Como é que é?

Piratas da Batucada  foi excluído da Liga das Escolas de Samba.

A decisão, tomada pelo Conselho da Liesa  sexta-feira,  é  resultado da ação que o presidente de Boêmios do Laguinho, Vicente Cruz,  entrou contra Piratas da Batucada. De acordo com Vicente Cruz, a escola da zona sul “utilizou de artifícios para fazer com que jurados indicados pela agremiação previamente fosse aprovados pela Liesa“, o que fere o Artigo  26 do regulamento que diz que a escolha dos jurados compete exclusivamente à presidência da Liesa.

Ora, se cabe unicamente à presidência da Liesa escolher os jurados e ela permitiu que o Piratão o fizesse, quem deveria ser expulsa da Liesa era a presidente. Né não?

(Tanto churrasco de picanha maturada pra nada 😆 )

  • É palhaçada. Rasgaram o estatuto da Liesa mais uma vez. A presidente sumiu de propósito para deixar os inimigos do carnaval tomarem essa decisão exdrúxula. O piratão vai voltar por cima. Podem esperar. O tempo da cultura da mordaça está acabando.

  • Caro José Maria. Essa prática de burlar o carnaval para ganhar título não é de agora não. Progunta também pro pessoal do Maracatu e Boêmios em anos anteriores quando essas escolas ganharam carnavais sem merecerem. Como diz o provérbio ” quem não tiver pecado que atire a primeira pedra”.

  • Ei pessoal, mandem ai o Vicente Cruz ir lá conversar com o PT. É lá que eles fazem questão de ser somente vice. Dá certinho né? Vice(nte) Cruz.

  • Sabem, eu era contra a exclusão do Piratão da LIESA. Acho que se há denúncia de sacanagem, as denúncias devem ser apuradas para se descobrir quem corrompeu e quem foi corrompido, e ai sim, aplicar as devidas punições a quem for de direito, doela a quem doela, já diria o nosso impeachado presidente Collor de Mello. Porém, mudei de idéia ao assistir a entrevista na TV do presidente do Piratão Gilson Rocha. Poucas vezes eu vi um sujeito tão “desumilde”. Se o Piratão for tudo o que ele disse que é então ele não precisa da LIESA. Pra quer ser expulso? Pede pra sair, oh! Pede pra sair. Putz, segundo o dito cujo, o Piratão é a maior estrela do carnaval amapaense; tem a maior torcida e junto vale pela metade das escolas de samba de Macapá. Porra, mata o véio muleque. A LIESA é que devia ta se cagando com medo da saída do Piratão. Pô, Pirata, sai logo, o meu! Pra que ficar junto destes mequetrefes insignificantes da LIESA? Sai logo e funda a Liga das Escolas de Samba os Piratas da Batucada (LESA-OS-PIRATAS). Segundo o nobre dirigente, metade dos 30 mil que foram ver o carnaval este ano foram só pra ver o Piratão. Já temos então 15 mil torcedores pra prestigiar o desfile em 2011. E a LESA-OS-PIRATAS já começa grande. Como o Piratão vale pela metade dos 10 filiados da LIESA a LESA-OS-PIRATAS já sai valendo por 5. É ou não é um bom negócio? Caro Gilson e demais apaixonados pelo Piratão, desculpem-me a sacanagem, no bom sentido é claro, mas essa eu não poderia deixar passar. A gente perde o amigo mas não a piada. Todos que estiveram no Sambódromo, inclusive eu que não entendo patavina de carnaval, viram que o Boêmios é quem merecia ganhar este ano. Se o Piratão ganhou, seja por critérios técnicos exacerbados ou por outros meios não comprovados até agora, eu não sei, mas que não deveria ter ganho não deveria. Mas, se a LIESA realmente resolver excluí-los da liga infelizmente pouco ou nada vcs poderão fazer, além de fundar a LESA-OS-PIRATAS (mete na gente, mete!), pois a Constituição diz que é livre a associação e ninguém poderá ser obrigado a filiar-se ou manter-se filiado a qualquer entidade (CF/88, art. 5º, XX). Porém, por óbvio, o contrário também é verdadeiro: nenhuma entidade poderá ser obrigada a manter em seus quadros um membro que lhe seja indesejável. E se a LIESA resolver excluí-los, contanto que o faça dentro dos limites de seus regramentos internos e que estes não contrariem a legislação, tudo que o fizer será valido por tratar-se de questão “interna corporis”. Caso não se chegue a uma concordância e o Piratas realmente saia lesado desta, resta o último recurso, o bom e velho “júris esperinandi” ou sair logo e fundar a LESA-OS-PIRATAS.

  • Está vendo como é triste comprar jurados e eleitores, imagine você fazendo um comparativo entre eleição e carnaval.
    O que será que pensa o advogado Vicente Cruz sobre a palhaçada da eleição que elegeu Roberto Goés a prefeito e cassado 6 vezes?

  • EPA! O QUE?

    Claude, que negócio é ssse de “COISAS SOBRE UM VIGILANTE” e despesas pagas em BARES e RESTAURANTES com o dinheiro público?

    Por favor, esse dinheiro público saiu dos cofres da PMM, por meio do citado ex-procurador do Município, Vicente Cruz, pretenso candidato a Deputado Estadual? Se isso for verdade, Claude, não perca tempo de divulgar neste BLOG. Mesmo porque ele não tem poder de polícia. O lugar certo das denúncias são: PF, MPF, OAB e Câmara de Vereadores de Macapá – um vereador (a) sério (a).

    Se o rapaz citado estiver envolvido mesmo em patifarias, não serve pra representar o povo amapaense na AL e nem em lugar nenhum. Nem foi eleito a nada (público) e mostra as garrinhas.

    P.S.: Em cada movimento do povo daqui (Amapá), ROGÉRIO BORGES, o jornalista de Goiás, fica tentando me convencer do ABSTRACIONISMO EXISTENTE. Assim não dar!

    P.Q.P!!!

  • Não tem nada de errado com a decisão tomada. Não é de hoje que a “Pilantras da Batucada” usa de artifícios fraudulentos para ganhar o carnaval. Quem vive o carnaval de Macapá sabe que isso vem dos anos 80 pra Ca. Não vou dizer que todos os títulos que a dita escola possui foi por fraude, até mesmo porque eu estaria sendo injusto, pois eles já fizeram carnaval merecedor do “caneco”, mas a grande maioria foi por fraude sim… Se a PB esta sendo punida hoje… Não foi só pelo carnaval de 2010 e sim pelas injustiças cometidas nos carnavais passados.
    Vai o aviso..
    CARNAVAL SE GANHA NA AVENIDA E NÃO NOS BASTIDORES…

  • DESMISTIFICANDO UMA AFIRMATIVA!

    Tenho a dizer, senhoras e senhores, como muitos, desapaixonados, opinam nas universidades, nos bares e cafés, o CARNAVAL AMAPAENSE não é e nunca foi profissional. Sempre esteve com pires nas mãos atrás do dinheiro público. Nunca se viu, fora da quadra do carnaval, escolas de samba trabalharem independe do dinheiro público. Nem projetos sociais desenvolvem. Se existem, só funcionam 3 meses antes do período da festa da carne. Herança maldita do Território Federal do Amapá, que acostumou mal o povo depender dele o tempo todo.

    Por isso, que o CARNAVAL AMAPAENSE não pode ser considerado o terceiro?, do Brasil. Não é profissional. Ou seja, RIO DE JANEIRO, SÃO PAULO E AMAPÁ (?). A informação não procede.

    Outra observação feita é a seguinte: enquanto estiverem infiltrados “POLÍTICOS” na administração, na coordenação de agremiações carnavalescas e tambem em clube de futebol (a qui e em todo Brasil. Leia-se Eurico Miranda e Cia), os empreendimentos terão prejuízos, tanto financeiros como de entretenimento social e cultural.

    Sugiro que o dinheiro repassados às escolas de samba e a clubes de futebol do Amapá, seja destinado para a construção de mais escolas públicas e a construção do MIS – Museu da Imagem e do Som.

    Sabe por que? Porque a tacacazeira mais famosa de Macapá está idosa, dodoi e não se tem um filme sobre essa mulher folclórica do dia-a-dia macapaense.

    A gestão de WG e sua turma pregaram uma das maiores mentiras: “Crescer faz parte da nossa natureza”. Ledo engodo. Só se foi para crescer em corrupção, patifaria, safadeza…

    Pensem na “TIA LUCY”. Pense nisso!

  • Alcinéa,
    De novo eu. Eu não disse nada que o Vicente era um grande advogado. Eu tô é querendo divulgar uma coisas sobre um vigilante e despesas em bares e restaurantes pagas com dinheiro público. Se me aporrinharem mais eu vou divulgar.
    Claude

  • Ei CLAUDE tú tens certeza desta afirmação de que o Vicente Cruz é advogado inteligente e dos bons? Sei não mana! Pergunte a nova Procuradora Geral do Município como encontrou a PROGEM/PMM. Tem processo no balde. Perdeu prazos e deu prejuízos homéricos ao erário.

  • Na verdade o Carnaval amapaense está desmoralizado com tanto disse me disse, confio no bom censo dos Homens, mas não merece nem um centavo do governo,quem quiser fazer carnaval tem que se profissionalizar, e carnaval sem pirata é nadar, nadar e morrer no seco.
    Sou Maracatu de coração.

  • A Liesa vai ser desmoralizada outra vez. Podem esperar por decisão judicial derrubando tudo o que os “iluminados” do conselho fizeram.

  • Alcinéa gostaria de saber como ficou então a classificação das escolas de samba agora que Piratas perdeu o titulo. Quem ficou em 1º,2º,3º e 4º.

  • Ei Vicente quero ver tu vim pedir voto para ti, pro Waldez e pro Pedro Paulo aqui na Zona Sul. Tamu ti isperando. Visse?
    Claude

  • Nea,
    Essa decisão somente veio a confirmar o que todos que militam no carnaval já sabiam.É justamente o Conselho de Representantes que representa o que há de pior no carnaval.Jamais se preocupou com o carnaval como um todo. No máximo com seu próprio umbigo.
    Essa decisão é um ato de violência, não somente contra Piratas da Batucada, mas contra toda a Zona Sul de Macapá. Espera-se que esses iluminados revejam esse posicionamento.
    Alcione

  • Creio, quase com certeza absoluta, que essa gente da LESA (OPS! LIESA) deveria estar estudando ou apenas ajudando no carnaval de suas escolas, mas nunca tomando decisões importantes e que atrapalhem o carnaval. Onde estão as provas de que os jurados (no plural) foram comprados? Quais provas são estas?
    Parafraseando aquele “inteligente” cronista goiano: alguém pode provar, com evidências avassaladoras, que as provas existem?
    E se houve falha, quem é o verdadeiro culpado?

  • Vai aqui uma sugestão…põe só o PIRATÃO ZONA SUL p/desfilar no sambodromo que ai não precisa comprar + jurados.Outra,já que a tal escola tem a maior torcida veremos o sambodromo “cheio” e a LIESA feliz, por arrecadar + dim dim,né não? PAGO P/VER ESSE MILAGRE…….kkkkkkk….Mano,nem “di grátis” aquilo enche,HÁVARA PAGO….kkkkkk

  • GENTE, O CARNAVAL JÁ ACABOU, EM BREVE JA TEM OUTRO. VAMOS ESQUECER DESTE LASTIMAVEL DE 2010. Ô VICENTE, VAI CUIDAR DE SEUS AFAZERES JURIDICOS. Ô PRESIDENTE DA LIESA … UÉ, CADE VOCE? XI, SUMIU.

  • Me admira muito o Dr. Vicente Cruz falar uma bobagem desse quilate. Está comprometendo sua reputação de excelente advogado. Se cabia à LIESA, e tão somente a ela, a escolha dos jurados, o que o Piratão tem com isso?!. Precisa ser melhor explicado para que se possa entender. E os outros membros da LIESA, incluindo ai o Boêmios do Laguinho, porque aceitaram pacificamente os membros do jurado? Isso está parecendo coisa de política!!! Isso teria que ser resolvido “a priori” e não “a posteriore”.

  • Concordo com vc Alcinéa, entratanto, eu como torcedor de PB, ficaria indignado com os diregentes do Piratão, por mais uma palhaçada no nosso carnaval, isso mancha o brilho da nossa escola, não tem graça nenhuma ganhar um carnaval comprado. Mas, vamos ver o desenrolar dessa história.
    E agora, se o PB não desfilar ano que vem, aí meu cumpadre. vai ficar sem graça o desfile das escolas de samba, já que a maior torcida das escolas de samba do Amapá é a do Piratão.
    Vamos fazer as coisas com honestidade, dignidade, e principalemnte respeito à comunidade, não deu prá levar o título no ano tal, pronto, é só trabalhar encima dos erros cometidos e no próximo ano, quem saba a gente leva o título, mas não desse jeito, comprando jurado, escolhendo aqueles que irão favorecer a agremiação, etc. Isso é molecagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *