Adeus, meu querido Carlos Teixeira

Me dói tanto perder um grande amigo.
Amizade tão linda que resistiu ao tempo e à distância.
Ontem à noite senti uma tristeza tão estranha, daquelas aparentemente sem motivos. Estava triste sem saber porque. Não dormi bem. Tive insônia (coisa rara). Era isso. Era meu amigo partindo.
Meu querido Carlos Teixeira, meu amigo desde os tempos de pré-adolescência, morreu na manhã de hoje em Belém.
A vida é assim, com o tempo nós vamos ficando órfãos de amigos. E dói. Dói muito.

  • Ainda nao estou acreditando ; a ” ficha ainda nao caiu “. Ficam as boas lembrancas do tempo da juventude . O ceu esta em festa , com a chegada do Carlos Teixeira . Que o Senhor receba esse grande amigo , no seu Reino de Gloria e console o coracao da familia !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *