Alcinéa Cavalcante

Liberdade de expressão!
Macapá - Amapá

1º Centro de Radioterapia do Amapá será inaugurado sexta-feira

Postado por: Alcinéa Cavalcante em 02/05/12 as 2:55 pm

Na próxima sexta-feira, 4 de maio, o Instituto de Oncologia e Mastologia (IOM), realiza o lançamento do 1º Centro de Radioterapia do Estado do Amapá. O evento vai marcar a história da saúde no Amapá, por tratar-se de um serviço especializado, de alta complexidade, inexistente no Estado, que visa atender pacientes com câncer que necessitam deste tipo de tratamento.

Amapá e Roraima são os únicos estados brasileiros que ainda não possuem Radioterapia, sendo necessário mandar seus pacientes para outros estados como Belém, Maranhão, Goiânia, Brasília, entre outros, causando atrasos no tratamento e até perda dos mesmos. Além de gastos financeiros elevados para os pacientes, familiares e para o Estado.

A Radioterapia é uma das formas de tratamento de câncer, que utiliza feixes de radiação ionizante para destruir as células tumorais. Uma dose pré-calculada de radiação é aplicada, em um determinado tempo, a um volume de tecido que engloba o tumor, buscando erradicar todas as células tumorais, com menor dano possível às células normais circunvizinhas. Como é um método de tratamento local ou regional, pode ser indicado de forma exclusiva ou associado a outros métodos terapêuticos, como a cirurgia e quimioterapia.

O equipamento de Radioterapia adquirido pelo IOM é de alta tecnologia, equiparando-se aos principais centros de Radioterapia da Europa e dos Estados Unidos, com capacidade de diferenciar-se entre outras clínicas e hospitais no Brasil, garantindo cobertura de todas as modalidades de tratamento, com agilidade e rapidez, maior precisão ao atingir o tumor, preservando os órgãos ao redor, causando menos efeitos colaterais e com capacidade de atender de 80 a 100 pacientes por dia.

Com a criação do Centro de Radioterapia, o IOM passa a oferecer um serviço completo de tratamento para portadores de câncer, com uma equipe multiprofissional altamente qualificada e capacitada, não sendo mais necessário os pacientes saírem do aconchego do seu lar, de perto de seus familiares e amigos, em busca de tratamento em outras cidades.

“Fico feliz por estar concretizando um sonho que vem sendo construído desde 2008, pois como médico oncologista (único no Estado do Amapá), acompanho diariamente o sofrimento e a angustia de pacientes, familiares e amigos, pela espera de uma vaga em outro estado para iniciar  seu tratamento, causando-lhes assim, muitas vezes, a perda da chance de  tratar-se, porque o câncer não espera. Uma vez diagnosticado, a intervenção tem que ser rápida, contínua e precisa”, ressaltou o médico Benjamin Barbosa, oncologista clínico.

O Instituto de Oncologia e Mastologia

Fundado em 20 de Janeiro de 2004, tem como proposta oferecer um serviço humanizado, com equipe multiprofissional especializada para o tratamento de pacientes com câncer. Os médicos que compõem o corpo clínico possuem formação nos centros mais avançados do país, mantendo contato permanente com os principais serviços de oncologia do Brasil. A equipe é formada por oncologista clínico, cirurgião oncológico, mastologista/onco-ginecologista, especialista em dor, onco-hematologista, cuidados paliativos, psicólogo, nutricionista e enfermagem especializada.

(Texto: Elo Comunicação e Eventos)

1 Comentário

  1. cyaracosta disse:

    Que notícia maravilhosa! parabéns Dr.BENJAMIN, tenho certeza q centenas de pessoas também ficarão felizes,principalmente doentes oncológicos e seus familiares ,pois é um sofrimento muito grande e principalmente humilhante o deslocamento desses pacientes para outro estado;pois esse tal TFD aqui no AMAPÁ ñ funciona.Bem q o governo da MUDANÇA deveria seguir o mesmo exemplo porque, DINHEIRO TEM,FALTA GESTÃO.MAIS UMA VEZ;PARABÉNS,Dr. BENJAMIN.

Deixe o seu comentário!