Nota pública da juíza Sueli Pini

A Mma. Juíza de Direito da 10ª Zona Eleitoral informa à sociedade que na data de 23 de fevereiro do ano em curso foi protocolizada naquele cartório eleitoral, pela Defesa de Roberto Góes e Helena Guerra, argüição de suspeição desta magistrada nos inúmeros processos por infração à legislação eleitoral ainda pendentes de julgamento, ao fundamento de inimizade capital em razão de filiação partidária de seu filho Fernando Pini. Na data de 04 de março, em decisão fundamentada, a exceção de suspeição foi indeferida liminarmente por ser flagrantemente intempestiva, já que o prazo legal de cinco (5) dias previsto no Regimento Interno do TRE/AP, contado da distribuição dos processos, para ser oposta, não foi observado: Fernando Pini é filiado há mais de dois (2) anos e este fato é público, pois as filiações são obrigatoriamente publicadas; já os processos foram a mim distribuídos em fevereiro de 2009, quando tomei posse naquela Zona Eleitoral e assumi muitas centenas de processos oriundos das eleições municipais de 2008. Naquela decisão, entendendo ainda que a parte criou incidente desnecessário baseado em fato que sabe ser infundado, foi fixada multa processual, a reverter em favor da União. Em 09 de março foi interposto Recurso Inominado e na data de 22 de março foi prolatado despacho de admissibilidade, recebendo referido recurso em seu efeito devolutivo (art. 257 do Código Eleitoral). Em 29 de março foi por mim subscrito o Ofício de nº 78/10-CE/10ª Zona e determinada a remessa dos respectivos autos ao TRE/AP. Por fim, em razão de reportagens veiculadas no dia 01 de abril em jornais locais, colocando em dúvida o regular trabalho desenvolvido por esta magistrada à frente da 10ª Zona Eleitoral, foi oficiado à Presidência do TRE/AP encaminhando-lhe documentos comprobatórios da regular entrega da prestação jurisdicional na referida argüição de suspeição, não sendo assim verdade as ilações de procrastinação ou de protelação ali sugeridas, valendo lembrar que esta magistrada responde ainda pela Vara do Juizado Especial Cível Central desta Capital (onde tramitam mais de 15.000 processos) com índices recordes de produtividade e uma carga horária de mais de doze(12) horas diárias de trabalho.
Macapá, 04 de abril de 2010.
Sueli Pereira Pini
Juíza de Direito da 10ª Zona Eleitoral

Celebrando a vida

Hoje é um dia super especial. Dia de festejar, comemorar, celebrar a vida. É aniversário do meu amado filho Márcio Harley.

Meu filho, você é o mais belo e mais importante presente que Deus nos deu, a mim e seu pai.

Deus te abençoe, te proteja e ilumine teus caminhos todos os dias – de aniversário ou não.

Que te abençoe o sol nos dias luminosos de verão
e as estrelas nas noites claras de setembro.
Que te abençoe o mar
o grande mar
e as areias brancas
que receberam a marca dos teus pés
naquela manhã esquecida na infância.
Que te abençoe a lágrima
chorada certa tarde quando eu não estava
e te abençoe o verde que inaugurou a tua esperança.
Que te abençoe a rosa
e te abençoe o pássaro liberto.
Não te falte nunca a larga bênção
da árvore à margem do caminho
nem a bênção que vem dos sinos
quando a tarde cai acendendo mistérios.
Que te abençoe o anjo que guarda a tua ternura
e não te falte jamais a bênção do amor.
Que te abençoe a fé perdida nos caminhos
e a fé que ainda permanece no coração dos que amam.
Que te abençoe finalmente
a infinita bondade de Deus,
que te criou à imagem e semelhança do meu sonho.”

(Trechos do poema Bênção, do teu avô Alcy Araújo Cavalcante)

Sem declaração de apoio

Deputado Camilo Capiberibe (PSB) disse que sua participação no almoço oferecido a Jorge Amanajás (PSDB) sábado, num restaurante da orla, não significa uma declaração de apoio à candidatura do tucano ao governo do Amapá. Até porque os diálogos tem que ser em nível partidário e até agora o PSB não conversou com quase nenhum partido sobre eleições 2010.
O PSB, segundo ele, está aberto ao diálogo. “Vamos conversar inclusive com o PTB, PSDB e PP, que já tem candidaturas postas“, afirmou.
Ainda sobre o almoço, ele explicou: “Estive lá porque era uma confraternização de deputados e não uma festa em apoio a candidaturas”.

Gitinhas

Peixada – Governador Pedro Paulo Dias (PP) e presidente da Assembléia Legislativa Jorge Amanajás (PSDB) – ambos pré-candidatos ao governo –  almoçaram juntos no Domingo de Páscoa. O almoço foi à base de peixe.
Será que foi traíra?

Só amanhã – Ex-governador Waldez Góes (PDT) ainda não desocupou a residência oficial. Mas não corre o risco de ser despejado por Pedro Paulo. WG prometeu que amanhã desocupa.

No TCE – Como Pedro Paulo não quis (prefere disputar o governo) a Assembléia Legislativa está indicando o deputado Ricardo Soares para o cargo vitalício de conselheiro do TCE, na vaga aberta com a aposentadoria de Raquel Capiberibe.

Deputados homenageiam Jorge Amanajás

Tá no  blog do deputado Dalto Martins:

“Assim que o presidente da Assembleia Legislativa, Jorge Amanajás, empossou o governador do Amapá, Pedro Paulo Dias de Carvalho, em um ato exemplar de total democracia, 18 parlamentares, o senador Papaléo Paes, deputado federal Davi Alcolumbre e o prefeito de Macapá Roberto Góes, prestaram uma grande homenagem ao presidente da AL.
Em um almoço na orla da Cidade, todos reforçaram o apoio a Jorge e principalmente destacaram a admiração conquistada por ele durante sua gestão…”
(Leia mais)