Gente feliz e muito amada

ernaniCasal Ernâni Motta e Marli – Décadas de um casamento super feliz e cheinho de amor. Ernâni é jornalista e bancário aposentado. É amapaense, mas há anos o casal mora no Rio de Janeiro onde curte merecidamente a aposentadoria.
Sobre a adorável esposa Marli, Ernâni diz: ” É a mulher que Deus reservou para ser a minha companheira de uma vida cheia de tudo, de muitos risos, de poucas lágrimas, de encontros e desencontros, de momentos de provocações e calmaria, de impaciência e tolerância, de muitas lutas, de pequenas derrotas e louvadíssimas vitórias e conquistas.”

Feliz aniversário, amigos!

niver4Cliver Campos, Heloísa Figueiredo e Leonardo Trindade, feliz aniversário!

Hoje, Dia do Samba é dia também de comemorar o aniversário de pessoas que eu quero tanto bem. Gente que faz Macapá mais alegre, cultural e melhor. Amigos de longas datas, como a querida Heloísa Helena desde os tempos de ginásio; amigos de profissão e carnaval, como Cliver Campos e Leonardo Trindade; e o pioneiro Jarbas Gatto.

gattoJarbas Gatto e amada esposa Verônica

Desde o começo da manhã o pioneiro Jarbas Gatto está recebendo o carinho e homenagens de uma multidão de amigos, familiares e  membros do Instituto Memorial Amapá.
Gatto foi vereador na época que vereador não ganhava um tostão, foi presidente da Câmara e depois deputado estadual constituinte.
Desportista, sempre ajudou o esporte amapaense e foi presidente do Amapá Clube. Carnavalesco apaixonado pela verde-rosa foi presidente da escola de samba Maracatu da Favela.
De família humilde, dizia que era um jovem robusto porque puxou muita água de poço na época que não existia água encanada em Macapá.
Um dia resolveu fazer uma fezinha na loteria. Ganhou. Com a grana da loteca abriu uma empresa de ônibus e postos de combustíveis, gerando centenas de empregos. Seus empregados costumavam dizer que não tinham um patrão, mas um amigo.
Parabéns, “meu gato”, pelo seu aniversário. Você merece todas as homenagens e o reconhecimento do povo amapaense.

Um Natal inesquecível – Glória Araújo

gloria11“Eu tinha talvez 7 ou 8 anos, meus padrinhos eram portugueses muito ricos, José Eduardo Alves de Campos e Maria Cardoso de Campos.
No Natal daquele ano havia uma sala fechada que a todos intrigava. Às 23 horas quando a porta dessa sala foi aberta SURPRESA! Havia uma árvore de Natal enorme, presa do teto até o chão, cheia de pacotes. Abriu-se uma clarabóia e eu vi Papai Noel chegando,  descendo em escada de corda.
Ele entregou presentes para todas as crianças. O primeiro foi o meu. Quando ele chamou “Glorinha” corri emocionada para ele e recebi uma linda boneca de porcelana. Me senti a criança mais feliz do mundo.
Maria da Glória Motta Araújo

Grandes mestres

mestresProfessores Raimundo Pantoja Lôbo (Português) e Adeobaldo Andrade (História). São mestres inesquecíveis para os milhares de alunos que ao longo de várias décadas educaram no Colégio Amapaense.
Os dois curtem merecida aposentadoria. Amigos de longas datas se visitam sempre para atualizar o papo. A foto, feita por Sônia Lobo, registra o encontro dos dois no dia que o professor Lôbo fez 85 anos. Professor Adeobaldo logo cedo foi felicitar o amigo por mais um aniversário.
Me orgulho de ter sido aluna destes dois grandes mestres no Colégio Amapaense.

Conselho Federal da OAB homenageia Wagner Gomes

wagner5Advogado amapaense Wagner Gomes foi homenageado ontem pela OAB em Brasília. Como parte das comemorações dos 85 anos da Ordem dos Advogados Brasil, a entidade outorgou medalha e placa de reconhecimento aos advogados que verdadeiramente lutam em prol da defesa da justiça e do Direito. E neste seleto grupo está Wagner Gomes. Isso nos orgulha.
“Confesso que  apesar de ser um homem calejado pela vida, lutando todos os dias pela sobrevivência, a homenagem me deixou feliz, porquê não deixou de ser um reconhecimento dessa luta diária”, disse ele. E lembrou de companheiros que já partiram para outro plano.  “Senti falta de alguns amigos que tombaram pelo caminho um tanto árduo, como é o caso de Guaracy Freitas e Emanuel Moura, que já estão no andar de cima, e que estavam comigo, como Conselheiros Federais, na instalação do Conselho Federal da OAB na capital da República.”

Retrato em preto e branco

sergiofaçanhaLembras dessa turma animada e inteligente do Colégio do Amapaense?
Se lembras, diz aí na caixinha de comentários quem são e por onde andam esses “gatinhos”.

(Foto: acervo de Sérgio Façanha)