Educação no trânsito

A Empresa Municipal de Transportes Urbanos (EMTU)  vai fazer sexta-feira, 30, uma campanha de educação no trânsito para tentar diminuir o alto número de acidentes.
Funcionários da empresa estarão distribuindo cartilhas, panfletos e dando orientações pela manhã e à tarde na Avenida Fab e na rua Cândido Mendes.
Pela dimensão do caos que é o trânsito em Macapá, a campanha é muito tímida, mas é melhor do que não fazer nada.

  • É tudo “lari”. Quando é que a EMTU vai atuar para combater os ciclistas que andam na contra-mão?

    • Infelizmente, NUNCA… é cultural do nosso povo. Ciclistas não respeitam leis de transito. Por isso que as vezes pagam com a vida….

  • É bem verdade!

    Sou moto-taxi credenciado. E bem melembro do serviço da guarda.

    Esses “caras” realmente iam pra cima mesmo, apesar deles serem desarmados, eles faziam um serviço de fiscalização dos clandestinos, melhor que a PM.

  • Cara Diretora !!!

    Vc bem sabe da grande mobilização e paralização dos moto-taxistas e taxistas credenciados, não é mesmo?!
    Motivados pela falta de compromisso e fiscalização pela EMTU.

    Ocorre que eles tem razão qto a falta de fiscalização, pois o Sr. JAIR COELHO, Diretor de Trânsito da EMTU, por ser o “queridinho” do Prefeito “MASSARANDUBA”, forçou “barra” contra o Comando da Guarda, à época o Cel Macêdo, e atualmente o Insp Augusto; e simplesmente DESATIVOU o Grupamento de Trânsito da Guarda.

    Lembramos que a Guarda não é a mesma coisa que a EMTU, e a Guarda não é subordinada a EMTU.

    Éramos no início quase 45 (quarenta e cinco) GM’S.

    Agora eles estão trabalhando somente com os Agentes da EMTU, aqueles que têm o uniforme verdinho. Mas ocorre que lá na EMTU, existem os Agentes de Trânsito (que são poucos) e os Agentes de Transporte (que fiscalizam ônibus). E devido eles terem colocado TODOS os Agentes de Transporte para atuarem no trânsito (ISSO É GRAVE, DESVIO DE FUNÇÃO !!!), outro problema apareceu, pois como sabemos a comunidade têm reclamado e muito da falta de ônibus na cidade. É atrazo, falta e ônibus que não vai até o final da linha, etc . É CLARO, NINGUÉM TÁ FISCALIZANDO !!!

    Ah ! Eles criaram um grupamento com civis, que não são funcionários públicos e deram um “cursinho de final de semana” e colocaram essas pessoas para atuarem nas escolas. ISSO É USURPAÇÃO DE FUNÇÃO PÚBLICA !!!

    O pior de tudo é que, quem “paga o pato”, é a comunidade que tá sofrendo !!!

  • É, pelo menos, valeu a iniciativa de se tentar fazer algo. Entretanto, espero que a campanha seja feita para TODOS: motoristas (principalmente de ônibus), motociclistas, pedestres, ciclistas… Muitas vezes os acidentes acontecem pela falta de atenção, mas a MAIORIA das vezes é por irresponsabilidade mesmo. Ciclistas que andam no meio da rua, andam em grupos, querem ser os donos das ruas… E os pedestres? Não respeitam as faixas, nem os sinais… às vezes a faixa tá do lado dele, mas ele prefere se arriscar pelo meio dos carros… É muito complicado. É a cultura do querer correr riscos. Muitos desses “quase motoristas” que dirigem hoje pelas ruas não tem a mínima noção sobre o que é carro… Infelizmente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *