Alcinéa Cavalcante

Liberdade de expressão!
Macapá - Amapá

Notícias nova, velha e absurda

Postado por: Alcinéa Cavalcante em 30/04/10 as 8:58 pm

Não pude ir ao TRE-AP hoje acompanhar a sessão sobre os pedidos de cassação dos prefeitos Roberto Góes (PDT-Macapá) e Antônio Nogueira (PT-Santana).
Mais o resultado que me passaram é este:
Roberto Góes não foi cassado – isto não é novidade
Antônio Nogueira foi cassado – isto é novidade
Juíza Sueli Pini está sendo afastada do TRE – isto é absurdo.
(Embora em nenhum momento Sueli Pini tenha se solidarizado comigo na ocasião em que o senador José Sarney tentou me calar movendo mais de 20 ações contra mim, estou solidária a ela. E já manifestei essa solidariedade várias vezes aqui no blog. Depois volto ao assunto.)

Para saber detalhes da sessão de hoje do TRE recomendo os blogs da Luciana Capiberibe e do Heverson Castro. Estes dois blogueiros estavam lá cobrindo tudo.

Só pra lembrar – Um dos motivos que podem levar ao afastamento de Sueli Pini é o fato do filho dela ser filiado ao PSB. Apenas um simples filiado. Não tem cargo na direção do partido e não foi candidato a nada. Em 2006, a juíza que me condenou nos processos movidos por Sarney é sobrinha querida de um deputado que concorria à reeleição na coligação de Sarney.

Atualizando a informação – 01h07 – 01/05/2010
A juíza Sueli Pini não foi afastada do TRE. O julgamento do pedido de suspeição dela feito prefeito Roberto Góes foi suspenso em virtude de  pedido de vistas do juiz Lino Souza. O julgamento será retomado no dia 19. Os juízes Marco Miranda e Petrus Azevedo anteciparam seus votos pela suspeição de Sueli Pini.

19 Comentários

  1. É só um palpite, mas acho que o TRE deveria tentar segurar a juíza Sueli Pini. Além de tentar trazer de volta o juiz Marconi Pimenta. Acho que ter na corte eleitoral duas pessoas de prestígio moral só faria bem. Mas é só um palpite. O que eu entendo disso, né?

  2. Vasconcellos disse:

    Estive na Sesssão do TRE na sexta-feira. Confesso que não me surpreendi com a cassação do Nogueira. Motivos? Acho que há, hoje, um grande complô contra o mandato de Nogueira. Todos se livram das cassações e o sr. Nogueira é o único penalizado e olha que nunca votei em Nogueira. A condenação do TJAP e agora essa cassação expõe que há uma trama contra ele e envolve grandes interesses incusos e políticos interessados nos votos e na máquina pública de Santana. É claro que se deveria arguir suspeição de um magistrado que participou da sessão, pois já teve filho sendo base de apoio de ex-prefeito e com a cassação de Nogueira volta a sentar na cadeira(Sr. ROSEMIRO ROCHA). Soube, incluive, que na gestão de Rosemiro Rocha a mulher de um magistrado que esteve na sessão foi secretaria do governo de Rosemiro.

    O caso Roberto Góes é uma lambança. Nossos julgadores da Justiça eleitoral querem que o infrator vá ao TRE e ainda leve as provas contra si. Tudo é descartado e a velha frase que se ouve é” as provas são inconsistentes..ou não há materialidade”. Um absurdo. Não tenham dúvidas! Roberto e Helena podem ficar e dormir tranquilos. Nunca serão condenados pela justiça eleitoral do Amapá.

    O Caso de suspeição da Juíza Sueli é outra pérola. Se a Juíza Sueli é suspeita, então porque o sr. Edinardo participou da cassação de Nogueira. Outra coisa a obsevar é a postura ácida, virulenta e muito tendenciosa do juíz Marco Encarnação.Os ataques proferidos por este magistardo contra a juíza Sueli Pini me parecem tendenciosos e muito suspeitos. Dá a entender que tem orientação de pessoas “estranhas” ao processo e que tem interesse de afastar a juíza da condução dos processos. Afastar a juíza Pini da condução dos processos é um derrota da justiça eleitoral e um quebra da autonomia dos juizes(as), além de significar a vitória do infrator da Lei Eleitoral.

  3. da Silva disse:

    TRE = “Tudo o Roberto Escapa”

  4. Ballarini disse:

    O estado de miseria do Amapa é culpa da qualidade do TRE.

  5. Cidadão disse:

    Nesta sexta-feira 30 de abril, os juizes do TRE-AP deram um recado a populacao amapaense, rasguem as leis porque aqui não valem de nada!!!Quando aquele jornalista goiano chamou esta terra de ABSTRACAO e TERRA DO NUNCA, (infelizmente) ele tinha razão!!!Na verdade acredito que não adianta sair de casa para votar em outubro, pois sei que meu voto poderá ser anulado pelos excelentíssimos…abraços!

