Justiça mantém bloqueio de R$ 568 mil nas contas do presidente da Assembleia do AP

Do G1-AP

Em decisão unânime da Câmara Única do Tribunal de Justiça do Amapá (Tjap), os desembatrgadores Sueli Pini, Manoel Brito e João Lages mantiveram uma decisão da 5ª Vara Cível e de Fazenda Pública de Macapá que determinou o bloqueio de R$ 568 mil das contas do deputado estadual Kaká Barbosa, presidente da Assembleia Legislativa do Amapá (Alap).

O dinheiro é referente ao valor que o parlamentar recebeu a mais, e de forma ilegal, por diárias na Casa de Leis. (Leia a matéria completa aqui)

Na semana do meio ambiente crianças visitam o quilombo do Curiaú

As crianças das escolas Raimunda de Lima Guedes e Gerson Trindade tiveram uma atividade diferenciada na manhã desta quarta-feira, 6, com uma visita à comunidade quilombola do Curiaú, na zona norte de Macapá. A atividade integra a Semana do Meio Ambiente, dando a oportunidade de que as crianças conheçam uma área de preservação ambiental e tenham contato direto com medidas socioeducativas que já são aplicadas na comunidade. Continue lendo

Aos 88 anos falece em Macapá o professor Paulo Lobato

Paulo e Idália Lobato. Ele faria 88 anos no próximo sábado

Faleceu  hoje em Macapá  o enfermeiro e professor aposentado Paulo Lobato, esposo da também professora aposentada Idália Lobato.
A notícia me deixa muito triste. Seu Paulo era grande amigo de minha família. Amizade que vem de décadas e décadas.
O casal Paulo-Idália fazia parte do rol de melhores amigos de minha saudosa mãe Delzuite Cavalcante e sempre as nossas famílias estiveram juntas em datas comemorativas como o Natal, Ano Novo e aniversários.
Uma amizade que vem de muito longe. Dos tempos que as casas não tinham muros nem cerca e que a vizinhança era muito mais solidária do que hoje. Até 2008, a família Lobato morava na mesma rua que nossa família.

Lembro do “seu”Paulo passando diariamente na frente da nossa casa numa lambreta levando Idália na garupa. A lambreta era moda e a molecada sonhava em ter uma quando crescesse.
Lembro de um jardim cheinho de “Sorriso de Maria”- uma flor linda, miúda, de pétalas brancas e centro amarelo – que a minha irmã Alcilene achava a coisa mais bela do mundo. Esse jardim tinha o poder de nos encantar.
E as festas na casa da família Lobato? humm, sempre com mesa farta e muito vinho de boa qualidade e alegria, acima de tudo.
Ela professora de Geografia, ele professor de Ciências. Além de lecionarem em escolas públicas também davam aulas particulares e tinham imenso prazer em ensinar.
Depois de mais de 30 anos de bons serviços prestados ao Amapá, o casal aposentou-se. Mas não ficou inativo. Aposentados, os dois curtiram a vida viajando, passeando, caminhando e acessando a internet.
Católicos fervorosos não perdiam as missas dominicais. Antes na Igreja de Fátima e depois que mudaram-se para o bairro do Trem passaram a frequentar a Igreja de N.S.da Conceição.

Tenho uma enorme gratidão por seu Paulo e Idália. A partida dele me deixa realmente muito triste e imagino a tristeza da professora Idália, seus filhos e netos e peço a Deus que dê forças a eles.

O velório será na capela Central Pax (Av. Mendonça Furtado entre as ruas Santos Dumont e Marcelo Cândia) a partir das 19h30. O sepultamento ocorrerá as 10h desta quinta-feira, 7.

 

MPF processa ex-prefeito de Santana por desvio de R$ 900 mil da merenda escolar

O Ministério Público Federal (MPF) ajuizou ação de improbidade contra o ex-prefeito de Santana (AP) José Antônio Nogueira de Sousa (PT) acusado de desviar cerca de R$ 900 mil da merenda escolar, entre 2011 e 2012. Pedro Paulo Duarte Brandão e Maria Iraci Silva da Cruz, que integravam a Comissão de Licitação à época, também estão sendo processados. A ação pede a indisponibilidade dos bens dos envolvidos visando o ressarcimento ao erário. Continue lendo

Falta tudo na maternidade Mãe Luzia

Falta tudo, ou quase tudo na Maternidade Mãe Luzia. Fazendo inspeção naquele hospital a promotora de saúde Fábia Nilci constatou que faltam medicamentos essenciais, como Adalat e Metildopa – que utilizados para hipertensão;   Cardiotocógrafo, aparelho indicado para monitoramento da gestação;  respiradores e aparelhos de raio-x.
Além disso a chamada sala vermelha ( uma espécie de semi-intensiva) não tem qualquer material, sequer porta, tendo apenas uma cortina para vedação do vão de acesso, sem proporcionar privacidade às pacientes durante o atendimento.
Na recepção – sempre superlotada – cadeiras servem de leito.

MP-AP ingressa com Ação Civil Pública para obrigar o Estado a promover as adequações necessárias no Hospital da Mulher Mãe Luzia

Após inúmeras inspeções realizadas na única maternidade de alto risco do Amapá e diante das precárias condições de funcionamento, a Promotoria de Defesa da Saúde ingressou com uma Ação Civil Pública para obrigar o Estado a promover melhorias na estrutura física, operacional e de pessoal do Hospital da Mulher Mãe Luzia (HMML), a fim de assegurar o correto atendimento à população.
Na Ação, o Ministério Público do Amapá (MP-AP) apresentou relatórios detalhados de todas as inspeções  realizadas no hospital, quando foram constatadas graves irregularidades, além dos relatos de funcionários apontando as atuais condições de trabalho, o que compromete a qualidade do serviço prestado aos que buscam a maternidade pública, referência no Estado do Amapá para atendimento em ginecologia, obstetrícia e neonatologia.

Continue lendo

PF deflagra Operação Samaracá

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quarta-feira (06/06) a Operação Samaracá*, para desarticular associação criminosa suspeita de assalto à agência dos Correios de Pedra Branca do Amapari/AP em fevereiro deste ano.
Cerca de 30 policiais federais cumprem quatro mandados de prisão, sendo dois preventivos e dois temporários e sete mandados de busca e apreensão, todos em Macapá/AP. Continue lendo

Versos Íntimos – Augusto do Anjos

Versos Íntimos
Augusto do Anjos

Vês?! Ninguém assistiu ao formidável
Enterro de tua última quimera.
Somente a Ingratidão – esta pantera –
Foi tua companheira inseparável!

Acostuma-te a lama que te espera!
O Homem que, nesta terra miserável,
Mora entre feras, sente inevitável
Necessidade de também ser fera

Toma um fósforo, acende teu cigarro!
O beijo, amigo, é a véspera do escarro.
A mão que afaga é a mesma que apedreja.

Se a alguém causa ainda pena a tua chaga
Apedreja essa mão vil que te afaga.
Escarra nessa boca de que beija!