Confraria Tucuju homenageia o radialista J.Ney

Concertos de Verão será amanhã com o show Uma Noite Nordestina e homenagem à Jota Ney

Amanhã, 14, no Largo dos Inocentes tem Concerto de Verão com muito instrumental de forró e outros ritmos nordestinos. Uma homenagem a Luiz Gonzaga será feita pelo grupo Forró Velho Lua, no show Uma Noite Nordestina no Meio do Mundo, que promete um repertório especial do Rei do Baião, com casais de dançarinos mostrando as coreografias do estilo e interagindo com o público. O radialista amapaense Jota Ney é o pioneiro homenageado da noite.

SO Concertos de Verão é um projeto da Confraria Tucuju que inicia anualmente em agosto e encerra em novembro, junto com o final do verão amazônico. É um espaço montado no Largo dos Inocentes para a apreciação de música instrumental, em suas diversas vertentes, tocadas por músicos amapaenses e com o objetivo de servir de vitrine e formar plateia. Nesta temporada já se apresentaram grupo de metais, chorinho, choro pau-e-corda, de guitarrada, jazz, MPB e agora o forró, ritmo puramente brasileiro.

O instrumental Forró Velho Lua tem um repertório diversificado e mescla os instrumentos tradicionais em grupos de forró, com novas alternativas, do saxofone à guitarra, inovando as apresentações de sucessos tradicionais. O nome do grupo é uma homenagem ao maior ícone do forró, reconhecido internacionalmente e responsável por propagar o ritmo em todo o mundo. Velho Lua era um dos apelido de Luiz Gonzaga.  A Cia de Dança de Salão Márcio Santos enriquece o espetáculo.

O jornalista e radialista Jota Ney é o pioneiro a quem a Confraria rende homenagens. A história de amor dele com Macapá é forte a ponto de não somente divulga-la, mas de lutar para que seja preservada e amada pelos moradores. Jota Ney foi um dos fundadores da Confraria Tucuju.

(Mariléia Maciel/Assessoria de Comunicação da Confraria Tucuju)

  • Justa e perfeita a homenagem.J.Ney, cidadão de Macapá, fundador da Confraria Tucuju.
    Uma história de vida ligado ao centro velho da cidade “joia” lembrando oportunamente que o nosso pai Duca Serra, nasceu, cresceu e teve sua vida toda ligada ao Largo dos Inocentes.
    E para finalizar, lembro aos que nos fazem beicinhos, que a Confraria Tucuju, foi gestada e saída da casa 77 da avenida General, residência do ilustre amapaense Duca Serra.

  • Essas programações.da Confraria sempre são lindas e regadas a muita gente inteligente. Maravilhosa a homenagem a querido J.Ney. Parabéns.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *