Carlos Tork é eleito presidente do TJAP

Stella Ramos e Carlos Tork

O desembargador Carlos Tork acaba de ser eleito presidente do Tribunal de Justiça do Amapá para o biênio 2017/2019.
Para a vice-presidência foi eleito Gilberto Pinheiro e para a corregedoria Agostinho Silvério.

A eleição se deu em sessão extraordinária convocada em função da decisão da ministra Rosa Weber que cancelou ontem a liminar que mantinha Stella Ramos no cargo de desembargadora. Stella já havia sido eleita presidente do TJAP e sua posse estava marcada para março.

Perfil

Carlos Augusto Tork de Oliveira é natural da cidade de Macapá (AP); tem 54 anos de idade. Formou-se em Direito, no ano de 1987, pela Universidade Federal do Pará.
Durante 26 anos exerceu a advocacia; presidiu a OAB/AP de 1995 a 1997. Foi diretor nacional da OAB, de 1997 a 2000; presidente da Comissão Nacional dos Diretos Humanos do Conselho Federal da OAB; coordenador nacional pela Ética na Advocacia; interventor da OAB/AP. Foi também professor de Direito na Universidade Federal do Amapá.

Foi nomeado desembargador em março de 2014  na vaga aberta com a aposentadoria compulsória de Edinardo Souza e destinada à Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-AP). Ele disputou a vaga com os advogados Paulo Santos e Marcelo Porpino.

Em março de 2015 Tork foi aclamado  presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AP).

E assim nasceu um grande samba

E assim nasceu um grande samba
Alcione Cavalcante

O Bar e Restaurante Ponto Certo funcionou durante muito tempo na charmosa Galeria Comercial, na Avenida FAB, entre a São José e a General Rondon. Ponto de encontro de funcionários públicos, boêmios, músicos, poetas, artistas plásticos, estudantes e eventual e furtivamente por moças tidas como avançadas para  os padrões da época.

Nos sábados,  invariavelmente fazendo chuva ou sol, lá se reuniam Alcy Araújo, Silas e Ezequias Assis, Artur Nery Marinho, Cordeiro Gomes, Álvaro da Cunha,  Pedro Silveira, Nonato Leal e muitas outras personalidade não menos notáveis com destaque na cena cultural do Amapá.

Como não poderia deixar de ser, rolava um eclético cardápio etílico, que variava de sofisticado Blood Mary (pedido pelo Álvaro da Cunha), passando pelo Cuba Libre (preferência do Alcy), gim , chegando a quase unanimidade, no caso a cerveja. Ainda que o tira-gosto fosse secundário, comumente se requisitava queijo. Mas o negócio mesmo eram as crônicas sobre o cotidiano, discussões sobre o quadro político e também muita, muita música, prosa e poesia.

Nesse cenário impregnado de acordes e letras, emergiu um dos maiores sambas do Amapá. Num desses sábados de encontros obrigatórios, chega o Alcy e se aproximando do Nonato Leal, confiante no talento e disposição do parceiro desfia o convite⁄intimação: “Temos um encargo importante e irrecusável – compor o samba enredo de Maracatu da Favela”.  Missão que foi aceita na hora.

Nonato conta que acertada a parceria o Alcy requisitou uma dose, provavelmente um Cuba,  solicitou ao garçom um pedaço de Continue lendo

Você sabia?

Cada litro de óleo de cozinha usado jogado no ralo é capaz de poluir 20 mil litros de água.
Em alguns estados as donas de casa coletam esse óleo em garrafas pet e encaminham para Ongs, instituições ou pequenas indústrias que usam esse óleo na produção de sabão.

