Sobre a Academia Amapaense de Batuque e Marabaixo

“A Academia será formada por guardiões da memória da cultura do Amapá, por seus contadores e cantadores, que não podem ser esquecidos, eles precisam desse respeito, por serem os protagonistas e detentores do saber popular. É uma entidade que se propõe a estudar, pesquisar com base no social, antropológico, religioso e cultural, que vai unir as comunidades e agregar em seu entorno a sociedade em geral, e garantir o respeito e orgulho do povo do Amapá.”
(Padre Paulo Roberto Matias, eleito por aclamação presidente da Academia Amapaense de Batuque e Marabaixo)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *