Feliz aniversário, Ernâni!

Blogueiro, jornalista, bancário aposentado, amapaense morando no Rio de Janeiro, Ernâni Motta comemora hoje 60 anos de vida.
Nosso querido sessentão festeja a data no Rio com amigos de vários cantos deste país e acordou hoje sendo paparicado pela mulher Marly, pelos filhos e netos. Mas ele merece todos os paparicos, né?
Nâni, hoje este blog, é porta-voz do montão de amigos que tens aqui em Macapá e que te desejam muitas alegrias, saúde, amor e paz.

Em novembro de 2008 pedi ao Ernâni me contasse um pouco das suas lembranças de Macapá. E olha o que ele disse:

“Por muitas vezes, depois de a televisão haver chegado a Macapá, ouvi as pessoas dizerem que não tínhamos opção de lazer, naturalmente, influenciadas pelas novidades vistas na telinha. Mas, posso dizer que era uma afirmação vaga, porquanto, na verdade, não nos faltava o que fazer para nos divertir.
E uma das lembranças que marcaram a minha adolescência e juventude foi o salão da Piscina Territorial, que ficava na Rua São José, por trás do Barão do Rio Branco. Lá, ao som dos melhores conjuntos (era assim que chamávamos o que hoje denominam de banda, como bem lembrou a Alcinéa, numa nota sobre a reunião dos “Cometas”) e as mais atualizadas “aparelhagens de som” (que eram os precursores dos “DJs” de hoje) dançava-se de rosto colado, tanto no sábado à noite, quanto no domingo à tarde, deixando os hormônios comandarem as nossas ações…
No salão da Piscina, aconteciam bailes em comemoração aos diversos acontecimentos. E muitos deles ainda hoje vivem nas minhas lembranças. Mas, a mais viva delas é o campeonato de quadrilhas de São João que conquistamos, como representantes do Grêmio Jesus de Nazaré, que reunia jovens do bairro homônimo. Que festa!
Pensando bem, quando acabaram com o salão da Piscina é que começamos a diminuir as nossas opções de lazer, em Macapá.
Acabaram com o salão da Piscina, o Grêmio Jesus de Nazaré também, mas, as lembranças essas ninguém apaga, nem o próprio tempo.”

E eu afirmo que a nossa amizade, meu querido Ernâni, nem o tempo nem a distância apagam.
Tim-tim!

  • Néa, obrigado, pelo carinho. Posso dizer que sou um iluminado, por ter amizades como a sua. E é verdade, a nossa amizade, nem o tempo nem a distância haverão de consumir.
    Obrigado, também, a Alcilene, Kiara e Regina.
    Beijos.

  • Néa, obrigado, pelo carinho. Nem sei se mereço tudo isso… Mas, você tem um cantinho todo seu, no meu coração, disso sei que você sabe.
    E obrigado também a Kiara, Alcilene e Regina. Felicidades a todas!
    Beijos.

  • Essa piscina territorial era o melhor da época mesmo, pois TODAS as histórias que minha mãe conta da adolescencia são de lá.Inclusive foi onde ela conheceu meu pai e por isso hj estou aqui rsrsrrs. Minha mãe tb faz 60 esse ano, por isso tenho certeza q falam da mesma coisa. Parabéns ao amigo!!!

  • Alcinéa, você me dá notícias do artista plástico Espírito Santo? Para mim, é o melhor paisagista amazônico que já passou pelo Amapá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *