Branca no samba

Ana Martel volta aos palcos com show Branca no Samba
Mariléia Maciel

brancanosambaA cantora e compositora Ana Martel volta com a reedição do show Branca no Samba, onde apresenta sambas clássicos e contemporâneos com uma nova roupagem mas sem perder a originalidade. Nas outras versões o show movimentou a cidade e mostrou que o talento de Ana é versátil, e no samba, dá destaque para as canções, a maioria conhecida do público que prefere o estilo. Branca no Samba será na próxima quarta-feira, 30.

Branca no Samba é uma obra de Marcelo Sirotheau e Biratan Porto e está no CD Sou Ana, lançado em 2010. “A música tem a ver comigo e com outras mulheres que não são negras, mas são apaixonadas pelo ritmo que é uma identidade cultural do Brasil. Canto outros estilos, regional, marabaixo, bossa nova, mas o samba é com muito amor. Me identifico com o ritmo, e esta música foi um presente especial que virou show” disse Ana.

Ana Martel canta desde os 15 anos e sempre recebia convites para soltar a voz em bares de Macapá e Belém. Se destacava como cantora, mas o lado compositora ganhava espaço em sua trajetória, e passou a compor seus próprios sucessos que foram mostrados no CD Sou Ana, que tem somente três músicas de outros autores. Depois de muitos shows no Amapá e em outros estados, Ana ousou ao lançar o CD com o incentivo da Lei Rouanet, e se tornou a primeira artista amapaense a ser beneficiada com a iniciativa que promove a arte no país.

Nesta versão de Branca no Samba, se repete a proposta de interpretação de sambas famosos de autores como Cartola, Arlindo Cruz, Paulinho da Viola, e outros, além de canções que retratam a cultura específica de alguns estados, como o samba de roda da Bahia e o chorinho do Pará. A banda que acompanha Ana Martel é formada por um seleto grupo de músicos virtuosos, como Alan Gomes (contrabaixo), Fabinho Costa (guitarra), Jeffrei Redig (piano), Hian Moreira (bateria), Higo Moreira (cavaquinho), Huan Moreira (percussão), e Eduardo Vasconcelos (percussão).

Serviço:
Show Branca no Samba
Data: 30 de abril
Local: Boate Liberté
Hora: 22h
Mesa: R$ 100,00/Ingresso: R$ 25,00
Informações: 8120-1915 9166-4823/8124-0030

  • Olá, Branka.
    Pode me chamar de Cacau. É assim que meus amigos me chamam. Sou amante do samba de raiz e, um frustrado sambista, por não saber compor letras de sambas. Mas, entendo o que um dos meus ídolos escreveu: NÃO, NINGÚEM FAZ SAMBA SÓ PORQUE PREFERE, FORÇA NENHUMA INTERFERE SOBRE O PODER DA CRIAÇÃO…………(João Nogueira) e, gosto de cantar e batucar, pois sou percursionista. No sábado, 20/Fev/2016, assisti a uma apresentação sua, no programa samba e história, apresentado pelo Hilton Abi Rihan, no canal LBV. Fiquei maravilhado com o que vi. Posso, com a máxima segurança, afirmar que você é uma das melhores sambistas, de todos os tempos, deste país. Sou professor se matemática, moro em Rio das Ostras, RJ, e gostaria de adquirir os seus CDs de sambas(branca no samba e o outro, cujo nome não lembro agora). Você me deixou emocionado quando cantou uma das interpretações da Clara Nunes.. A Clara é outro dos meus ídolos. Você canta como ela, com a alma, e nos faz sentir muito bem.
    Parabéns e que o Grande Arquiteto Do Universo te proteja e que São Brás proteja sua garganta e mantenha esta voz maravilhosa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *