Resgatando a cultura

No II Encontro dos Delegados do Congresso do Povo – que encerrou ontem – , a diretora-presidente da Fundação Municipal de Cultura (Fumcult), Márcia Corrêa, apresentou aos delegados as ações da fundação para 2014.

Dentre os inúmeros projetos apresentados, destacaram-se as construções do CEU das Artes das zonas Norte e Sul, projeto que irá envolver ações artísticas, culturais e esportivas diversificadas, selecionados pela Fundação Nacional das Artes (Funarte) e Ministério da Cultura (MinC).

Macapá terá sua 1ª Biblioteca Municipal, que levará o nome de Alcy Araújo, renomado jornalista amapaense. O Restaurante Popular será batizado com o nome de uma personalidade local, Tia Lucy, que será homenageada e ganhará um memorial dentro do restaurante.

“A cidade de Macapá é quase sem memória. Temos poucos prédios antigos, poucas informações foram guardadas. Fazer esse tipo de homenagem é levar para a população um pouco da nossa história e fazer com que todos conheçam personalidades que passam despercebidas pela maioria”, afirmou Márcia Corrêa.

Os delegados se posicionaram com várias colocações acerca da valorização dos artistas locais, dos que ainda galgam por seu espaço e reconhecimento. Apontaram o Macapá Verão e o Aniversário da Cidade como oportunidades para mostrarem seus trabalhos. Querem que o Marabaixo seja difundido também nas áreas rurais e que, além dos projetos que já existem nas escolas, outros sejam feitos.

 “A realidade da cultura de Macapá já mudou bastante. Hoje já podemos ver a diferença nas ruas, nas programações. O resgate do amor pela cidade e o empenho da Fumcult em difundir nossa cultura fazem desse congresso um passo importante”, disse a delegada Simone Alves.

(Renata Sampaio/Asscom Macapatur)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *