Marabaixo – As filhas de Gertrudes

SAs irmãs Izabel e Natalina, filhas da “tia” Gertrudes -que foi uma das maiores expressões do Marabaixo. Izabel, 67 anos, ainda dança e canta. Natalina – que está com 83 anos de idade – já não dança nem toca caixa, mas não deixa de assistir nenhum marabaixo da Favela. Numa cadeira de balanço ela acompanha batendo palmas, canta baixinho e conta pra quem quiser como os negros se mudaram da frente da cidade para o Laguinho e Favela na época do governador Janary Nunes.
Falta na foto a outra filha de Gertudres, a Maria José Libório, 74 anos, que canta, dança e toca caixa e é autora de lindos “ladrões”. Maria José formou-se há pouco tempo em Filosofia e seu TCC foi sobre o marabaixo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *