Honrada, agradecida e feliz

Deixa eu contar uma novidade muito bacana pra vocês: eu agora faço parte da Conselho Editorial do Senado, Eu e o Joãozinho Gomes. É a primeira vez que o Amapá tem representantes neste Conselho.
O Conselho é presidido pelo senador Randolfe Rodrigues – a quem expresso aqui minha gratidão pela escolha do meu nome – e tem como vice-presidente Esther Bemerguy de Albuquerque
Os demais membros são: Aldrin Moura, Ana Luísa Escorel, Ana Maria Machado, Ricardo Caichiolo, Cid Benjamin, Cristovam Buarque, Elisa Lucinda, Fabricio Ferrão, Ilana Feldman, Ilana Trombka, Ladislau Dowbor, Márcia Abrahão Moura, Rita Potyguara, TT Catalão e Toni Carlos Pereira

São intelectuais, escritores, reitores, jornalistas e educadores que ajudarão a definir os títulos a serem publicados.
Presidente do Conselho, o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) disse que pluralidade foi critério para a escolha dos nomes.
xxxxxxxxxxxxxxxxx

Sobre o Conselho Editorial
O Conselho Editorial do Senado Federal (CEDIT), presidido pelo Senador Randolfe Rodrigues, cumpre com sua atribuição de publicar obras fundamentais da cultura brasileira de caráter econômico, social, político e histórico, conforme Portaria do Presidente nº 10, de 2019.

A proposta do Conselho é privilegiar estudos de grandes autores que trazem ampla e densa análise sobre o Brasil. O Conselho Editorial do Senado Federal ora edita obras inéditas, ora republica outros títulos de grande interesse cultural que estão há anos – ou décadas – fora dos catálogos das editoras comerciais.

As obras do Conselho Editorial, em sua maioria, contam com prefácios ou apresentações, aparato crítico, notas elucidativas, e o apoio de índices onomásticos. Além de serem editadas segundo cuidadosa revisão e rigoroso estabelecimento de texto.

A participação do Conselho Editorial nas feiras e bienais de livros em todo o Brasil e a manutenção de um link na página eletrônica de publicações do Senado Federal auxiliam na divulgação das obras editadas, na ampliação do número de leitores e na democratização do acesso à cultura e à informação.

Dentro dessa filosofia, que privilegia estudos sobre nossa formação, o Conselho Editorial do Senado Federal busca preencher a lacuna na bibliografia brasileira fundamental: ora editando obras inéditas, ora republicando outras há anos fora do catálogo das editoras, sem acesso fácil ao público.

Ao buscar textos de relevância histórica, resgata-os para dar ciência aos interessados em cultura brasileira e atender a uma demanda cada vez mais exigente dos pesquisadores. As obras do Conselho Editorial são editadas a partir de um cuidado de revisão e editoração acuradas. Em sua maioria, contam com prefácios ou apresentações, aparato crítico, notas elucidativas, e o apoio de índices onomásticos.

Composição do Conselho Editorial
Criado pela Mesa Diretora em 31 de janeiro de 1997, edita obras de valor histórico e cultural e de importância relevante para a compreensão da história política, econômica e social do Brasil e reflexões sobre os destinos do país. O Conselho atual teve os membros nomeados pelo Ato do Presidente 16 de 2019.

Presidente: Senador Randolfe Rodrigues
Vice-presidente: Esther Bemerguy de Albuquerque
Conselheiros: Alcinéa Cavalcante, Aldrin Moura, Ana Luísa Escorel, Ana Maria Machado, Ricardo Caichiolo, Cid Benjamin, Cristovam Buarque, Elisa Lucinda, Fabricio Ferrão, Ilana Feldman, Ilana Trombka, Joãozinho Gomes, Ladislau Dowbor, Márcia Abrahão Moura, Rita Potyguara, TT Catalão, Toni Carlos Pereira.

Catálogo de obras (formato PDF)

Contato
Conselho Editorial do Senado Federal (CEDIT)
Praça dos Três Poderes – Av. N2 – Bloco 2, 1º andar
CEP 70165-900 – Brasília – DF
E-mail: [email protected]

(Fonte: Agência Senado)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *