOS LEGAIS:

    Número 1: leve o caso ao STE – Superior Tribunal Eleitoral (Brasília);
    Número 2: leve o caso ao STF – Supremo Tribunal Federal (Brasília);
    Número 3: leve o caso e/ou mande relatório para os OBSERVADORES INTERNACIONAIS, sobre o que aconteceu nas eleições 2008, e o que está acontecendo no momento;
    Número 4: leve o caso para a ONU – Órgão das Nações Unidas;

    Se depois de tudo isso, nada se resolver, é melhor, jogar o Título de Leitor na primeira lata de lixo (não reciclada), que encontrar pela frente.

    Eleições, no Amapá, com esses juízes convenientes, sempre haverá fraudes.

    Penso também que o Estado do Amapá deve sofrer intervenção Federal para investigar vários setores da administração pública. O dinheiro público está sendo furtado e indo para o ralo (de contas particulares).

    Pensem nisso!

  • Puta merda.Cadê o CNJ?
    Muleke, que só de escroto vai estudar direito, virar juiz, porque pelo jeito a coisa anda ruim lá pelo TRE. Égua…

  • Passaram pra vc uma informação que não corresponde aos fatos. O processo da Juiz Sueli Pini foi suspenso quando o placar estava 2 a 1 a favor da Suspeição. Pediu vista do Processo o juiz federal Lino Souza que apresentará em 19 de maio. Anteciparam o voto os juizes Marco Miranda e Petrus Azevedo. Pela improcedência o relator Desembargador Ednardo Souza. Um abraço

  • Realmente,o AMAPÁ é uma ABSTRAÇÃO,precisamos de uma intervenção FEDERAL urgente no TRE do AMAPÁ,caso contrario não precisa mais haver eleição é só empossar os que forem da panelinha deles,isso é um ABSURDO!MINHA SOLIDARIEDADE A JUIZA SUELI PINHE. POBRE AMAPÁ ATÉ QUANDO!!

  • Por isso pergunto da para confiar na imparcialidade destes jugamentos e na Justiça amapaense ? fica a duvida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *