Carnaval e Literatura

A pesquisadora Silvia Cobelo ministra em maior o curso “Carnaval e Literatura: adaptações intersemióticas de obras literárias”. Será na Casa Guilherme de Almeida, em São Paulo, nos dias 4, 11 e 18 de maio das 19h às 21h.

O curso aborda as adaptações de obras literárias feitas para desfiles de escolas de samba. Após uma breve história do carnaval, desde as festividades europeias até as brasileiras, serão abordados enredos que se utilizam de obras literárias como base. Entre elas, se discutirão neste curso clássicos da literatura brasileira e estrangeira, além de canções, peças de teatro e filmes.

Esta atividade poderá contar como crédito de horas para o Programa Formativo para Tradutores Literários.

(Silvia Cobelo, tradutora literária (inglês / espanhol) e roteirista formada pela UCLA, especializou-se em traduções e adaptações da obra de Cervantes, com pesquisas de mestrado e doutorado, realizadas na Universidade de São Paulo (USP), focadas em Dom Quixote. É pesquisadora sênior em três grupos de pesquisa do CNPq ligados à tradução literária e à obra de Cervantes. Como membro ativo de associações de Hispanistas e Estudos da Tradução/Adaptação, participa dos principais eventos e publicações nacionais e internacionais dentro dessas áreas.)

É ladrão que não acaba mais

Quando Cabral aqui chegou
E semeou sua semente
Naturalmente começou
A lapidação do ambiente
Roubaram o ouro, roubaram o pau
Pra ficar legal, ainda tiraram o couro
Do povo dessa terra original
E só deixaram a má semente
Presente de Grego
Que logo se proliferou
E originou a nossa gente

[Refrão]
É ladrão que não acaba mais
Tem ladrão que não acaba mais
Você vê ladrão quando olha pra frente
Você vê ladrão quando olha pra trás

E, a terra boa, mais o povo continua escravizado
Os direitos são os mesmos
Desde os séculos passados
O marajá, ele só anda engravatado
Não trabalha, não faz nada
Mas ta sempre endinheirado
Se entrar no supermercado…Você é roubado
E se andar despreocupado…Você é roubado
E se pegar no ponto errado…Você é roubado
E também se votar pra deputado…Você é roubado
Certo! Tem sempre 171 armando fria
Tem ladrão lá no congresso, na fila da padaria
Ladrão que rouba de noite, ladrão que rouba de dia
Dentro da delegacia, ninguém entendia a maior confusão
O doutor delegado grampeou todo mundo
Porque o ladrão roubou outro ladrão

No fim do mundo de Alice Juruna tem Peppa Pig

Impactados por Belo Monte, ameaçados por Belo Sun, os indígenas da Volta Grande do Xingu acordam a cada dia com o temor de que a catástrofe final chegará no próximo segundo

Qual é o impacto de viver dia após dia acreditando que uma barragem pode se romper a qualquer momento e afogar toda a vida, o mundo inteiro que se conhece? E acreditando que uma nova ameaça avança sobre a aldeia em ritmo acelerado? É possível perceber que o impacto desta experiência traumática é enorme. Seria sobre qualquer pessoa. Mas como dimensionar esse impacto sobre um povo tradicional, cujo próprio dizer de si contém o rio, quando o rio que sempre foi vida se torna uma ameaça de morte? São perguntas que o Estado brasileiro e a Norte Energia um dia terão que responder diante da humanidade.

Leia o excelente artigo da jornalista Eliane Brum  No fim do mundo de Alice Juruna tem Peppa Pig” publicado hoje no El País

Retiro de Semana Santa

Nos dias 13 a 16 de abril a Comunidade Católica Shalom irá realizar o Retiro de Semana Santa. Neste ano o tema geral é “Eis que eu faço nova todas as coisas”, Ap-21,5. O retiro contará com momentos de oração, interações artísticas, adoração ao Santíssimo Sacramento e meditação da liturgia desde a Quinta-Feira Santa até o Domingo de Páscoa. Continue lendo

Pacote de maldades

O dirigente nacional da Central de Trabalhadores e Trabalhadoras (CTB-Brasil), José Marcos Araújo, participou hoje em Macapá de audiência pública na Assembleia Legislativa do Amapá para debater a terceirização e reforma da previdência.
“A reforma do governo federal é um pacote de maldade”, enfatizou. Ele ressaltou que “a reforma da previdência trata o trabalhador rural igual ao da cidade, embora possuam jornadas de trabalho diferentes. Não dá para aceitar essa regressão de direito. Uma reforma deve ser feita para melhorar, essa destrói o trabalhador.”

A terceirização é uma afronta

“É  uma afronta aos trabalhadores. Prejudica homens e mulheres e coloca em risco o futuro das novas gerações. Mas infelizmente, a maioria dos parlamentares preferiu ficar do lado do governo, sacrificando os mais necessitados.”

(Deputada federal Janete Capiberibe -PSB/AP – hoje em audiência pública na Assembleia Legislativa do Amapá)

Concerto Sesc Partituras

O Sistema Fecomércio, através do Sesc Amapá, realizará  sábado (8), o Concerto Sesc Partituras, com apresentação única do Trio Vérbera (Soprano Vera Vigário, violinista Rafaele do Carmo e pianista Bruno George)  na escola de música Walkíria Lima a partir das 19h. A entrada é gratuita.

O Trio executará obras de  Marena Salles, Henrique Oswald, Anna Katarina Salles, Alceu Camargo, Marcos Salles, Francisco Mignone, Wilson Fonseca, Vicente Fonseca, Aberto Costa e Alberto Nepomuceno.