  6. TCel CORREA disse:

    Solidariedade aos juíses que estão sendo tratados dessa forma. Uns sem credibilidade (juízes que foram testemunhas de crimes eleitorais)e a juíza Sueli Pini (que julgou os processos)que está com a sua biografia decente sendo jogada na lama. Sugestão a eles é que façam chegar esses absurdos no CNJ para o resgate de suas credibilidades e para que respeitem suas atuações ilibadas.

  7. Cjunior disse:

    Como acreditar na Justiça do Amapá? eu acredito em alguns Juizes, ou melhor tento acreditar que a JUstiça ainda pode acontecer em alguns casos, pois os DOIS únicos JUizes que merecem respeito estão sendo isolados por não participarem da ….da…!Meus Deus a coisa é tão imunda que não acho palavras pra dar um adjetivo.
    -
    JUstiça pra quem???

  8. elson disse:

    Querem defenestrar a Juiza Dra.Sueli Pini do tre-ap, alegando suspeição, por ter um filho filiado ao PSB. Então o que dizer do voto do Des. Ednardo qye votou contra o Nogueira, tendo um Filho EX- Ver. Ednardo, que era da base de sustentação política do maior interessado no pleito, Rosemiro Rocha? E ao Des. Luis Carlos, que tem um filho pre candidato a Dep. Federal, pelo partido (PSDB), que foi o maior fiador, depois do Governo Estadual, da eleição do hexacassado, MASSARAMDUBA GÓES? O pau que dápra Chiconão deveria dar para Francisco? Coisas de um judiciário eleitoral harrmônico!!! Só que todos sabem que foi ela, Dra Sueli, que projetou o judiciario amapaense lá fora. Isso eles não vão conseguir apagar.

  9. Protesto disse:

    Terra da patifaria, isso sim. O dinheiro compra a alma dessas pessoas. Se o inferno existe, essas pessoas estão com um passo a frente. Vale-me Deus!!!

  10. TICO BAUHAUS disse:

    TRE AMAPÁ SEM MORAL

    O que está acontecendo com a juíza Sueli Pini, só confirma o que muitos sabem. A arbitrariedade do judiciário em prol de conveniências. Esses juízes pensam que o povo amapaense é idiota (o TRE-AP é um verdadeiro TEATRO. A coisa mais absurada que criaram pra ferrar os desafetos com areia foi o termo “vistas do processo”), se essa ideia de idiota se confirma (na cabeça deles), então, logo, o jornalista Rogério Borges, de Goiás, tem razão, o Amapá é uma ABSTRAÇÃO.

    Caso seja afastada por aquela corte judiciária (muito suspeita). O prefeito Roberto Góes (PDT-AP), é réu com 6 cassações por crime de compra de votos e outros crimes eleitorais. No entanto, o mesmo permanece no comando da administração pública municipal. Isso não estranho? Por que a permanência desse grupo político no controle do Estado?

    Sugiro à juíza, que não perca tempo:

    MEIOS LEGAIS:

    Número 1: leve o caso ao STE – Superior Tribunal Eleitoral (Brasília);
    Número 2: leve o caso ao STF – Supremo Tribunal Federal (Brasília);
    Número 3: leve o caso e/ou mande relatório para os OBSERVADORES INTERNACIONAIS, sobre o que aconteceu nas eleições 2008, e o que está acontecendo no momento;
    Número 4: leve o caso para a ONU – Órgão das Nações Unidas;

    Se depois de tudo isso, nada se resolver, é melhor, jogar o Título de Leitor na primeira lata de lixo (não reciclada), que encontrar pela frente.

    Eleições, no Amapá, com esses juízes convenientes, sempre haverá fraudes.

    Penso também que o Estado do Amapá deve sofrer intervenção Federal para investigar vários setores da administração pública. O dinheiro público está sendo furtado e indo para o ralo (de contas particulares).

    Pensem nisso!

  11. [modo irônico on] Contei isso aqui em Paris e ninguém acreditou! [modo irônico off]

  12. muleke disse:

    Puta merda.Cadê o CNJ?
    Muleke, que só de escroto vai estudar direito, virar juiz, porque pelo jeito a coisa anda ruim lá pelo TRE. Égua…

  13. evandro luiz disse:

    Passaram pra vc uma informação que não corresponde aos fatos. O processo da Juiz Sueli Pini foi suspenso quando o placar estava 2 a 1 a favor da Suspeição. Pediu vista do Processo o juiz federal Lino Souza que apresentará em 19 de maio. Anteciparam o voto os juizes Marco Miranda e Petrus Azevedo. Pela improcedência o relator Desembargador Ednardo Souza. Um abraço

  14. macklon disse:

    Realmente,o AMAPÁ é uma ABSTRAÇÃO,precisamos de uma intervenção FEDERAL urgente no TRE do AMAPÁ,caso contrario não precisa mais haver eleição é só empossar os que forem da panelinha deles,isso é um ABSURDO!MINHA SOLIDARIEDADE A JUIZA SUELI PINHE. POBRE AMAPÁ ATÉ QUANDO!!

  15. Jonh o Malcovit disse:

    Por isso pergunto da para confiar na imparcialidade destes jugamentos e na Justiça amapaense ? fica a duvida.

Deixe o seu comentário!