Macapá sem água

Sem produtos químicos para o tratamento de água, a Companhia de Água e Esgoto do Amapá (Caesa) teve que reduzir para 30% sua produção  em toda a cidade.
No bairro Central desde cedo não cai uma gota de água nas torneiras.
O presidente da Caesa, engenheiro Rui Smith, diz que os produtos químicos necessários para a  Caesa  operar 100% chegam amanhã e que o abastecimento será normalizado na noite de domingo ou até segunda-feira de manhã.

Um dos produtos  em falta é o sulfato de alumínio. De acordo com Smith, a Caesa consome 4,5 toneladas de sulfato de alumínio por dia. A empresa fornecedora  atrasou a entrega e o mercado local não atende a demanda.

Menores embriagados

Neste fim de semana no bairro Buritizal, zona sul de Macapá, um garoto de 14 anos, completamente bêbado, pegou um carro e saiu dirigindo por aí. Bateu numa motocicleta que estava parada no acostamento e num poste de iluminação pública. Graças a Deus os danos foram só materiais.

Também neste fim de semana, jovens na faixa etária dos 11 aos 16 anos participaram de uma festa de arromba, com muito álcool, numa residência no Buritizal. Um vizinho incomodado com a algazarra chamou a polícia.
Na casa a Polícia encontrou 13 menores mais bêbados que gambá e uma garota de 12 anos em coma alcoólico.
Os 13 foram apreendidos e conduzidos à Delegacia de Investigação em Atos Infracionais. A garota foi levada para o hospital de emergências.

Triste fim

Camilo Capiberibe (PSB) encerra seu governo de forma melancólica.
Não haverá a expofeira, realizada há meio século no Amapá.

A Semana da Consciência Negra terá uma programação encolhida em relação aos anos anteriores. As associações de afro-descendentes tem reclamado que este ano não foram chamadas para discutir a programação.

A Feira do Livro não terá venda nem exposição de livros.

Parece até que o governo do PSB quer ser vingar do povo por causa do resultado das eleições.

Assalto na estrada

Três bandidos assaltaram hoje um ônibus que vinha de Pedra Branca para Macapá com cerca de 30 passageiros. O assalto ocorreu no km 125 da BR-210.
De revólveres em punho, os bandidos tomaram celulares, jóias e dinheiro dos passageiros e toda a renda que estava com o cobrador.
Depois do assalto o trio embrenhou-se na mata.

Ratos tomam conta da Praça Barão

Os ratos tomam contam da Praça Barão, no centro da cidade, a pouquíssimos metros da residência oficial do governador.
São ratos enormes – que mais parecem cutias – correndo de um lado para outro na Praça, principalmente na área onde estão localizadas as lanchonetes.
Enquanto você lancha, eles se postam sob as mesas à espera de alguma migalha do sanduíche que você está saboreando.

Dia desses um amigo me contou que tomou o maior susto com um rato tentando subir por suas pernas.

Há poucos dias estive naquela praça e fiquei impressionada com a quantidade de ratos circulando ali. Perguntei para a garçonete de uma lanchonetes se aquilo era comum.
E ela respondeu:
– Rhum. Isso não é nada. Quer ver é depois que as lanchonetes são fechadas, aí sim, com pouca gente na praça aparece muito mais rato do que se vê agora.

Misericórdia!

Insegurança nas escolas

Foi-se o tempo que as mães ficavam super tranquilas quando os filhos estavam na escola. Além de adquirir conhecimento, as crianças estavam em lugar seguro.
Hoje, o quadro é outro. A bandidagem elegeu os educandários como alvo. Os malacos pulam os muros das escolas, entram nas salas de aula, tocam o terror, tomam celulares, dinheiro, relógios e notebooks de professores e alunos e ameaçam matar quem reagir.

Mãos Limpas: Justiça Federal libera inquérito e mais provas ao MP-AP

A Justiça Federal autorizou, na terça-feira (14), o compartilhamento com o Ministério Público do Amapá (MP-AP) do inquérito físico e mais provas da Operação “Mãos Limpas” deflagrada, em setembro de 2010, que prendeu diversas autoridades, como os ex-governadores Waldez Góes e Pedro Paulo Dias de Carvalho.

Os promotores de Justiça, André Araújo, Manoel Edi e Vinícius Carvalho, integrantes da comissão especial de combate à corrupção, composta por outros nove promotores, foram pessoalmente à sede da Justiça Federal para receber o material.  As provas liberadas foram divididas em 75 caixas. Uma arma de fogo também apreendida durante a operação foi repassada ao MP-AP.

“Com as primeiras provas, liberadas somente em agosto deste ano, já ingressamos, até agora, com 16 ações, sendo oito por atos de improbidade e oito ações penais, em diversas secretarias estaduais e na Prefeitura de Macapá”, destacou o promotor André Araújo.

As ações estão fundamentadas em relatórios elaborados por peritos da Polícia Federal que indicam a existência de 17 núcleos criminosos instalados em diversos órgãos públicos do Amapá. 34 pessoas foram denunciadas pelo MP-AP e o volume apurado de desvio nessas ações da “Mãos Limpas” chega a R$ 7,5 milhões. São fraudes que envolvem ex-gestores da Prefeitura de Macapá (PMM), da Secretaria Estadual de Inclusão e Mobilização Social (SIMS), Instituto de Meio Ambiente do Amapá (IMAP), Secretaria de Estado da Saúde (SESA), além de empresários do transporte coletivo.

(Asscom/MP-AP)

A ponte caiu – Oiapoque, de novo, isolado

ponteaA ponte de madeira do Igarapé da Inês, próximo a localidade de Carnot (município de Calçoene) não aguentou o peso desta carreta bi-trem carregada de toras de madeira e desabou.
O fato aconteceu na manhã de ontem, domingo, por volta das 8h, deixando várias localidades  e o município de Oiapoque completamente isolados.

A  Secretaria de Estado dos Transportes (Setrap)   já está com uma frente de trabalho para a construção de uma nova ponte e abriu um desvio de acesso ao município de Oiapoque, mas informa que apenas veículos de pequeno porte passam pelo local.
A nova ponte deverá ser concluída em uma semana.

(Foto copiada de perfis no Twitter. Se você souber quem é o autor por favor informe na caixa de comentários para que o blog possa dar os devidos créditos)

Vídeo – explosão no posto de combustível

Vídeo enviado por leitor do blog

O incêndio aconteceu na manhã de hoje, por volta das 10h30, num posto de combustível localizado na esquina da rua Leopoldo Machado com a avenida Timbiras, no bairro Buritizal.
Não houve vítimas. O Corpo de Bombeiros agiu rapidamente.

A causa – uma manobra errada feita pela motorista Ediane Castelo fez com que seu carro colidisse com a bomba de combustível. Com o choque houve a explosão.