Deputado Moisés Souza está preso no Centro de Custódia

Do Diário do Amapá

Moisés se entrega para ser preso

O deputado Moisés Souza se apresentou espontaneamente no início da noite desta terça-feira, 29, no Complexo Cidadão da Zona Sul, e depois dos procedimentos legais foi conduzido para o Centro de Custódia, no bairro Zerão, onde inicialmente cumpre a pena de mais de 13 anos de reclusão como condenado em um dos processos da Operação Eclésia, encetada pelo Ministério Público do Amapá.

Moisés chegou ao Complexo Cidadão acompanhado do advogado Maurício Pereira, que também tem o ex secretário de finanças da Assembleia Legislativa, Edmundo Tork, como constituinte. Edmundo foi apresentado junto com o parlamentar ex presidente da Assembleia Legislativa.

O Ministério Público do Amapá (MP-AP), por meio da promotora de justiça Andréa Guedes, anunciou, na tarde desta terça-feira, 29, que o ex deputado Edinho Duarte, os empresários Marcel Bitencourt e Manuela Bitencourt, condenados à prisão em uma das ações penais da Operação Eclésia, já são considerados foragidos de justiça.

Festival gastronômico ‘Chefs na Praça’

Festival gastronômico ‘Chefs na Praça’ apresenta lanches inovadores
Por Andréa Maciel

São 12 empresas entre lanchonetes, docerias e hamburguerias que oferecem degustação de lanches ao preço de R$ 10

O Sebrae, por meio do Projeto Alimentação Fora do Lar e a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) promovem o 1º Festival Gastronômico ‘Chefs na Praça’, nos dias 9 e 10 de dezembro, das 16h às 23h, na Praça Veiga Cabral.

O objetivo do evento é divulgar a gastronomia local e as inovações que o setor de lanches vem produzindo, como o ‘Maniburguer’, um dos sanduiches que serão comercializados e que possui componentes regionais, como a maniçoba. O Camarão, cupuaçu, tapioca, pato no tucupi e o jambu, também são ingredientes regionais presentes nos lanches que serão degustados no festival. Continue lendo

Prédios do TRE no Amapá terão energia solar

O novo prédio da 10ª Zona Eleitoral de Macapá, localizado na Área F – acesso à Rodovia Norte Sul, que será inaugurado no dia 19 de dezembro, contará com uma usina de geração de energia solar fotovoltaica. A iniciativa inovadora entre os Tribunais Eleitorais brasileiros, garantirá uma maior economia nos cofres públicos, além de ajudar na preservação do meio ambiente. Continue lendo

Publicado em: Geral Ir para o Post
  • Medidas que deveriam ser adotadas por toda instituições públicas, tendo em vista que provavelmente teremos reajuste de aproximadamente 40% este ano de energia. Sem falar o desperdício de prédios do GEA que ficam com a iluminação TODAS ligadas depois do expediente. Fica a dica.

  • Uma bela iniciativa, extremamente sustentável, incorporando os conceitos da Resolução 687, da ANEEL, que viabilizam a redução real na conta de energia, pela utilização da inesgotável fonte fotovoltaica, além de ganhar créditos para serem usados no abatimento das contas devidas à concessionaria local(CEA).
    Projetos dessa natureza podem ser viabilizados para QUALQUER consumidor. Estou à disposição para maiores esclarecimentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ALAP autoriza governo a contrair empréstimo de R$ 300 milhões

À exceção do líder da oposição na Assembleia Legislativa do Amapá, Paulo Lemos (PSOL), deputados aprovaram nesta terça-feira, 29, dois Projetos de Lei (025 e 026/AL-2016), de autoria do Executivo Estadual, que autorizam o Governo do Amapá a contratar operação crédito, pela Caixa Econômica Federal. Somados, os empréstimos chegam a R$ 300 milhões.

Na avaliação do deputado Paulo Lemos, dois fatores contribuíram para que ele votasse contra os PLs, um deles seria a falta de tempo para análise mais aprofundada da solicitação. Outro argumento diz respeito à incapacidade financeira pela qual passa o Estado, com queda na arrecadação, que em março já atingia (-23%), e por conta da crise que assola a maioria dos estado brasileiros. Continue lendo

Randolfe quer exoneração da gestora do Dsei

indigenas

O senador Randolfe Rodrigues (REDE-AP) protocolou no Ministério da Saúde o pedido de exoneração da atual gestora do Distrito Sanitário Especial Indígena no Amapá e Pará (DSEI), Vanderbilte Barbosa Marques. A carta apresentada por Randolfe atende a um pedido da Articulação dos Povos Indígenas do Estado do Amapá e Norte do Pará (APOIANP).

Em recente visita ao senador em Brasília, os representantes da APOIANP relataram vários casos de corrupção que estariam sendo cometidos pela atual gestora, além de atos preconceituosos contra as lideranças e os movimentos indígenas organizados “As lideranças indígenas estão indignadas porque dizem, e eu acredito, que a Sra. Vanderbilte está completamente fechada ao diálogo e faz uma gestão temerária dos recursos destinados à saúde indígena na região”, disse Randolfe.

No mesmo documento protocolado no Ministério da saúde, além de pedir a exoneração de Vanderbilte, o senador ainda pleiteia a nomeação de Silney Wanderson em substituição a atual gestora “Eu me comprometi em lutar junto com as lideranças indígenas neste caso e vamos fazer o que for possível para atender a demanda de todos”, disse ele

(Fonte: Blog do senador Randolfe).

ALAP ainda não foi comunicada sobre mandado de prisão de Moisés Souza

Em nota à imprensa a  Assembleia Legislativa do Amapá informa que em relação à notícia da decretação da prisão do deputado Moisés Souza ainda não foi comunicada oficialmente da decisão judicial e que somente após isso poderá adotar medidas legislativas que o caso requer.

TJAP manda prender ex-presidente da Assembleia Legislativa do Amapá

O Tribunal de Justiça do Amapá expediu no final da tarde de ontem mandado de prisão contra o deputado Moisés Souza, ex-presidente da Assembleia Legislativa, e o ex-deputado Edinho Duarte.
Os dois ainda não foram localizados pelos oficiais de Justiça.

Eles foram condenados por peculato, desvio de recursos públicos, dispensa ilegal de licitação e  falsidade ideológica em ação movida pelo Ministério Público Estadual como resultado da Operação Eclésia, deflagrada em 2012.

Leia detalhes nos portais G1-AP, Diário do Amapá e Seles Nafes

A maior tragédia do jornalismo

Do Correio Braziliense

Queda do avião da Chapecoense também é a maior tragédia do jornalismo

Dos 21 profissionais de imprensa a bordo, apenas um sobreviveu. Entre os nomes mais conhecidos estavam o repórter Victorino Chermont, o narrador Deva Pascovicci e os comentaristas Paulo Julio Clement e Mário Sérgio (ex-jogador), todos do canal FOX Sports

Com 76 mortos, o acidente com o avião que levava a delegação da Chapecoense para a final da Copa Sul-Americana é, ao mesmo tempo, a maior tragédia do esporte e do jornalismo brasileiro. A aeronave, que caiu em Cerro Gordo, entre as cidades de La Union e La Ceja Del Tambo (a 40 km de Medellín), levava atletas, integrantes da comissão técnica, convidados do time e 21 jornalistas brasileiros que cobririam a partida contra o Atlético Nacional (COL). Dos profissionais de imprensa, apenas um sobreviveu. O jogo de quarta-feira (30) seria o primeiro dos dois da final da copa Sul-Americana.

Seis profissionais do canal FOX Sports, três da TV Globo, quatro da RBS, um do Globoesporte.com e sete jornalistas de rádios de Chapecó estavam no avião. Entre os nomes mais conhecidos estavam o repórter Victorino Chermont, o narrador Deva Pascovicci e os comentaristas Paulo Julio Clement e Mário Sérgio (ex-jogador), todos do canal FOX Sports.

O avião que sofreu um acidente enquanto transportava a equipe da Chapecoense era de modelo Avro Regional Jet 85 (RJ-85), também conhecido como Jumbolino. Segundo sites especializados em aeronaves, a aeronave de matrícula CP-2933 tinha 17 anos e era o único da companhia aérea boliviana Lamia. No momento da queda, tinha 72 passageiros e nove tripulantes.

Os jornalistas a bordo:

Victorino Chermont (Fox Sports)
Rodrigo Santana Gonçalves (Fox Sports)
Deva Pascovich (Fox Sports)
Lilacio Júnior (Fox Sports)
Paulo Clement (Fox Sports)
Mario Sergio Pontes de Paiva (Fox Sports e ex-jogador)
Guilher Marques (Globo)
Ari de Araújo Júnior (Globo)
Guilherme Laars (Globo)
Giovane Klein (repórter da RBS TV de Chapecó)
Bruno Mauro da Silva (técnico da RBS TV de Florianópolis)
Djalma Araújo Neto (cinegrafista da RBS TV de Florianópolis)
Adré Podiacki (repórter do Diário Catarinense)
Laion Espindula (repórter do Globo Esporte)
Rafael Henzel (Rádio Oeste Capital – sobrevivente)
Renan Agnolin
Fernando Schardong
Edson Ebeliny
Gelson Galiotto
Douglas Dorneles
Jacir Biavatti

Comentarista e ex-jogador da Seleção Brasileira, Mário Sérgio é uma das vítimas

Do Congresso em Foco

Mário Sérgio e jornalistas da Globo e da Fox estão entre as vítimas do acidente da Chapecoense

Entre as mais de 70 vítimas do desastre aéreo com o avião que transportava a delegação da Chapecoense estão pelo menos 21 profissionais da imprensa. Alguns deles, conhecidos nacionalmente, como os comentaristas Mário Sérgio, ex-jogador de clubes como Grêmio, Internacional, Flamengo, Fluminense, São Paulo e Botafogo e da seleção brasileira, e Paulo Julio Clement, o narrador Deva Pascovicci (ex-CBN) e o repórter Vitorino Chermont, todos da Fox Sports. No voo também estavam o repórter Guilherme Marques, da Globo, e outros profissionais da RBS e de rádios catarinenses (veja a lista dos passageiros abaixo).

O único jornalista resgatado com vida até o momento foi Rafael Henzel, da rádio Oeste Capital, de Chapecó. Até o momento foram confirmados cinco sobreviventes, entre as 81 pessoas a bordo: além de Henzel, os jogadores Alan Ruschel, Neto e Follmann e a comissária Ximena Suarez. Neto foi o último sobrevivente encontrado até agora. O goleiro Danilo chegou a ser resgatado com vida e levado ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu.

Confira a lista de passageiros do voo

Atletas:
1. Danilo
2. Gimenez
3. Bruno Rangel
4. Marcelo
5. Lucas Gomes
6. Sergio Manoel
7. Felipe Machado
8. Matheus Biteco
9. Cleber Santana
10. Alan Ruschel
11. William Thiego
12. Tiaguinho
13. Neto
14. Josimar
15. Dener
16. Gil
17. Ananias
18. Kempes
19. Follmann
20. Arthur Maia
21. Mateus Caramelo
22. Aílton Canela

Comissão técnica:
22. Caio Júnior
23. Duca
24. Pipe Grohs
25. Anderson Paixão
26. Anderson Martins
27. Dr. Marcio
28. Gobbato
29. Cocada
30. Serginho
31. Serginho
32. Adriano
33. Cleberson Silva
34. Maurinho
35. Cadu
36. Chinho di Domenico
37. Sandro Pallaoro
38. Cezinha
39. Giba

Diretoria:
40. Plínio D. de Nes Filho
41. Nilson Folle Júnior
42. Decio Burtet Filho
43. Edir de Marco
44. Ricardo Porto
45. Mauro dal Bello
46. Jandir Bordignon
47. Dávi Barela Dávi

Convidados:
48. Delfim Peixoto Filho
49. Luciano Buligon
50. Gelson Meisão

Imprensa:
51. Victorino Chermont
52. Rodrigo Gonçalves
53. Devair Paschoalon
54. Lilacio Júnior
55. Paulo Clement
56. Mario Sergio Paiva
57. Guilher Marques
58. Ari Júnior
59. Guilherme Laars
60. Giovane Klein
61. Bruno Silva
62. Djalma Neto
63. Adré Podiacki
64. Laion Espindula
65. Rafael Henzel
66. Renan Agnolin
67. Fernando Schardong
68. Edson Ebeliny
69. Gelson Galiotto
70. Douglas Dorneles
71. Jacir Biavatti