Jurado apronta cada uma

Certa vez um jurado deu nota 7 – que é considerada uma nota muito baixa – para quase todas as escolas no quesito bateria.
E justificou: “A fantasia dos componentes não era de cetim, mas de outro tecido”.
Em outro carnaval, um outro “iluminado” tirou quatro pontos da bateria do Maracatu da Favela justificando que houve um “buraco sonoro”.
Até hoje ninguém do carnaval, nem de fora do carnaval, conseguiu descobrir o que é esse tal de “buraco sonoro”.

Este ano, no festival de samba de enredo, um jurado confundiu surdo com bumbo. Ora, escola de samba não tem bumbo. Bumbo é instrumento de banda, não de bateria de escola de samba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *