Pátio das cores


A Biblioteca Pública Elcy Lacerda está ganhando cores por todas as partes, mas o que está chamando atenção de longe são as pinturas em seus bancos.
O responsável por esse belo feito é o artista plástico amapaense Afrane Távora. Ele e  amigos  dão mais vida à  biblioteca. Afrane começou esse ano com trabalho voluntário e já tem várias telas espalhadas pela biblioteca. Sua primeira obra no ambiente da mesma foi realizada na sala de Cultura Afro-indígena, uma bela representação das formas estilizadas e de valorização da cultura popular e indígena, a partir de estudos da obra de Gilberto Freyre. Projeto esse que rendeu ao artista um convite para participar do Dia Brasil, na Guiana Francesa, que tem o objetivo de promover e apresentar aos francesas a cultura do Brasil, sobretudo do Amapá.
As pinturas no pátio da biblioteca já estão aproximando as pessoas, que aproveitam o espaço para se encontrarem e bater um bom papo. “A arte consegue fazer você ver o mundo de forma positiva. A arte é que aproxima as pessoas’’, disse Afrane.
Que esta seja uma de muitas atitudes que alegram muito mais a nossa cidade.

(Texto e fotos: Andreza Gil)

  • Que as pessoas aproveitem bem esse espaço tão especial e conheçam um pouco mais as obras desse artista de tanto talento. Foi incrível poder acompanhar a criação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *