Gente que faz Macapá mais musical

Especial Macapá 255 anos

SCantora e compositora Ana Martel. Com seu inigualável talento ela canta e encanta Macapá

  • Parabéns pelos valores culturais de nossa terra e temos o prazer de ouvir uma pessoa muito talentosa como a Ana Martel.
    Sempre lembro para os amigos que até o final da década de 1970 fazer cultura em nosso Estado era difícil.
    Ninguém dava a importância para quem praticava a cultura daqui.
    As Rádios só tocava Chico Buarque, Caetano e por aí afora.
    Falar de açaí, farinha, música daqui era brega e coisa e tal.
    Esta barreira só veio a ser derrubada, quando a galera de universitários amapaense que estudava em Belém, Rio e São Paulo chegou por aqui no inicio dos anos de 1980 e começou a praticar modas de valores regionais, aí então a coisa começou a seguir em frente, e o modo brega de falar de coisas daqui passou a não ser mais considerado como brega.
    Hoje temos sons de marabaixo nas nossas músicas, a galera fala em caboca, bituca, açai, bacaba, camarão, tamatá, igarapé e outras coisas nossas.
    Parabens Macapá pelo seu aniversário.
    E por falar em Chico, Caetano e companhia, por onde anda esta galera …

  • E difícil expressar admiração pelas pessoas sem repetir palavras: você é a minha poeta particular porque é minha amiga particular, pronto!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *