Adeus, meu amigo Munhoz

Neste Dia do Abraço meu amigo Munhoz, aos 85 anos, acaba de partir, abraçado pelos anjos é recebido por Deus com um abraço de luz.
Não. Não vou escrever nada agora. Minhas lágrimas abraçam as lembranças dos belos momentos que vivi com ele. Mais tarde, passado o choque, talvez escreva alguma coisa.
Ah, Munhoz, Munhoz… por que foste embora assim sem me abraçar neste dia do abraço?