Estacionamento irregular lidera ranking de infrações em Macapá

Estacionar veículo de forma irregular e avançar sinal vermelho são algumas das centenas de infrações registradas pela Companhia de Transportes e Trânsito de Macapá (CTMac), em parceria com a Guarda Municipal, no primeiro trimestre de 2017. Foram 3.320 autuações, sendo que 32% correspondem aos condutores que estacionam de forma irregular. O avanço do sinal vermelho vem logo em seguida, com mais de 444 infrações aplicadas, correspondendo a 14% dos casos. Continue lendo

Câmara terá semana agitada com debates e início de votações de reformas

Da Agência Brasil

A Câmara dos Deputados terá uma semana bastante movimentada com discussões e o início das votações das reformas propostas pelo governo ao Congresso: a trabalhista e a previdenciária. Além das duas pautas, os deputados devem concluir a votação dos destaques apresentados ao projeto que trata da recuperação fiscal dos estados superendividados, retomar a discussão da reforma política na comissão especial e também eleger os dirigentes da Comissão Mista de Orçamento para iniciar a apreciação da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para o ano que vem. Continue lendo

Doce, doce amor – Jerry Adriani

Ídolo da Jovem Guarda, o cantor Jerry Adriani morreu hoje aos 70 anos, hoje à tarde no Rio de Janeiro.

Jerry Adriani, cujo nome de batismo é Jair Alves de Souza, começou a carreira em 1964 cantando em italiano, Seu primeiro disco foi   “Italianíssimo”. No ano seguinte passou a cantar em português e lançou o disco  “Um grande amor” e não parou mais, inclusive incentivando novos artistas. Consta que ele foi um dos primeiros a incentivar Raul Seixas de quem gravou as músicas ”Tudo que é bom dura pouco”, “Tarde demais” e “Doce doce amor”.

Além de cantor, Jerry atuou na televisão, cinema e teatro.

Eleitores faltosos tem até o dia 2 para se regularizarem

Termina no próximo dia 2  o prazo para o eleitor que não votou nem justificou a ausência nas três últimas eleições regularizar sua situação perante a Justiça Eleitoral.
De acordo com o TSE em todo o país  mais de 1,8 milhão de eleitores deixaram de votar nas três últimas eleições e estão com seus títulos irregulares. Quem não se regularizar até o dia 2 terá o título cancelado.