Prefeitura entrega uma escola bonita e colorida para a criançada

Bonita, colorida, com brinquedoteca, parquinho e sala de descanso, foi reinaugurada hoje a  Escola Municipal de Educação Infantil Mundo da Criança, A obra está orçada em R$ 741.816,40, valor oriundo de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) do Ministério Público do Trabalho (MPT) e do Apoio Financeiro aos Municípios (AFN).

A unidade escolar recebeu sete centrais de ar, no valor de R$ 20.272,00, provenientes de emenda parlamentar do senador Randolfe Rodrigues, e novos equipamentos, como refrigerador, fogão industrial e forno micro-ondas, dez conjuntos professor, colchonetes para o descanso das crianças, novos quadros para as salas de aula e  quadros de aviso, no valor total de R$ 16.599,40, adquiridos por meio de recursos do Plano de Ações Articuladas (PAR), com articulação do senador Davi Alcolumbre. Entre as realizações da obra e os novos equipamentos disponibilizados para a escola, foram investidos R$ 778.687,80, no total.

São seis salas de aula para atender 324 crianças, com idade de 4 e 5 anos, do bairro Pacoval (Zona Norte)

Durante a reinauguração o prefeito Clécio Luís lembrou que este ano já foram entregues as escolas AEIOU, Maria Bernadeth e dentro de alguns dias será a vez da Escola Neusona, no bairro Universidade. “Todo aquele processo que vínhamos fazendo na saúde, estamos desenvolvendo na educação também. A diferença é que o ambiente escolar é preparado para um processo contínuo. Então, essa escola aqui, além de ter sido construída com os melhores materiais como a gente sempre faz, ela foi feita com todo carinho para receber crianças. Por exemplo, ela tem um tapete sensorial, que foi feito para desenvolver os sentidos”, disse o prefeito.

Ontem e hoje

Monumento mais antigo de Macapá, com um estilo de arquitetura que os jesuítas trouxeram da Europa, a Igreja de São José foi inaugurada em 6 de março de 1761.
De lá pra cá passou por várias reformas e restaurações. Sua arquitetura original passou por algumas mudanças, como é possível  comparar nas fotos. Originalmente ela tinha apenas uma porta.

Um bom lugar…

pra ler um livro ou conversar, namorar, descansar, ver a tarde passar sem pressa, admirar um beija-flor beijando as flores.
Isso é no canteiro da Avenida Mendonça Furtado revitalizado pela Prefeitura de Macapá recentemente.
Eu gosto de à tardinha sentar neste banco. Como não fica longe da minha casa sempre estou por lá.

Restaurante popular reabre amanhã

A Prefeitura de Macapá reabrirá nesta terça-feira, 14, o Restaurante Popular Ibrahim Ferreira Dias, localizado na zona norte da cidade, com pratos oferecidos no valor de R$ 3,50. Os serviços estavam paralisados devido à rescisão de contrato do Município com a empresa que administrava o local.

Agora, o restaurante será administrado pela nova empresa, R. Nutry, em regime emergencial, por 180 dias, período em que a Secretaria Municipal de Assistência Social e do Trabalho (Semast) finalizará o novo processo de licitação. O restaurante funcionará de segunda a sexta-feira, das 11h30 às 14h. Serão oferecidas duzentas refeições diárias, que custaria em média R$ 11,90, cada prato. A prefeitura arca com 70% desse total, ficando para o usuário 30%, resultando no preço final de R$ 3,50.

Canteiros revitalizados, Macapá mais bonita

A Prefeitura de Macapá está revitalizando os canteiros da Av. Mendonça Furtado, bairro Central,  colocando  13 novos bancos de madeira, plantando espécies ornamentais, como vermelhinha, onze horas, mini alamanda  e ruélia, e fazendo a manutenção das luminárias com substituição de relés por reatores.

“A substituição dos bancos faz parte do cronograma de revitalização e embelezamento da cidade, que é executado pela prefeitura em ação conjunta desenvolvida pelas secretarias municipais”, comenta o secretário de Obras, David Covre.

Fico feliz com isso. Adoro sentar naqueles bancos para ler, conversar, ver a vida passar sem pressa, apreciar o movimento.
Tomara que os vândalos não voltem a destruí-los e tomara que os moradores daquela avenida e  os comércios ali instalados cuidem desses canteiros.

Se na minha rua tivesse um canteiro, juro que eu cuidaria.