“As Tias do Marabaixo” em livro de Fábio Gomes

“TIAS DO MARABAIXO” SERÃO HOMENAGEADAS EM LIVRO DE FOTOS

Obra já pode se encontra em pré-venda através do blog Som do Nortee

 capaO livro As Tias do Marabaixo – Cultura Tradicional do Amapá em Fotografias, com lançamento previsto para o primeiro semestre de 2016, é o terceiro produto do projeto “As Tias do Marabaixo”, uma iniciativa do jornalista cultural Fabio Gomes. A obra se encontra em pré-venda no blog Som do Norte (http://www.somdonorte.com.br).

– “Tias do Marabaixo” é um nome que criei para denominar estas cinco senhoras negras, com idades entre 75 e 99 anos, que são reconhecidas como memórias vivas da tradição cultural amapaense de matriz africana – explica Fabio Gomes. – Tia Zefa, Tia Chiquinha (que nos deixou em fevereiro de 2015, aos 94 anos), Tia Biló, Natalina e Tia Zezé são figuras fundamentais na preservação do Marabaixo e de sua transmissão às novas gerações.

O Marabaixo se constitui na maior tradição cultural do estado do Amapá. Sua origem  remonta ao tempo da escravidão, quando um grande contingente de negros africanos chegou a Macapá para trabalhar na construção da Fortaleza de São José; alguns deles, após a construção, se fixaram ao norte da cidade, criando o quilombo do Curiaú. Atualmente, o Marabaixo está em processo de reconhecimento como Patrimônio Imaterial do Brasil junto ao Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. Macapá tem anualmente dois períodos dedicados ao Marabaixo: no primeiro semestre, o Ciclo do Marabaixo, que celebra o Divino Espírito Santo e a Santíssima Trindade e dura dois meses (inicia no Domingo de Páscoa e vai até o Domingo do Senhor, aquele que se segue ao dia de Corpus Christi); no segundo semestre, o Encontro dos Tambores, na Semana da Consciência Negra, em novembro.

O projeto já deu origem, em 2014, a uma exposição itinerante de fotos das Tias do Marabaixo e, em 2015, a uma série de cinco curtas-metragens. Estes materiais já foram exibidos nos estados do Amapá, Tocantins, Bahia e Rondônia.

O livro terá uma seleção de aproximadamente 200 das mais de 6 mil fotos que Fabio Gomes fez, desde que começou a acompanhar as festas de Marabaixo, em 2013. Gaúcho de Porto Alegre, Fabio conheceu de perto a sonoridade amazônica ao cobrir um festival no Acre em 2008, lançando no ano seguinte o blog Som do Norte. Em 2014, mudou-se para Macapá, a fim de poder se dedicar ao projeto “As Tias do Marabaixo”, que inclui ainda um documentário de longa-metragem, com lançamento previsto para 2017.

A campanha de pré-venda do livro As Tias do Marabaixo iniciou no dia 9 de dezembro, e objetiva levantar fundos que permitam o lançamento do livro durante o período do Ciclo do Marabaixo 2016.

“O preço da obra – R$ 20,00 – já é em si bastante acessível, o que foi viabilizado devido à nossa opção em ter uma grande tiragem, de 2 mil exemplares, o que não é comum em livros independentes, mas que me parece fundamental para permitir uma ampla difusão, tanto no Amapá quanto a nível nacional. Então o que ainda poderia ser oferecido como vantagem, depois disso, seria uma redução no valor do frete. Assim, até o dia 10 de janeiro, estaremos cobrando apenas R$ 10,00 de frete para qualquer ponto do Brasil; além disso, quem comprar acima de cinco exemplares fica isento do frete e ainda ganha camisetas com a foto da capa do livro ou com fotos das Tias. São modelos exclusivos, que não serão comercializados. A única forma de ter estas camisas então é adquirindo a obra através do site até o dia 10, ou participando do sorteio no Twitter”, explica o autor.

O sorteio no Twitter funciona da seguinte forma: o internauta é convidado a baixar uma foto inédita em alta definição da modelo amapaense Suelen Leão vestindo uma camisa em homenagem a Tia Zezé; ao baixar, o internauta deixa uma mensagem em seu Twitter divulgando o livro e passa a concorrer ao sorteio de camisetas aos domingos, até o dia 10 de janeiro. “Nos dias 20 e 27 de dezembro e 3 de janeiro, será sorteada uma camisa com a foto da capa do livro para quem tuitou durante a semana. Já no dia 10 de janeiro, encerramento da campanha, todos os tuítes postados a partir de 9 de dezembro concorrem a seis camisetas, a da capa do livro e as com as fotos das Tias. Não é necessário adquirir o livro para participar do sorteio”, explica Fabio Gomes.

(Ascom)

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *