No ar

As emissoras de rádio e televisão do Sistema Beija-Flor voltaram a operar na noite de ontem.
O juiz eleitoral Vicente Gomes suspendeu os efeitos da decisão proferida pelo desembargador Carlos Tork na última sexta-feira que suspedia, até 5 de outubro,  o sinal das duas emissoras de televisão e 16 de rádio do sistema Beija-Flor, da família do ex-senador Gilvam Borges (PMDB).
As emissoras estão no ar, mas estão proibidas – até o julgamento do mérito – de “entrevistar, ouvir, debater, comentar ou mesmo citar o nome de qualquer candidato”, diz o juiz Vicente Gomes.

  • Tinha mesmo era que tirar do ar, rádio manipuladora , rádio do governo paralelo .. kkk palhaçada … caluniar os outros é fácil, agora aceitar a sentença é difícil … se for p passar a informação , que passem por completo , não cortada para manipular a massa e as mentes fracas!

  • TO-MA-TE! mais uma vez…rs.As emissoras funcionando é um acinte às regra eleitorais,isto pq o dono é candidato e com as emissoras funcionando é moleza denegrir os outros e se promover.

  • Depois dizem que o Muleke sou eu. Esse negócio de processar jornalista, retirar peogramas blogs do ar começou em 2006, por essa mesma coligação q

    • A alegria das viuvas da harmonia tá nisto.Até parece que só existe uma “dinastia” neste estado,as outras não contam.Então tá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *