Mãos Limpas no horário eleitoral

Nem precisa ter bola de cristal para saber que os programas dos candidatos ao governo do Amapá desta quarta-feira vão tratar do início ao fim da Operação Mãos Limpas, deflagrada pela Polícia Federal em 10 de setembro de 2010 e que levou para a cadeia governador, prefeito, presidente do Tribunal de Contas, secretários de Estado, entre outras autoridades, e um monte de servidores públicos e empresários.
Mas a maior peia nos programas de hoje será dada em Waldez Góes, ex-governador e candidato ao governo. Waldez foi preso na Operação Mãos Limpas em plena campanha para o Senado. Ele havia renunciado ao mandato de governador em abril daquele ano para concorrer ao Senado.
Líder nas pesquisas de intenção de votos, WG jura que é inocente. E, com certeza, vai repetir isso hoje no seu programa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *