Alcinéa Cavalcante

Liberdade de expressão!
Macapá - Amapá

Vestibular – sai o listão da Unifap

Postado por: Alcinéa Cavalcante em 29/12/11 as 1:51 pm

Carreatas, foguetes, banho de ovos com trigo e muita alegria nos quatro cantos da cidade. São os novos calouros e seus familiares e professores festejando a aprovação no concorrido vestibular da Universidade Federal do Amapá -Unifap.
Para conferir o listão clique aqui

Quem tiver fotos das festas, comemorações, trotes e quiser compartilhar  pode mandar pro e-mail alcinea.c@gmail.com  que a gente posta aqui no blog.

21 Comentários

  1. vanessa disse:

    Concordo com o que o ex-presidente lula disse uma vez
    “O babaca rico que já estudava não queria que o pobre tivesse a chance”

    Esse é o Brasil, ricos tiram o pouco espaço que o pobre tem de estudar
    e o pior é que há pessoas que concordam com isso.
    Pois pobres são OS RICOS que ignoram OS POBRES.

    • Do Sul disse:

      O Lula é um populista que deveria de usar o dinheiro que ele e sua quadrilha arrancou dos cofres públicos para a educação básica, essa sim de qualidade, vai fazer as vagas das universidades serem disputadas em igual condição, ricos não tem culpa dos problemas dos pobres e sim os políticos como Lula e cia., que fomentam a pobreza para depois aparecerem como salvadores, que diga o Lulinha, o Dirceu, genoino e outros, vc sabia que eles bebem vinho de 5.000, os ricos e as pessoas de classe medio (que realmente pagam as contas do governo), são pagadores de impostos, portanto tem sim direito o coisa pública, como universidades, hospitais, segurança e etc., temos que parar de pensar como esses falsos socialistas que vivem culpado as pessoas que vencem na vida, afinal o pobre se acha pobre usando o cidadão rico e de classe média como referência, se Amapá que se integrar em iguais condições com o resto do país tem que para com as suas reservas com o pessoal “da terra”

    • Do Sul disse:

      O lula chama o rico de babaca, que Hipócrita.

  2. vanessa disse:

    Ahhhh e quanto a ENEM E AO SISU, todos nós sabemos que o sul tem os melhores indices de educação do país todos os dados mostram isso, e que as melhores notas do enem são de lá, e que substituir o vestibuar tradicional por isso só vai tirar ainda mais as chances das pessoas daqui, os meus próprios professores dizem “SE VC TIVER MUITA SORTE VC PASSA NO ENEM” por que é simplesmente isso por que cai 30%do que a gente estuda e o resto vai saber, as melhores notas na area de medicina são das pessoas de fora tanto que no primeiro vestibular de medicina que teve na unifap pelas notas do enem SOBRARAM 13 VAGAS já que as melhores notas eram de pessoas lá não sei da onde e que ainda bem não puderam vir, pois as notas daqui foram tão baixas que se as pessoas forem tentar fora com essas notas não conseguiriam passar nem EM ENSINO RELIGIOSO(MATÉRIA QUE EU GOSTAVA MUITO)então por que colocar esse sistema que vai excluir do ensino superior metade dos amapaenses? EU PREFIRO O VESTIBULAR.

  3. vanessa disse:

    Bom, então eu devo deduzir que os adolescentes que trabalham o dia todo e que chegavam sempre no 2° horário na escola por causa do TRABALHO, não passaram por que não se dedicaram e nem cursinhos podiam frequentar já que TRABALHAVAM coisas que eu acho que vcs nem deve saber o que é, e ainda assim devo deduzir que a greve não atrapalhou ninguém não é? OS RICOS NÃO SÃO MAIS INTELIGENTES, SIMPLESMENTE TIVERAM A MELHOR EDUCAÇÃO, FREQUENTARAM AS MELHORES ESCOLAS, TIVERAM OS MELHORES PROFESSORES, ETC. E ainda querem comparar o ensino público com o privado?
    EU TERMINEI MEUS ESTUDOS E AINDA ASSIM NEM DEU PRA PASSAR TODOS OS ASSUNTOS QUE FALTAVAM.
    È muito fácil falar dos alunos de escola pública dificil é querer estudar numa turma com mais de 50 alunos. COMO EU ESTUDEI.

  4. Do Sul disse:

    Não é complexo de inferioridade, isso fica sim demostrado quando há proteção aos “menos favorecidos”, ora se não existe diferença no nível de educação porque não por a UNIFAP no SISU, agora os competentes do Amapá deveriam de ficar na terra quando se formassem, pois todos vem para o Sul, se ficassem no Amapá talvez os índices de IDH do Estado melhoraria.

  5. vanessa disse:

    Quando entramos na universidade federal do amapá (PÚBLICA) o que mais vemos são pessoas de bom status, há muito mais bem sucedidos do que menos sucedidos, de filhos de empresários até filhos de senadores, pessoas que poderiam pagar faculdades para seus filhos e deixarem vagas a pessoas que realmente mereceram, injustiças sociais cometidas por quem deveriam acabar com elas. Parabens a NARDIEL ALVES BATISTA E A TODOS OS ALUNOS DE ESCOLAS PUBLICAS, os poucos que realmente merecem esse lugar e não os filhos daqueles riquinhos empresários, politicos etc.

    • Franco Pontes disse:

      Falta cobrança das escolas e dos pais sobre os estudantes de escola pública. Parar de choramingar más condições, isso e aquilo e procurar estudar. Sou professor no AVT, e sempre que vou à biblioteca da escola, não encontro alunos estudando, só aparecem para copiar algum texto de algum trabalho.
      E temos inúmeros exemplos de que o resultado depende 99,9% do estudante.

      • vanessa disse:

        Comparar o ensino público com o privado é até piada, todas as pesquisas mostram a melhor qualidade do ensino na rede privada e que o vestibular é só uma forma de humilhar ainda mais os alunos da rede pública, e se não fosse por que pagariam escolas particulares? Falta de consideração com os mais pobres, filhos de pessoas ricas fazerem faculdade pública, não sei como ainda cobram tanto dos alunos de escola publica depois de uma greve de sei lá quanto tempo, conheço varios adolescentes que trabalham o dia todo e que estudavam a noite e não passaram no vestibular, isso não foi por falta de mérito e sim por causa daqueles que não mereciam e que tomaram os seus lugares, e isso sem falar daqueles q não puderam pagar sua inscrição , por que nem isso o governo fez o favor de pagar.
        HIPOCRESIA NÃO FRANCO.

        • ROQUE disse:

          Com isso, você afirma que, além de ricos, são mais inteligentes? Conheço muitos casos de filhos de lavadeiras que conseguiram passar no vestibular pra universidades federais. O segredo é um só: dedicação e esforço.

        • ROQUE disse:

          Até na área do conhecimento é notório o comportamento passivo e fracassado do amapaense. Conheço várias pessoas, inclusive parentes próximos, que antecipam: “Eu vou fazer a prova, mas sei que não vou passar.” Ah, vá pro inferno!

      • vanessa disse:

        Para se ter uma idéia, segundo dados do censo da educação, a maior parte dos estudantes pobres brasileiros estudam em faculdades particulares, enquanto os ricos estudam em universidades públicas.pelo menos 80% dos estudantes que frequentam escola pública no Brasil não têm acesso à universidade pública na mesma proporção que os ricos.Dados da pesquisa mostram que mais da metade (54,3%) dos alunos que freqüentam as universidades públicas pertencem aos 20% mais ricos da população.
        QUEM NÃO SE IMPORTA COM ISSO, É QUEM NUNCA SOUBE O QUE É NÃO TER CONDIÇÕES DE PAGAR UM ENSINO SUPERIOR VENDO RICOS TIRAREM SUA OPORTUNIDADE EM UNIVERSIDADES PUBLICAS.
        Rico ainda é maioria em universidade pública.

        • ROQUE disse:

          Quando resolvo estudar, procuro as universidades particulares porque conciliam meu horário de estudo com o do trabalho. Será que os alunos pobres emburreceram. Meus contemporâneos, todos pobres, conseguiam passar no vestibular da UFPA e se alimentavam com pão e ovo. Hoje são advogados, economistas, médicos, engenheiros civis e presidentes de empresas públicas.

      • vanessa disse:

        Todo politico roba, ninguém quer ser politico pra ajudar ninguém, mas pelo menos alguns como o lula se deram o trabalho de fazer alguma coisa. JÁ que rico quer fazer faculdade pública, então ele poderia como todo mundo, ir em hospital publico ficar 3 semanas para ser atendido, isso se até lá ele não morrer, e principalmente estudar em escola pública e concorrer de igual pra igual com os alunos da rede pública. Sabia que na escola da minha irmã vários alunos ficaram 3 bimestres sem professor de quimica, pois ele só chegou nessa semana pra dar aula no dia 1 de janeiro e que ele vai dar 3 BIMESTRES EM UMA SEMANA, dá pra aprender bastante assim né? Isso por que a escola é uma das melhores da cidade.
        E quanto aqueles que venceram na vida como vc disse, ou é por que tiveram a chance de estudar ou é por que já nasceram ricos.
        Você FALA ISSO por que vc não é tão pobre que tenha perdido as poucas oportunidades que lhe foram dadas.
        O lula hoje tem direito a tomar o vinho que quiser, por que ele foi o melhor presidente do Brasil e veio de baixo e foi pobre como a maioria das pessoas, e RIQUINHOS não gostam dele por que ele defende o direito dos pobres, ELE não estava mentido quando disse que o BABACA RICO não queria que o pobre tivesse a chance.

    • Do Sul disse:

      Esse teu raciocínio e muito demagogo, típico daqueles esquerdistas brasileiros que atiravam “pedras no telhado dos outros” e agora bebem vinhos de 5.000,00, ora quem é de classe média paga também impostos, portanto tem direito a coisa pública, já não chega a saúde que temos que pagar duas vezes a pública e a privada, faremos um acordo, isentai-nos do IRRF que não usaremos mais a coisa pública.

  6. Do Sul disse:

    A UFRJ foi obrigada pela justiça a aceitar todos os candidatos do ENEM, a UNIFAP só esta aceitando quue fez inscrição na propria Universidade, inclusive no curso de medicina com uma média muito inferior da nacional, nota-se que houve uma proteção para quem se escreveu na UNIFAP que por tabela ao “povo da terra”, não acontece isso por exemplo nas Universidades Federais no resto do país onde vc pode usar a nota do ENEM para a aprovação no SISU, o que parece é que há uma manobra para não haver disputa com o Brasil, talvez por temor.

  7. Guilherme Lima disse:

    É tão emocionante e contagiante a festa dos calouros. Embalada pela música do paraense Pinduca “Passei no vestibular” faz a festa ser inesquecível para parentes e amigos do novo universitário.Porém, toda essa festa está com os dias contados,pois as Universidades Públicas tão breve irão aderir totalmente ao ENEM e SISU e teremos resultados apenas pela internet.Além de outro agravante :Teremos em nossas Universidades Públicas acadêmicos da região sul e sudeste em sua maioria,pois eles lideram as melhores notas do ENEM.E,para o nosso estudante amapaense restarão apenas as Universidades Particulares.isto é, para quem poderá pagar.A essse novo sistema podemos chamar de Exame Nacional de Exclusão em Massa!!!

    • Do Sul disse:

      Engraçado mais as Universidades do Sul e do Sudeste vcs podem concorrer, isso é igualdade?. É mais fácil e conveniente ter esse tipo de conclusão do que cobrar dos governantes mais responsabilidade com ensino básico, onde todos teriam condições mais igualitárias para disputar vaga nas Universidades públicas, é assim no Amapá, tem muitos coitadinhos, precisam da proteção estatal para conseguirem alguma coisa, aliás esse Brasil esta cheio de coitados.

    • ROQUE disse:

      Seu comentário é uma demonstração explícita de complexo de inferioridade.

    • ROQUE disse:

      Sou amapaense nato, mas não considero meu nível de conhecimento inferior, se comparado ao dos acadêmicos do sul e sudeste. O diferencial está na dedicação ao estudo, seja no norte, no sul ou no raio que o parta.

  8. mariléia maciel disse:

    Hoje relembrei com muita saudade de anos anteriores quando meus filhos Yan e Pedro Caio passaram nas provas da UNIFAP e UEAP.Sei o quanto é felicidade esse momento, pro estudante, família e amigos.Não pela festa em si, mas pela perspectiva concreta de um futuro promissor. Agora torcemos para que eles terminem logo os cursos e possam investir em mais aperfeiçoamento.Sou suspeita, mas se continuarem como estão nos estudos, terão uma vida digna e uma carreira que optaram maravilhosa. Desejo a todos que passaram que nunca percam a vontade de continuar estudando, e para os que não comseguiram, que não desistam de tentar.Néa, um feliz ano pra vc e todos os leitores do blog. A cidade está diferente, clima fim de ano e muita festa na frente das casas com a garotada pintada e com a cabeça pitiú de ovo!Mariléia Maciel

Deixe o seu comentário!