Os milagres que acontecem – Por Gabriel Birkhann

gabrielOs milagres que acontecem
Por Gabriel Birkhann

“Não tenhamos pressa, mas não percamos tempo”.
José Saramago, escritor e Nobel de Literatura português

Em meio a tantas notícias ruins e negativas no final de ano, acontecem fatos que se tornam especiais exatamente por seres positivos, e que, ao serem noticiados, espalham ainda mais uma onda de mais amor e confiança.

Uma dessas notícias é a que envolve um acidente entre dois ônibus e carro de passeio em São Paulo, às vésperas do Natal.

Conforme está no site do programa “Fantástico” da TV Globo:
“Carro do casal ficou embaixo de um ônibus, que pesa 20 toneladas e prensado na traseira de outro em São Paulo, na véspera do Natal”.
É de fato um milagre. Um milagre do final de ano, daqueles que, pimba!, fazem com que nós fiquemos espantados, de olhos arregalados!
No carro estavam Alexandre e a mulher dele, a Dona Edivânia, que tiveram apenas ferimentos leves.

É claro que o tempo que durou o resgate (pouco mais de oito minutos) contribuiu e muito para a sobrevivência do casal, mas não se pode negar que foi um milagre, ou, para alguns, “sorte”, já que ninguém, vendo as imagens, poderia acreditar na sobrevivência de quem estivesse lá dentro.

O que podemos tirar disso tudo? Que devemos aproveitar cada minuto de nossas vidas, com segurança, atenção, conforto, de acordo com nossas possibilidades.
E que, quando algo acontecer desse modo (Deus nos livre!) que nós saibamos agradecer pela nossa vida e sobrevivência.

Alexandre e Dona Edivânia, que os anos futuros sejam abençoados! À todos, o mesmo!

FELIZ 2015!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *