Imortais

A Academia Amapaense de Letras realiza sessão solene na próxima sexta-feira, 27, às 19h30 no Centro de Convenções João Batista, para empossar os doze acadêmicos eleitos em agosto.“A solenidade marcará uma nova fase na existência do Silogeu do Amapá”, diz o presidente Nilson Montoril de Araújo.

A Academia foi fundada em 21 de junho de 1953. Seu primeiro presidente foi o professor de português e literatura  Benedito Alves Cardoso.

Veja quem são os novos acadêmicos, as cadeiras que vão ocupar, patronos e fundadores:

Cadeira nº 01 – Gilberto de Paula Pinheiro
Patrono: Acylino de Leão Rodrigues
Fundador: Heitor de Azevedo Picanço

Cadeira nº 07 – Benedito Rostan Costa Martins
Patrono: Deusolina Sales Farias
Fundador: Amaury Guimarães Farias

Cadeira nº 14 – Piedade Lino Videira
Patrono: Hildemar Pimentel Maia
Fundadora : Aracy Miranda de Mont’Alverne

Cadeira nº 15 -Fernando Rodrigues dos Santos
Patrono Janary Gentil Nunes
Fundador: Estácio Vidal Picanço

Cadeira nº 20 – César Bernardo de Souza
Patrono: João Távora
Fundador: Elfredo Távora Gonçalves

Cadeira nº 25 – Alcinéa Maria Cavalcante Costa
Patrono: Mendonça Júnior
Fundador: Alcy Araújo Cavalcante

Cadeira nº 28 – Cléo Farias de Araújo
Patrono: Júlio Maria de Lombaerde
Fundador: Jorge Basile

Cadeira nº 29 – Manuel Azevedo de Souza
Patrono Paulo Euletério
Fundador: Arthur Nery Marinho

Cadeira nº 31 -Paulo Tarso Silva Barros
Patrono: Paul Ledoux
Fundador: José de Alencar Feijó Benevides

Cadeira nº 33 – Francisco Osvaldo Simões Filho
Patrono: Roque Penafort
Fundador: Hélio Guarany Penafort

Cadeira nº 38 -José Queiroz Pastana
Patrono: Vicente Portugal
Fundador : Antônio Munhoz Lopes

Cadeira nº 40 – Carlos Nilson da Costa
Patrono: Walkiria Lima
Fundador: Isnard Brandão de Lima Filho

Reunião da diretoria da AAL com os novos acadêmicos para tratar do cerimonial de posse

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *