Leia o pedido de impeachment de Temer protocolado por Molon

O deputado federal Alessandro Molon (Rede-RJ) ai na frente e protocola o pedido de impeachment do presidente Michel Temer.

Veja a íntegra do pedido:

“EXCELENTÍSSIMO SENHOR PRESIDENTE DA CÂMARA DOS
DEPUTADOS DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL
ALESSANDRO LUCCIOLA MOLON, brasileiro, casado,
Deputado Federal (…) com endereço profissional na
Câmara dos Deputados, Anexo IV, Gabinete 652, Brasília – DF, CEP:
70160-900, com fundamento nos arts. 51, I e 52, I, da Constituição da
República, e no art. 14 da Lei nº 1.079, de 1950, vem perante Vossa
Excelência apresentar:
DENÚNCIA DE CRIME DE RESPONSABILIDADE Continue lendo

O fim da República

“Se a JBS delatar, será o fim da República”, diz Eduardo Cunha

Por Alexandre Hisayasu e Fausto Macedo no Estadão

O ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB/RJ) se mostrou ‘apreensivo’ esta semana com a possibilidade de vazamento do teor das delações dos executivos do Grupo JBS. Em conversa com interlocutores, ele afirmou que “se a JBS delatar, será o fim da República”.
(Leia a matéria completa aqui)

Senador Randolfe vai apresentar pedido de impeachment de Temer

O senador Randolfe Rodrigues (REDE-AP) disse agora a noite que nas próximas horas vai protocolizar o pedido de impeachment do presidente Michel Temer. Ele considerou “gravíssima” a delação dos donos da JBS contra Temer.

Em sua conta no facebook, Randolfe postou um vídeo onde faz este apelo:
“Apelo neste momento para o que ainda tem de bom senso por parte do senhor Michel Temer: renuncie imediatamente à presidência da República, poupe o país de mais uma gravíssima crise com consequências improváveis para o nosso destino”.

Ou Temer renuncia ou Randolfe fará tudo que puder para que ocorra o impeachment.

Dono da JBS grava Temer dando aval para compra de silêncio de Cunha

Do jornalista Lauro Jardim – O Globo

RIO — Na tarde de quarta-feira passada, Joesley Batista e o seu irmão Wesley entraram apressados no Supremo Tribunal Federal (STF) e seguiram direto para o gabinete do ministro Edson Fachin. Os donos da JBS, a maior produtora de proteína animal do planeta, estavam acompanhados de mais cinco pessoas, todas da empresa. Foram lá para o ato final de uma bomba atômica que explodirá sobre o país — a delação premiada que fizeram, com poder de destruição igual ou maior que a da Odebrecht. Diante de Fachin, a quem cabe homologar a delação, os sete presentes ao encontro confirmaram: tudo o que contaram à Procuradoria-Geral da República (PGR) em abril foi por livre e espontânea vontade, sem coação.

Dono da JBS grava Michel Temer avalizando compra de silêncio de Eduardo Cunha

Os empresários Joesley Batista e Wesley Batista, irmãos donos da JBS, entregaram ao ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), gravação de diálogo em que o presidente Michel Temer os incentiva a pagar mesada para comprar o silêncio do ex-deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ). A informação é do jornal O Globo. Na presença de Joesley, Temer indicou o deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) para resolver um assunto da J&F (holding que controla a JBS). Em seguida, segundo o Globo, Rocha Loures foi filmado recebendo uma mala com R$ 500 mil enviados pelo empresário goiano. (Leia a matéria completa aqui)

Mãos Limpas – TJAP recebe 13 denúncias contra deputados e ex-deputados

O Pleno do Tribunal de Justiça do Amapá (TJAP) recebeu, nesta quarta-feira (17), 13 denúncias do Ministério o Ministério Público do Amapá (MP-AP) contra parlamentares, ex-deputados e o ex-secretário de finanças da Assembleia Legislativa do Amapá (ALAP), com base em provas colhidas no curso da operação “Mãos Limpas”. Todos os acusados responderão por formação de quadrilha, falsidade ideológica e peculato, pelo desvio de aproximadamente R$ 10.304.000,00, mediante fraude no pagamento de diárias.

O esquema de pagamento ilegal de diária para deputados estaduais, praticado entre janeiro de 2006 e dezembro de 2010 foi apurado no IPL nº 718/2010/AP do Superior Tribunal de Justiça (STJ) e todo o material analisado resultou no Laudo Pericial 1948/2010, elaborado pelo Instituto Nacional de Criminalística do Departamento da Polícia Federal, Continue lendo

Valores atualizados das diárias pagas aos parlamentares

 

Acusados Nº do Processo Valor do Prejuízo
     
Eider Pena Pestana 0000046-38.2017.8.03.0000 R$ 988.467,85
Isaac M. Alcolumbre Neto

 

0000028-17.2017.8.03.0000 R$ 569.260,57
João Jorge G. Salomão Santana

 

0000030-84.2017.8.03.0000 R$ 1.000.457,51
Joel Banha Picanço

 

0000036-91.2017.8.03.0000 R$ 961.177,90
Jorge Emanuel Amanajás Cardoso 0000040-31.2017.8.03.0000 R$ 739.054,88
     
Jorge Evaldo Edinho Duarte Pinheiro

 

0000033-39.2017.8.03.0000 R$ 1.131.318,44
José Carlos C. Barbosa

 

0000044-68.2017.8.03.0000 R$ 628.538,61
José Soares da Silva

 

0000042-98.2017.8.03.0000 R$ 743.246,10
Manoel Brasil de Paula Filho

 

0000043-83.2017.8.03.0000 R$ 991.494,38
Moises Reategui de Souza

 

Paulo José da Silva Ramos

 

Raimundo Charles da Silva Marques

 

Ruy Guilherme Smith Neves

0000045-53.2017.8.03.0000

 

0000027-32.2017.8.03.0000

 

0000032-54.2017.8.03.0000

 

0000041-16.2017.8.03.0000

 

R$ 751.038,86

 

R$ 1.016.821,26

 

R$ 175.431,79

 

R$ 607.410,39