Retrato em preto e branco

luísmeloJornalista Luiz Melo entrevistando o craque Orlando Torres. A foto é do comecinho dos anos 7o. Nessa época ele era o repórter esportivo Luca Melo. Melo começou no jornalismo em 1968, como repórter esportivo da Rádio Educadora. Menino talentoso, não demorou muito a se destacar como jornalista cobrindo os acontecimentos mais importantes do Amapá. Foi diretor da TV-Amapá, diretor e sócio do jornal Fronteira e da Rádio Antena 1. Nos anos 90, colocou no ar o programa “Luiz Melo Entrevista” que continua líder em audiência. É dono do jornal Diário do Amapá e da Rádio Diário e assina uma das colunas mais lidas da imprensa amapaense: a coluna From em seu jornal.

Coisa de repórter

Eleito governador do Amapá em 1994, João Alberto Capiberibe (PSB) implantou o programa de desenvolvimento sustentável do Amapá, o famoso PDSA – apoiado por muitos e combatido por tantos outros.

Candidato à reeleição, em junho de 1998 Capiberibe reúne a imprensa no Palácio do Setentrião para uma entrevista coletiva. Como sempre, falou quase uma hora sem parar sobre as vantagens do PDSA.
Quando abriu para perguntas, um coleguinha da Rádio Difusora de Macapá – a emissora oficial do governo – apressou-se em levantar a mão para fazer a primeira e, claro, levantar a bola para o governador. A Difusora transmitia ao vivo a coletiva.
Repórter Pode-se dizer que o senhor é o pai do PDSA e…
Capi – Não! Não! Não! Eu sou pai da Artionka, da Luciana e do Camilo.

Era notícia

Notícia publicada na edição 32, do jornal Pinzônia, no dia 15 de dezembro de 1896:

“Gatunos desaforados andam pela Rua da Praia e na noite do dia 12 invadiram o quintal da tia Florinda e roubaram-lhe todos os pés de couve. Da casa do senhor Gregório Leite levaram 4 galinhas e um galo. E note-se que o senhor Gregório é soldado da polícia. Se roubaram policiais, o que será de nós?”

Café com Notícia

Tirado do ar mês passado por forças ocultas, o programa jornalístico de maior credibilidade – Café com Notícia, das jornalistas Márcia Corrêa e Ana Girlene – volta segunda-feira, 14, em novo horário e nova emissora.
Será das 18h às 19h na Diário FM, contando tudo que aconteceu durante o dia e antecipando as notícias do dia seguinte.

Vamos ler?

Hoje, Dia do Jornalista, abro minha modesta biblioteca para você, querido confrade.
Qual destes livros você gostaria de ler ou reler?
Enquanto você escolhe vou preparar um café fresquinho para nós. Fique à vontade.

Hoje é Dia do Jornalista

É sempre bom lembrar que:

A ética deve acompanhar sempre o jornalismo, como o zumbido acompanha o besouro.” (Gabriel Garcia Marquez)

O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter.”
(Cláudio Abramo)

Jornalismo é investigação sempre – quer ele resulte na renúncia de um presidente da República ou no fechamento de um buraco de rua que atrapalha o trânsito.” (Ricardo Noblat, no livro “Jornalismo é…”)

O bem mais precioso na vida de um jornalista não é o seu emprego, mas a sua credibilidade”
(Eugênio Bucci, in “Sobre Ética e Imprensa”, Editora Cia das Letras)