Lançamento do 2⁰ box da série “Amapá em Letras” traz homenagem ao camponês e sindicalista Pedro Ramos

Amanhã (01), acontece o lançamento do segundo box de livros da série “Amapá em Letras”, às 18h, no Museu Sacaca. A coletânea reúne as obras literárias: “Mano Pedro”; “Confiança no Amapá” e ” Fortaleza de São José de Macapá”. Os livros foram editados pelo Conselho Editorial do Senado Federal, por meio do senador Randolfe Rodrigues (Rede).

No evento de lançamento do box, duas das obras já haviam sido lançadas anteriormente. O “Confiança no Amapá”, do primeiro governador do estado, Janary Nunes, lançado em janeiro, em Macapá, que contará com a presença do filho de Janary, Rudá Nunes, representando a família. E também o livro “Fortaleza de São José de Macapá”, do escritor e pesquisador Fernando Canto, que contou com uma grande festa de lançamento no final de 2021.

Agora, o box traz como grande novidade a obra “Mano Pedro – Socioambientalismo, ecologia dos saberes e artesanias das práticas na Amazônia”, de Marco Antonio Chagas. O livro é uma compilação de textos e artigos sobre o camponês e líder ambientalista Pedro Ramos de Sousa, fundador do Conselho Nacional de Seringueiros, ao lado de Chico Mendes.

Ramos participou, durante o período em que o Amapá era Território Federal, na criação de diversos sindicatos e cooperativas de trabalhadores rurais amapaenses, além de atuar na linha de frente na luta pela Reforma Agrária e pela criação de assentamentos e reservas agroextrativistas.

“O Pedro Ramos, em 2021, foi a primeira pessoa a ser homenageada com o título de Doutor Honoris Causa na Universidade do Estado do Amapá (UEAP). A publicação dessa obra é mais uma forma de prestar honras a um grande nome e personalidade de nosso estado”, disse o autor do livro Marco Antonio Chagas.

A iniciativa faz parte da atuação do senador Randolfe Rodrigues, enquanto presidente do Conselho Editorial do Senado. “A ideia com a publicação destas e outras obras é resgatar importantes histórias e a cultura do Amapá, além de fomentar a literatura”, explicou o parlamentar.

(Ascom)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.