• Uma coisa eu não entendo. Se a velocidade máxima permitida em território nacional é de 110 km(é isso mesmo?), por que a indústria automobilística investe recursos na fabricação de carros cada vez mais velozes? Não seria um incentivo à infração? E outra, o Detran está cada vez mais rigoroso no controle de emissão de carteiras de habilitação, mas o próprio governo estimula a compra de carros, inclusive com a redução do IPI. Alguém pode me esclarecer esta contradição?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *