Alcinéa Cavalcante

Liberdade de expressão!
Macapá - Amapá

O agradecimento de Dom Pedro

Postado por: Alcinéa Cavalcante em 22/12/11 as 10:20 am

Obrigado comunicadores e comunicadoras
Dom Pedro José Conti
,  Bispo de Macapá

Aproveito a ocasião do Natal e de final de ano para agradecer a todos os comunicadores e comunicadoras, que de tantas formas divulgam as matérias que me esforço para escrever toda semana. Agradeço a quem publica a matéria no seu jornal, quem a lê num programa de rádio ou televisão, e também a todos os que a tornam pública através da internet em sites, blogs e outros meios que hoje a tecnologia da comunicação nos oferece.

Não tenho nenhuma pretensão que as minhas simples considerações – e, às vezes, historinhas – sejam como a semente do Evangelho, mas vale a comparação da parábola do semeador: a semente cai e, quando encontra terra boa, produz fruto. Não é necessário que as pessoas gostem ou concordem com tudo, quero apenas ajudar a pensar e a refletir. Já é um grande resultado!

Todos entendemos, também, que a comunicação cumpre um grande serviço quando não funciona como os passarinhos, as pedras ou os espinhos da mesma parábola, que tornam a semente inoperante, mas deixa a Palavra chegar. Sermos “canais” da Palavra da Vida e da Verdade é uma grande missão e responsabilidade. Depois, o Espírito Santo e a boa vontade das pessoas fazem o resto.

Muito obrigado por mais um ano de colaboração. Espero, no próximo ano, poder contar mais ainda com a sua preciosa disponibilidade. Feliz Natal e um Ano Novo de Paz para todos vocês, comunicadores e comunicadores, e também para as suas famílias.    

2 Comentários

  1. Sebastião da Silva Oliveira (Sabá) disse:

    Dom Pedro,feliz ano novo! Desde Dom Aristides Piróvano, o Sr. é o 1º bispo do Amapá a se comunicar pela Net.Não perco a sua catequese virtual. Uma pena que o Dr. Marcelo Cândia não alcançou esta época.

  2. Aurea Batista de Sá Viana. disse:

    Dom Pedro não perco seus escritos aqui e onde tenho oprtunidade de ler. Realmente o Senhor é um Pastor conduzindo o seu rebanho,por isso sinto-me feliz em ser uma ovelha sua seguidora.

    Aurea Batista de Sá Viana – Ensino Religioso.

Deixe o seu comentário!