Amapaense fala assim:

Baludo = cheio da grana
– Ele tá baludo
– Pudera… o salário dele não é parcelado

Só quer ser o que a folhinha não marca = metido, orgulhoso
O fulano depois que assumiu um carguinho no governo só quer ser o que a folhinha não marca

Tá, jabá! = exprime desconfiança, dúvida
– Ele não sabia que estavam depositando dinheiro na conta dele
– Tá, jabá! (Du-vi-de-o-dó)

Dar uma guaribada = limpar, arrumar, deixar mais bonito
– Sábado vou dar uma guaribada no meu carro

Espora = ruim, mal-educado, grosso
Tem muita gente espora nesse mundo

Teba = grande
Essa hora a fila pra jogar na loteria tá teba

Com beira = veloz, em alta velocidade
O ladrão ia com beira fugindo da polícia que vinha logo atrás
Aquele carro passou com beira por aqui e avançou o sinal

STF cassa liminar que mantinha Stella Ramos no cargo de desembargadora

A ministra Rosa Weber, do STF,  cassou hoje a  liminar anteriormente concedida que manteve a desembargadora Stella Ramos no cargo, após decisão do CNJ que anulou ato do Tribunal de Justiça do Estado do Amapá. É um fato inédito um ministro rever decisão, mas o parecer do procurador geral da República, Rodrigo Janot, foi decisivo.

Stella foi escolhida desembargadora  em abril de 2014  pelo pleno do Tribunal de Justiça do Amapá pelo critério de merecimento, passando a ocupar a vaga que foi aberta com a aposentadoria de Dôglas Ramos.

Em setembro do ano passado , o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) anulou o procedimento, mas no mês seguinte a ministra Rosa Weber suspendeu liminarmente a decisão do CNJ. E hoje, ela própria cassou a liminar.

Boa noite!

Quando os relâmpagos
tiram fotos da paisagem noturna
eu desenho um sol na calçada
para antecipar o amanhecer.

Senador Randolfe sobre a aprovação de Alexandre de Moraes para o STF

“Ocorre que o governo está galvanizando espaços. Me parece até que um roteiro anunciado em abril e maio, nas gravações que se tornaram públicas, tem um esforço para que esse roteiro se concretize. Claramente, o governo do senhor Michel Temer está fazendo movimentos para estancar a sangria”

Exposição “Nós e os Nus”

O corpo nu é o tema da mostra “Nós e os Nus”, que ocupa a Galeria Trokkal até o dia 5 de março. Obras inéditas de oito fotógrafos amapaenses revelam o corpo humano sob a ótica artística, na exposição também inédita para Macapá. A galeria é administrada pela Prefeitura de Macapá, que apoia a exposição.

“Este coletivo de arte [sim, porque são mais que simples fotos ou imagens] foi inaugurado num lugar onde a arte é realmente valorizada, e onde se pretende lançar diferentes olhares e reflexões, sem preconceitos. A Galeria Trokkal é um espaço público e toda a proposta de arte que venha para estabelecer discussões, sem agressões, será bem-vinda”, afirma o diretor-presidente da Fundação Municipal de Cultura, Sérgio Lemos.

Na coletiva estão expostas 30 fotografias de autoria de Paulo Gil, Edinei Campos, Suanne Souza, Maksuel Martins, Dércio Damasceno, Kesiane Santo, Josiel Braga e Eude Rocha. Continue lendo

Macapá será sede do torneio mundial Neymar Jr.’s Five

A cidade de Macapá será sede da etapa regional do torneio mundial Neymar Jr.’s Five de Futebol. A fase classificatória, que contará com 64 times, ocorrerá nos dias 25 e 26 de março. Já as finais acontecerão nos dias 1 e 2 de abril, onde restarão 16 times disputando o título de vencedor. O torneio será na modalidade futlama, às margens do rio Amazonas, ao lado do Trapiche Eliezer Levy, sempre a partir das 8h.

A organização do evento envolve a Prefeitura de Macapá, Instituto Projeto Neymar Junior e a Federação Amapaense de Futlama. O evento é patrocinado pela empresa distribuidora de energéticos Red Bull. As inscrições podem ser feitas no site www.neymarjrsfive.com.

O torneio
O atleta e a Red Bull se uniram para criá-lo visando a união de milhares de jovens ao redor do mundo, com times de cinco jogadores. O torneio é feito nas ruas, gramados e campinhos locais de mais de 35 países. Apenas jovens de 16 a 25 anos podem participar. São diversas regras e conceitos específicos que estão disponíveis no Livro de Regras para todos que se inscreverem na disputa. As eliminatórias ocorrerão em diversos países e a grande final acontecerá no Instituto Projeto Neymar Jr., na Praia Grande (SP).

 (Cliver Campos/Assessor de comunicação/Comel)