Quando você celebrou a vida pela última vez?

Quando você celebrou a vida pela última vez?
Renato Salviano

Hoje decidi falar sobre algo diferente. Não vou te ajudar a entender um estilo de vinho ou conhecer um pouco mais sobre termos técnicos ou um determinado tipo de uva. Hoje vou te fazer uma reflexão.

Nos últimos dias estive pensando bastante sobre vinhos, sobre trabalhar com vinhos e sobre o que o vinho proporciona na minha e na sua vida. Foram horas pensando, escrevendo e várias taças depois, cheguei a seguinte conclusão: é preciso brindar ao hoje, ao agora. É preciso celebrar a vida sem motivo.

Precisamos esquecer a ideia de que vinho é uma bebida festiva. Também, mas não só isso. Vinho não foi feito para você tomar somente nas suas bodas de casamento, no seu aniversário ou no dia em que fechou um grande negócio. Vinho é uma bebida para você celebrar a vida, e a vida deve ser celebrada todo dia.

Isso porque a vida é muito curta para passarmos anos guardando aquela garrafa que talvez nem cheguemos a abrir. A vida é muito curta para não encher a mesa de amigos e compartilhar aquele espumante gostoso.

Venho observando que além daqueles que amo, o vinho é cada vez mais meu companheiro de jornada. Quando o dia foi bom e produtivo, eu abro um vinho para tomar. Quando o dia foi cansativo e estressante, eu também abro um vinho para tomar. Quando ele foi péssimo e tudo o que eu queria era esquecer os problemas, o vinho me ajuda não a esquecê-los, mas a acalmar a mente e o coração e a me preparar para no dia seguinte, recomeçar.

Porque o vinho é a bebida do recomeço. Cada final de garrafa enseja a abertura de outra. Uma infinidade de possibilidades, aromas, sabores, histórias para contar. E cada garrafa aberta está cheia de histórias marcantes, de momentos únicos.

Celebrar a vida é preciso. E isso não significa celebrar somente os momentos bons, mas celebrar o hoje, o agora. Abrir sua garrafa sem compromisso e brindar ao dia que passou e ao que está por vir.

Vinho é muito mais que uma data festiva. Vinho é uma bebida e um amor para toda hora, e essa hora é agora. Assim, eu te pergunto: quando foi a ultima vez que você celebrou a vida? Quando foi a ultima vez que você abriu uma garrafa e tomou o vinho que gosta sem motivo? Quando foi a ultima vez que você partilhou a garrafa com quem ama?

Seja sozinho, acompanhado, feliz ou alegre, celebre a vida. Abra sua garrafa de vinho. Sinta os aromas e sabores que aquele rótulo pode te proporcionar. Faça seus planos ao lado de um tinto. Trace suas metas acompanhado de um rosé. Assista aquele filme com o espumante ao lado. Não deixe para amanhã o vinho que você pode beber hoje. E então? Quanto mais você vai esperar para celebrar a vida e abrir aquela garrafa preferida?

E lembre-se: se você tiver dúvidas de qual vinho escolher, eu estou aqui para te proporcionar experiências e te ajudar a celebrar a vida!

Você pode entrar em contato comigo pelo Twitter @RenatoSalviano ou pelos Instagrams @RenatoSalviano e @BoutiqueVinhoeCia. Vai ser muito legal tirar suas dúvidas e conhecer suas experiências.
Até semana que vem!

  • Esse texto me fez viajar por tantos lugares maravilhosos. O dia mais importante sempre é o hoje. Seja brindando a alegria ou as reflexões de um dia pesado. Muito obrigada por compartilhar.

  • Precisamos cada dia mais de momentos assim. Momento de auto cuidado. Momento de reflexão. E uma taça de vinho sempre é uma ótima opção.

  • Que texto lindo! Estou encantada! Vinho é muito mais que uma simples bebida. É poesia engarrafada que merece ser lida todos os dias.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.