Fugindo das vaias

Numa estratégia para se livrar de vaias, o senador José Sarney (PMDB-AP) anunciou ontem, através de sua assessoria, que votaria às 15h. No entanto votou às 8h30. Chegou em sua sessão, na Escola Antônio Pontes (antiga EIM), acompanhado do seus candidatos ao governo Waldez Góes (PDT) e  ao Senado Gilvan Borges (PMDB).
Na pequena fila de eleitores que encontrou perguntou onde era a ‘fila dos velhos’. Um casal de idosos respondeu que era ali mesmo. Ele agradeceu e disse: “A velhice é boa, pena que dura pouco”.
Do local de votação, Sarney seguiu para o aeroporto onde um jatinho já o esperava para levá-lo ao Maranhão.
De acordo com a assessoria, Sarney teve que antecipar seu horário de votação “devido aos pedidos para conciliar com a agenda dos aliados da coligação”. 

  • Isso é o Brasil; o cara vem do Maranhão; de jatinho; estaciona no Aeroporto, vota e vai embora! Êta Brasil porreta! Agora; vá eu pedir pra transferir o meu título pra Mazagão; minha terra; vai ser um Deus nos acuda pra comprovar que sou de lá.

    • E adivinha quem pagou esse jatinho?Ééé….amigo,os maranhenses aprenderam toda a lição de casa e deram a resposta,mas os amapaenses,só aprenderam a metade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *