Pará em festa – Carimbó é patrimônio cultural

Eu fui no mato morena
fui tirar cipó
muito longe ouvi um batuque
parecido um carimbó
(Pinduca)

Os paraenses estão em festa. O carimbó – a mais tradicional expressão cultural do Pará –  foi reconhecido hoje como patrimônio cultural imaterial do Brasil em votação unânime do Conselho Consultivo do Patrimônio Cultural.

De acordo com o Ministério da Cultura o carimbó foi criado no século XVII por negros africanos do nordeste do Pará e com influências indígena e ibérica

O registro do carimbó como patrimônio cultural imaterial do Brasil  foi comemorado em ato público  em Belém do Pará, com a presença da ministra da Cultura, Marta Suplicy. A ministra prometeu empenhar-se para que o carimbó seja reconhecido como patrimônio imaterial mundial pela Unesco.

carimbó-1000-aA ministra Marta Suplicy foi recebida com apresentações de grupos de carimbó  (Foto:  Gustavo Serrate)

  • Há controvérsias com relação à centenas de composições desse belo ritmo, principalmente aos olhos. Muitas das composições que saíram da imaginação do “caboco” se perderam nas veredas da esperteza de outras pessoas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *