Ah, se em Macapá tivesse algo assim

Ah, se em Macapá tivesse algo assim. Público, com certeza, teria. 

2º Seminário de Ação Poética

 Na sexta-feira, 10 de maio, e no sábado, 11, a Casa das Rosas promove o 2º Seminário de Ação Poética. Evento anual, realizado pela primeira vez no ano passado, em parceria com o Centro Cultural São Paulo, o SAP segue na Casa com o objetivo de reunir instituições brasileiras que trabalham pela difusão e promoção da poesia, assim como poetas e professores,
para discutir estratégias de divulgação, democratização do acesso ao estudo e prática da poesia.
Crédito: Dirceu Rodrigues

Confira a seguir a programação completa.

SEXTA-FEIRA, 10 DE MAIO.

19h – Mesa: Como a poesia contemporânea brasileira é divulgada pela internet?
Mediação: Frederico Barbosa.
Com Edson Cruz e José Luiz Goldfarb.

Edson Cruz é poeta, revisor e editor do site Musa Rara:  (www.musarara.com.br). É o curador do ciclo de recitais-entrevistas “O que é a poesia?”, realizado mensalmente na Casa das Rosas.

José Luiz Goldfarb é o curador do Prêmio Jabuti da Câmara Brasileira do Livro.  Atualmente, é consultor do Programa Rio Uma Cidade de Leitores, da Secretaria de Educação do Município do Rio de Janeiro e Coordenador Núcleo #REDEMIS.

SÁBADO, 11 DE MAIO.

14h às 16h30 – Mesa: Como a poesia brasileira contemporânea é publicada?
Mediação: Marcelo Tápia.
Com Eduardo Lacerda e Sofia Mariucci.

Eduardo Lacerda é poeta, produtor cultural e editor. Coeditou a Revista Metamorfose e o Casulo – Jornal de Literatura Contemporânea. Foi assistente de produção e coordenação cultural da Casa das Rosas, entre 2005-2008, e produtor cultural do Programa São Paulo: um Estado de leitores, entre 2009 e 2011. Atualmente é coeditor da Editora Patuá.

Sofia Mariutti nasceu em São Paulo, em 1987. Formou-se em Letras com habilitação em alemão pela FFLCH/USP, depois de um intercâmbio de um ano na Freie Universität/Berlin. Trabalha hoje como editora na Companhia das Letras e tradutora de alemão.

16h30 às 18h – Mesa: Como a poesia brasileira contemporânea é lida na imprensa?
Mediação: Reynaldo Damazio.
Com Heitor Ferraz e Almir de Freitas.

Almir de Freitas é jornalista. Formado em História pela Universidade de São Paulo, trabalhou nos jornais Folha de São Paulo e Diário do Grande ABC e na revista Primeira Leitura.  É editor sênior de Livros e Teatro e Dança da revista BRAVO!.

Heitor Ferraz é poeta, jornalista, editor de livros da revista Cult, professor de jornalismo na Faculdade Cásper Líbero e colaborar do Guia de Livros da Folha de São Paulo. Autor de “Coisas imediatas” e “Um a menos”, entre outros.

19h – O menor slam do mundo
Curadoria: Daniel Minchoni.

Baseado nos slams, o sarau propõe um jogo de poesia em que os participantes apresentam, em 10 segundos, suas qualidades poéticas e performáticas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *