Círio – 3 terminais de ônibus

Comunicado

A Companhia de Trânsito e Transporte de Macapá (CTMac) informa aos usuários do transporte coletivo da capital que domingo, 8, haverá três terminais de ônibus próximos à dispersão da procissão do Círio de Nazaré. Os fiéis que dependem do sistema contarão com 100% da frota, das 6h às 14h, e será praticada a tarifa social, no valor de R$ 1,40.

Atenção à localização dos terminais:
– Sentido Centro/Zona Norte – Praça do Barão: avenidas Iracema Carvão Nunes e Coriolano Jucá;
– Sentido Centro/Zona Sul e Macapá/Santana, pela JK – Praça do Coco: Rua Azarias Neto;
– Macapá/Santana, pela Duca Serra – Av. Coriolano Jucá: entre as ruas São José e Tiradentes.

Companhia de Trânsito e Transporte de Macapá (CTMac)

Macapá – Ontem e hoje

Avenida Mário Cruz em 1913. Os casarões foram demolidos e assim parte da história

Só restou o prédio da Intendência,  que abriga o Museu Joaquim Caetano da Silva,  mas  há anos está fechado para reforma. Esse prédio foi construído em 1895, pelo intendente Coriolano Jucá. Antes de abrigar o museu, nele funcionou o Palácio do Governo, também a Prefeitura de Macapá e  Delegacia de Polícia.

A Mário Cruz é a avenida mais curta de Macapá. Tem apenas cerca de 300 metros. Recebeu esse nome em homenagem a um comerciante a quem é atribuída a descoberta do manganês. Consta que ele encontrou uma pedra enorme de Manganês e usava-a como lastro de sua embarcação.

Foto de 1908

Na década de 1970
Esta obra do artista plástico R. Peixe (do acervo de Fernando Canto) retrata a Avenida Mário Cruz nos anos 70. Na segunda casa, do lado esquerdo, morava a pianista Walkíria Lima e seu filho, o poeta Isnard Lima. A casa era pequena, tão singela e aconchegante, cheia de livros e partituras.

Saúde – Governo tem que prestar contas

O Governo do Amapá e a Assembleia Legislativa (Alap) devem apresentar à população relatório com a prestação de contas da saúde no Amapá. O compromisso foi firmado por meio de Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) assinado na tarde desta quarta-feira, 4 de outubro, com o Ministério Público Federal (MPF/AP) e com o MP do Estado (MP-AP). A publicidade dos gastos com saúde atende ao previsto na Constituição Federal e na Lei Complementar nº 141/2012 que rege o Sistema Único de Saúde (SUS). Continue lendo

Um olho na santa e outro nos larápios

Bandido que é bandido não respeita nem a santa padroeira da Amazônia e enquanto os fiéis estão rezando na procissão, a bandidagem aproveita para bater carteira, tomar relógio e celular.
Por isso o comandante do 6º Batalhão da PM, tenente-coronel Cláudio Braga, alerta para alguns cuidados que devem ser tomados pelos fiéis durante o Círio:  não levar para a procissão objetos de valor à mostra. “Se tiverem que fazer o uso do celular, por exemplo, que o faça em um local seguro”, aconselha.

Esquema de segurança para o Círio

Os órgãos de segurança divulgaram nesta quinta-feira, 5, o esquema para Operação Círio 2017. Um efetivo de 750 servidores devem atuar no ponto alto da programação, a procissão que acontece no domingo, 8 de outubro, em Macapá.

Estarão envolvidos na proteção e monitoramento da população servidores da Polícia Militar do Amapá (PM), Corpo de Bombeiros Militar do Amapá (CBM-AP), Guarda Municipal de Macapá (GMM), Companhia de Transportes e Trânsito de Macapá (CTMac), Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitacional (Semduh) e Exército Brasileiro.

Segundo o comandante do 6º Batalhão da PM, tenente-coronel Cláudio Braga, no domingo, 8, a partir das 6h, 300 policias militares estarão nas principais ruas e avenidas do percurso do Círio. E cerca de 30 viaturas, Continue lendo

Amanhã tem Luau na Samaúma

O primeiro luau foi um sucesso. O segundo, com certeza, também será (Foto: Rui Brandão)

Amanhã, sexta-feira, tem Luau na Samaúma, a partir das 17h30.
Contação de histórias, música, artesanato, poesia, gastronomia, exposições de artes plásticas, venda de disco vinil e de livros de autores amapaenses e muito mais.
A Associação Literária do Amapá (Alieap) e o Movimento Poesia na Boca da Noite participam do luau com uma tenda literária onde serão expostos e comercializados livros de autores amapaenses. A tenda será o ponto de encontro dos poetas, escritores e amantes da literatura. E, claro, que o famoso Pano da Poesia estará estendido lá.
O primeiro luau foi um sucesso e este com certeza também será.
O Luau na Samaúma é uma programação conjunta do Ministério Público Estadual e Prefeitura de Macapá.