Tem mulher no comando da “Surfista”

“Por isso eu sou verde-rosa
Bate no peito um coração que é todo prosa
Respeite o verdadeiro campeão
O meu samba é mais que um samba, é oração”

cleideDiretores de bateria da bicampeã Maracatu da Favela, Ary,  Mestre Riba e Cleide Queiroz

Cleide escreve seu nome na história do carnaval amapaense (e talvez do Norte) como a primeira mulher a compor o time de diretores de bateria. Ela toca e ensina surdo, caixa e repique. Entrou no Maracatu há 18 anos e logo se destacou como uma das melhores ritmistas. A partir de 2002, quando Mestre Riba assumiu o comando da bateria de vez em quando passava o apito para Cleide e ficava observando. Era como um teste, sem que ela soubesse que estava sendo testada. Sua dedicação, talento, técnica e espírito de liderança fizeram com que em 2006 ela fosse efetivada na função de diretora, se tornando a principal auxiliar de Mestre Riba.
Além de Cleide, fazem parte da constelação que auxilia o Mestre Riba, Willian, Alessandro, Ary, Mortadela e Ângela. Todos pratas da casa.
“Eu não vou ficar para pedra, por isso me preocupo em preparar os ritmistas da nossa escola para assumirem o comando da surfista”, diz Mestre Riba. Filho de Fifita e Pelé, Riba nasceu ouvindo o som de surdos, caixas e tamborins. Há quase 30 anos faz parte da diretoria de bateria, dos quais 12 anos como o mestre principal.

  • Acompanho a tragetória dessa guerreira mestre Cleide Queiroz, como conselheiro dessa escola posso afirmar que ela é sem d´vidas nenhuma uma grande profissional e seu amor pela nossa escola esta estampado no seu rosto, parabéns menina !!!!

  • Parabéns Cleide!!
    Você é merecedora de toda essa homenagem!!
    Excelente profissional em frente da Bateria Surfista, comandando a galera da pesada no surdo de terceira.
    Agora a Maracatu da Favela tem 2 mulheres no comando da Surfista! Cleide e Angela!!
    Meus parabéns mulheres guerreira!!!

  • Obrigada pelo reconhecimento, é com grande satisfação que faço parte da Bateria Surfista como diretora de Bateria desde 2006 quando o mestre Riba me indicou.
    Minha raiz é na favela, tenho orgulho de ser Surfista, tenho orgulho de ser da favela.
    Forte abraço a todos!!!
    Vamos que vamos rumo ao Tri!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *