Alcinéa Cavalcante

Liberdade de expressão!
Macapá - Amapá

Mano Zoth

Postado por: Alcinéa Cavalcante em 24/11/10 as 10:23 pm

Afinem os violões. Mano Zoth está chegando, trazendo música, alegria, estrelas e raios de sol. Vem comemorar com a família seus 50 anos de idade.
Alcy Araújo Filho, o Zoth, é músico e funcionário da Petrobrás. Mora em Manaus.

Reproduzo hoje aqui o texto que fiz em 2005 quando ele completou 45 anos.

Oi, “piqueno”

Tô com uma saudade de ti desse tamanhão. Desde ontem cada avião que passa eu digo “é ele”. Pego a chave do carro e corro para o pátio, onde fico esperando o celular tocar e ouvir a tua voz dizendo “oi, piquena, cheguei, vem me buscar aqui no aeroporto”.

E vai começar a festa. Logo chega Zé Miguel com seu violão enfeitado de pérolas azuladas e suas músicas mais gostosas que pirão de açaí com tamuatá, Nivito vem chegando na batida da bossa-nova, Luís Banha entra contando histórias e querendo comer camarão miudinho e o Antonei sai da toca e chega cantando “Amigo” e contando como vocês dois, em parceria com a brisa do mar, fizeram esta canção num boteco de Fortaleza.

Rápido a boa notícia se espalha. “O Zoth ta na área”. E toda a turma vem cantar, rir, te abraçar. Violões enluarados  se revezam com violões ensolarados para celebrar a vida, o amor e a amizade. É sempre assim quando estás aqui. Todos os momentos são de festa.

Peraí … vou tomar um cafezinho, fumar um cigarro e já volto (nem adianta você dizer “tu ainda estás fumando, piquena?” Você também não pára).

………………………………………………

Pronto. Voltei. Piqueno, enquanto eu estava fumando eu ria sozinha lá na cozinha. Sabes do que eu tava lembrando? Daquela vez que resolveste iniciar um pequeno negócio: venda de bombons no cinema. Tu entravas com o capital e o Haroldo (nunca mais vi o Haroldo) com o trabalho. Acho que tu tinhas um 12 anos. Mamãe te deu o dinheiro e foste comprar quilos e quilos de bombons. À tardinha tu e o Haroldo arrumavam na caixa de bombonzeiro e o Haroldo rumava pra porta do cinema enquanto tu ficavas brincando. No terceiro dia o negócio faliu porque resolveste comer todos os bombons. Lembro-me bem quando mamãe foi te acordar de manhã para ires à escola e deu de cara com centenas de papel de bombons espalhados pelo quarto. Não aparecia uma lajota, o piso estava todo coberto de papel de menta, papel de bombons de leite e de frutas. A coisa foi tão engraçada que ela não conseguiu te ralhar. A vida, mano, pra nós continua doce como teus bombons. Verdade que algumas vezes a gente pega um chocolate amargo, mas isso faz parte.

No colinho da mamãe quando completou um aninho

Falar em doçura, lembras quando fiz aquele curso de confeito? Adorávamos bolo confeitado. Então depois que todo mundo dormia, íamos pra cozinha, tu fazias o pão-de-ló (ainda sabes fazer?) e eu confeitava. Colocávamos na frente do ventilador pra esfriar logo para que a gente pudesse comer antes de dormir. A mana Alcilene, sabidinha como ela só, fazia que estava dormindo. Quando íamos começar a comer o bolo ela aparecia de pijaminha, enrolada no lençol, abraçada com sua inseparável  boneca “dorminhoca” e anunciava: “Eu quero um pedaço”. Quando terminava de comer corria pro quarto, sempre abraçada com a “dorminhoca”, e nós dois íamos lavar toda a louça. Ah, moleca!


Ah, mano, esses dias eu tava conversando com o Paulo José e ele me disse que ainda tem as fotos do festival de música amapaense que ele promoveu quando era presidente da Associação dos Universitários do Amapá. Tu tinhas uns 16 anos, né? E deste um show.
Participando com duas músicas ganhaste todos os prêmios. A Comissão Julgadora era

Com 9 meses ele já corria

formada por gente da Funarte. Foi muito legal quando o resultado foi anunciado. Primeiro lugar: Zoth; segundo lugar: Zoth; melhor letra: Zoth; melhor melodia: Zoth; melhor arranjo: Zoth; melhor intérprete: Izequias, interpretando as músicas do Zoth; melhor torcida: a do Zoth. Não sobrou pra ninguém. Que festa, hein! E todo mundo se orgulhando de ti, papai, mamãe, eu, o Alcione, a Alcilene, os amigos, os vizinhos, os teus professores…  Inesquecível aquele festival. Falar nisso, me lembra aquela vez que o papai ficou super orgulhoso quando o mestre Nonato Leal ao te ver tocar violão disse: “Esse moleque tem uma mão direita muito boa. Tem muito talento”. Tu eras garotinho ainda.

Mas, mudando de assunto: quero meu presente hoje. Tudo bem,  eu sei que o aniversário é teu. Mas, e daí que queira ganhar presente? Quero sim! Quero tua presença. Tô com saudade de brincar com teus cabelos e coçar tua costa. To com saudade de ti, piqueno. Uma saudade desse tamanhão, grandona, imensa, como o amor e a ternura que existem em nós.

Daqui a pouco passa mais um avião, vou pro pátio te esperar. Quando chegares vou te encher de beijos e aconchegadinha no teu abraço dizer-te: Feliz aniversário, piqueno.

Te amo, viu?

Zoth com os filhos Lucas, Carol e Netinho

25 Comentários

  1. Augusto Carneiro disse:

    O que esperar de uma pessoa tão especial como vc? simplesmente essa obra prima. Foi, é e sempre será um prazer enorme tê-los conhecido.
    Há pouco tempo pude desfrutar da companhia, do violão, da alegria e inteligência do grande amigo Zoth, momentos inenarráveis.
    Saudades.

  2. Rose Bastos disse:

    Néa, quase um ano se passou e só agora descobri esta pérola escrita por você, fico muito feliz em saber que este amor entre vocês é verdadeiro, completo, imensurável.
    beijos cheio de saudades para todos (Alcilene, Alcione)

  3. Dom Morais disse:

    O Zoth é uma otima pessoa e com um grande talento.

  4. João Vicente disse:

    Alcinéa,

    Parabéns pelo texto e ao Zoth pelos cinquentinha. Sou amigo do Zoth, de Urucu, e fiquei de ir a Macapá participar dessa festa. Uma pena que ainda não foi dessa vez (a ausência é justificável: minha filha, única!, esteve prestando vestibular na UFRN. Não pude deixá-la só).
    Deve ser impagável participar de uma festa de vocês! Amizade, música, amor, poesia, política e, principalemnte, humor!, devem estar no cardápio pricipal de um banquete que não tem hora pra acabar.
    Um abraço a você e a todos da família Cavalcante. O Zoth verei em breve, lá pelas barrancas do Rio Urucu.

  5. Odete Silveira disse:

    Alcinéa!
    Parabéns pela amizade cultivada em família, tão difícil de ser encontrada e tão necessária em nossos tempos. Por viver longe de meus irmãos, te colei e mandei também a eles o meu carinho. Sou fã de teu blog!

  6. BORDALO JUNIOR disse:

    Parabéns ao meu amigo de adolescência, do Colégio Amapaense, que nos deixou quando foi trabalhar em Macaé/Rj nas plataformas da Petrobras.
    Mesmo distante, voce continua sendo o mesmo “Alcizinho” amigo de sempre.
    Parabéns. Cícero Bordalo Junior

  7. Veneide disse:

    Teus dedos são magicos, Alcinéa. Emocionada! bj

  8. Manoel Holanda disse:

    Que amor lindo pelo irmão, parabéms

  9. Caroline Cavalcante disse:

    Que lindo Tia!!! Eu fico aqui babando no amor de vcs e triste por não estar comemorando essa data tão especial com vcs.
    E pra variar minhas provas (motivo pelo qual fiquei presa aqui no Rio) foram adiadas para a próxima semana por conta da Guerra aqui no Rio, eu mereço, né?!
    Mas no niver de 51 anos do pai eu estarei ai comemorando essa “boa ideia” com vcs!! rsrsrs
    Amo vcs!!!!

  10. Lane disse:

    Nossa!!!!!!!!!!!! q amizade linda essa entre vc zoth, imagina se todas as pessoas tivessem esse amor imenso e este carinho demostrado por vc, com certeza nosso mundo seria muito melhor.
    Não conheço vc e muito menos zoth, mas acretide me senti muito feliz pela demostração deste seu amor infinito de amizade, pois eu também amo meus amigos e acho isso muito importante para a humanidade.
    Bjs!!!!!!!!!!!! e parabéns a Zoth, q DEUS o abençõe.

  11. Antonnei Lima disse:

    Deus na sua infinita bondade deu a você o dom de escrever, talvez para que pudesse continuar a obra do velho “Alcy Araújo” ou “tio Alcy” como o chamávamos carinhosamente. Infelizmente não poderei participar desse momento como havíamos planejado, pois com o nascimento do meu rebento chamado Antonio, tive que ausentar-me de Macapá, porém, mesmo distante fisicamente, quero compartilhar com você,Alcione,Alcilene e demais membros da família, dessa alegria pela passagem dos cinquenta anos do meu irmão,amigo e parceiro Zoth.

  12. IDALIA LOBATO disse:

    mas 50 anos já! lembro quando a Deusó ai passear demanhã cedo com ele no colo para pegar sol e parava em casa pra gente bater papo enquanto eu o carregava, pra ela descançar um pouco; pois o Alcizinho com o chamavam sempre foi fofinho.Transmite nossos parabens a este garotão: beijos

  13. Zanjo Goulart disse:

    Hoje arrumei um tempo e falei com meus irmãos, li tua mensagem pro Zoth e fiquei emocionado. Venho saboreando desde ontem a duçura dos teus afagos escritos… Como moramos distante fazem 10 anos, me deu uma vontade de dizer que os amava. Liguei e o do meio(TURBINO) se espantou quando atendeu e eu disse… “Mano, sinto saudades de casa, da infancia, do teu jeito mala de ser, tô ligando só pra dizer que te amo.” O mais velho (NANDO) sempre mais emotivo chorou, foi demais!!! Néa, você tem uma energia muito forte e escreve de uma forma que invade e faz a gente se ver. Não canso de jogar confete em você! És como fala a moçadinha “TUDO DI BOM”.

  14. Ana Celeste disse:

    Linda declaração, fiquei emocionada.Aproveite
    bastante este momento, voces merecem!!!

  15. Legal, bacana, delícia, Alcinéa,isso é o melhor da vida, pessoas queridas, amigos, família, carinho, aconchego, bem querer, conversa, sorrisos, muito café, chá, torrada -eu faria muito pão de queijo- são as melhores coisas da vida. Curta bastante esses momentos que saciam o estômago e a alma…Felicidades!

  16. Alberio Pantoja Marques disse:

    Passei Para dar Uma olhadinha e me deparei com esta declaração, duvido se teu Irmão receberá presente melhor …. Muito Bonito o carinho de vcs isso faz eu ter lembranças de minha infancia em Serra do Navio quando eu e meus irmãos esperavamos o papai ir se deitar para assaltarmos a cristaleira e pegar um pote de ( nucita ) rsrsrsrsr vc sabe oque é nucita né!!! rsrsr Beijos !!! e Parabens para teu irmão

  17. Ana disse:

    Q lindo texto Alcinéa, vc realmente é mto sensível. Parabéns a vc e ao seu mano!!! De repente me deu saudades dos meus manos q eu vi há alguns minutos, portanto, bjs Nano e Cecília, a mana ama vcs!!!!!

  18. Preta disse:

    Esse amor entre vocês é lindo, o cultivem sempre, felicidades para todos e para o aniversariante. Parabéns, beijos e abraços.

  19. Reka disse:

    lindo texto Néa, carregado de amor e carinho. bjs

  20. Marcelo Barbosa disse:

    Acordar e ler esta mensagem de Amor Familiar, me deixou com lagrimas nos olhos, tenho orgulho de conhecer a familia de vcs Alcineia, conheci o Zoth em uma ferias de julho/nao lembre o ano, só sei que faz algum tempo, sempre com o violão na mão e transmitindo muita alegria e felicidade…Parabens e Feliz Aniversario Zoth.

  21. cleo araujo disse:

    Oi, Néa. 50 uma ova! Esse moleque nunca atingirá a maioridade, pois veio ao mundo para ser eterna criança e alegrar os sonhos dos seus chegados. Embora responsabilíssimo na Petrobras, sua seriedade pára por aí. É daquelas pessoas que, a mando de Deus, nunca será acompanhado pela tristeza e nem deixará que ela faça parte da vida de ninguém.

  22. Paulo Neto disse:

    Que lindo, Alcinea. Que amor familiar gostoso esse que vcs cultivam! Parabéns! Felicidades!

  23. Que delícia que esse piqueno chegou e veio passar o aniversário de 50 anos com a gente..

Deixe o seu comentário!